BANNER 1

Onde há fumaça, há fogo...E não é que a governadora Wilma de Faria não confirmou se o nome do substituto de Jáder Torres no DER virá de uma indicação do deputado Robinson Faria. Isso mesmo. As primeiras informações davam conta de que seria mera acomodação dentro do próprio grupo, mas não foi isso que governadora disse em entrevista que concedeu ao desembarcar no aeroporto para cumprimento de agenda administrativa no inicio de noite deste domingo, 08, em Mossoró. Ela garantiu que "o afastamento do diretor teve motivação administrativa e não política, pois, Jáder vinha desempenhando atividades que não diziam respeito a sua pasta, embora não queira se ater aos detalhhes aqui nessa entrevista...". E justamente nesses detalhes - concluo eu - é onde podem residir os aspectos políticos da medida. Tem a ver com atendimento diferenciado a pleitos de prefeitos do interior ligados à Robinson em detrimentos daqueles ligados a Iberê. O pau, certamente, vai cantar.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem