quinta-feira, 31 de maio de 2012

Onde foi parar a voz do Galvão?

Voz volta a falhar e Galvão sofre para narrar fim do amistoso da seleção

                     Rouco novamente, Galvão sofreu para narrar até o fim a vitória da seleção

 Pela segunda vez no ano, a voz de Galvão Bueno falhou e ele teve problemas para narrar um evento esportivo ao vivo. O problema, que já havia ocorrido na abertura da temporada de Formula 1, no GP da Austrália, voltou a atormentar o narrador no amistoso desta quarta-feira entre Brasil e Estados Unidos.
Os minutos finais da partida vencida pela seleção brasileira por 4 a 1, foram angustiantes para Galvão. Quase sem voz, o locutor sofreu para relatar os lances do jogo.
Quando o relógio marcava 46 minutos, Galvão desabafou: "já estamos nos acréscimos e o árbitro quer jogo. Deve estar gostando. Melhor acabar para não se complicar", pediu ele com fiapinhos de sua voz e tossindo muito.
O apito final foi quase um alívio para o narrador, que terminou completamente rouco a transmissão do amistoso. O episódio, claro, rendeu e virou motivo de piada nas redes sociais. "Pô Casão, fala alguma coisa aí pro Galvão poder pigarrear sossegado", tuitou um internauta. "Para sorte da voz do Galvão, ele não irá narrar os jogos olímpicos de Londres. Ele não ia aguentar os 17 dias de competição", escreveu outro.
Até o ex-jogador e novo comentarista da ESPN Brasil, Paulo Sérgio, brincou com o sofrimento de Galvão. "Não dá para ele tomar uma água!!!! Ahhhhhh Dr. Galvão".

Fonte: Yahoo Esportes

Oficinas tratarão de Plano de Governo

Representantes de partidos e de segmentos sociais discutirão diretrizes do Programa de Governo da pré-candidata a prefeito de Mossoró Larissa Rosado (PSB), sábado (2), às 8h, no campus Mossoró da Universidade Potiguar (UnP). Participarão de oficinas sobre Educação, Saúde, Segurança Pública, Desenvolvimento Urbano, Agricultura Familiar e Desenvolvimento Territorial, Esporte e Lazer, Juventude e Desenvolvimento Social. Mais informações podem ser obtidas pelo fone: 8145-4020 (PSB Mossoró).

Prefeito segura repórter pelo pescoço em Mato Grosso


O prefeito de Barra do Bugres (150 km de Cuiabá), Wilson Francelino (PSD), segurou pelo pescoço uma repórter de TV que tentava entrevistá-lo.

A agressão foi cometida contra a repórter Elissa Neves, da TV Independência (afiliada à Rede Record).

O vídeo do episódio, ocorrido na sexta passada (18) durante um evento esportivo promovido pelo município, foi postado no You Tube e já teve mais de 15 mil acessos.


As imagens mostram quando o prefeito, que é conhecido na cidade como "Wilson Pescador", pressiona o pescoço da jornalista, enquanto fala ao seu ouvido.

Após ser solta, a repórter se queixa da violência, mas o prefeito sorri e adota um tom irônico. "Eu não estou sendo agressivo com você", diz, em um trecho.

A reportagem não conseguiu contato com a repórter. O diretor de jornalismo da TV, Cristiano Rodrigues, disse que foi registrado um boletim de ocorrência por agressão.

"Na hora, ela ficou sem reação, sem saber o que fazer. O prefeito não tinha o direito nem de tocar nela, quanto mais apertá-la no pescoço daquele jeito", disse.

À repórter, segundo o diretor, o prefeito disse que só daria entrevista com o microfone desligado ou em uma participação ao vivo no jornal local.

Rodrigues atribui a reação à "cobertura investigativa" que, segundo ele, a TV vem fazendo da administração municipal. "Estamos acompanhando tudo e ele está irritado com isso", disse.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso qualificou o episódio como uma "agressão covarde e sem justificativa".

"A violência no trato com a colega da profissão deixou a diretoria do sindicato e a categoria indignados", diz a nota.

Também em nota, o prefeito negou que tenha agredido a repórter. "O prefeito aproximou-se da entrevistadora com o fim único de falar-lhe ao ouvido que naquele momento não poderia dar a entrevista", disse, em um trecho.

Ainda segundo a nota, o toque no pescoço teria se dado de forma acidental. "Ao levar as mãos aos ombros da entrevistadora, acabou por alcançar seu pescoço sem a intenção de lhe causar algum mal, o que pode ser conferido nas próprias imagens."

O prefeito acusou a emissora de fazer "oposição explícita" à sua gestão. "As imagens são claras e demonstram que a entrevistadora se manteve tranquila e ouvindo normalmente os argumentos do chefe do Executivo."

*Fonte: Folha.com

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Vereador e empresários são transferidos para Natal; leia na íntegra a decisão da Justiça

Cezar Alves/Da Redação (www. defato.com)

Marcos Garcia
Van da PF saindo com os presos na Operação Vulcano para Natal

O juiz Claudio Mendes, da 3ª Vara Criminal de Mossoró, determinou que os oito presos na Operação Vulcano, na manhã desta quarta-feira, fosse transferido para a carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Natal.

Os presos são:

Pedro de Oliveira Monteiro Filho, dono do posto Mossoró;
Otávio Augusto Ferreira da Silva, da rede Fan;
Claudionor dos Santos, vereador do PMDB;
Francisco José Lima Silveira Júnior, presidente da Câmara (Está no exterior);
Pedro Edilson Leite Júnior, dono do posto Santa Luzia;
Robson Paulo Cavalcanti, dono do posto Nacional;
Carlos Otávio Bessa e Melo, do posto Nova Betânia;
Sérgio Leite de Souza, do Posto Olinda;
José Mendes da Silva, dono da rede de postos 30 de Setembro.

Os empresários e o vereador Claudionor dos Santos foram presos em casa. O delegado que cumpriu a determinação judicial, Eduardo Bonfim, disse que o trabalho começou às 4h da manhã, nas residências dos suspeitos e foi concluída por volta das 8h.

Em seguida, os delegados e promotores passaram a ouvir os depoimentos dos suspeitos presos, bem como já iniciaram o trabalho pericial nos computadores e documentos apreendidos nos vinte locais que o juiz Claudio Mendes autorizou busca e apreensão.

Depois das oitivas, por volta das 15h, o juiz Claudio Mendes determinou que os presos fossem transferidos para a carceragem da Polícia Federal, em Natal. Os presos foram levados numa Van Renault Master, escoltado por uma camioneta L.200 descaracterizada da Polícia Federal.

O mandato de prisão é por um período de 5 dias, podendo ser prorrogado por mais 5.
A DECISÃO:
Clique aqui e leia na íntegra a decisão da Justiça que resultou na Operação Vulcano

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO VEREADOR GENIVAN VALE

O vereador Genivan Vale vem a público prestar os seguintes esclarecimentos acerca da citação do seu nome na operação desencadeada pela polícia federal denominada “Vulcano”, à manhã de hoje, 30, em Mossoró:

De posse de mandato de busca e apreensão expedido pelo Juiz da Terceira Vara Criminal de Mossoró, visando obter elementos de investigação em curso no setor de combustíveis, agentes da polícia federal dirigiram-se esta manhã, por volta das 07:45 ao nosso gabinete na Câmara Municipal de Mossoró.

Como objetivo, obter cópias da tramitação legislativa do Projeto de Lei do Executivo Nº 057/2011, que altera um artigo do Código de Obras e Posturas do Município.

Como também, para que tivessem acesso ao Requerimento No. 113/2012, de nossa autoria, o qual, impedia a votação do supra citado projeto.

Além de um Projeto de Lei Complementar No. 0001/2012 que trata da regulamentação da diminuição da distância entre os postos de combustíveis.

Lei esta aprovada e sancionada pelo executivo que permitirá a abertura de novos postos, aumentando, assim, a concorrência no setor, beneficiando  o consumidor final pela maior oferta do produto (combustível) e consequente diminuição de preço.

Ou seja, estas duas ações do nosso mandato foram realizadas  objetivando à defesa do consumidor mossoroense, pois  estimula a livre concorrência, que é salutar em qualquer setor da atividade econômica.

Ambas já de domínio publico, pois encontram-se publicadas no JOM (Jornal Oficial do Município) e, portanto,  plenamente disponíveis a qualquer interessado.

Desde já, nos colocamos à disposição das instituições envolvidas e, principalmente, da sociedade mossoroense para quaisquer esclarecimentos.

Atenciosamente,

Vereador Genivan Vale

CMM emite Nota de Esclarecimento sobre Operação Vulcano da PF

NOTA DE ESCLARECIMENTO
No dia de hoje, a CAMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ se viu às voltas
com a expedição de um mandado de busca e apreensão expedido pelo Juiz da
Terceira Vara Criminal de Mossoró, visando obter elementos de investigação em
curso sobre provável crime de formação de cartel no setor de combustíveis. A
medida, a nosso ver absolutamente desnecessária, causou surpresa a esta Casa, uma
vez que o objetivo era apenas de obter cópias da tramitação legislativa do Projeto de
Lei nº 057/2011, que altera um artigo do Código de Obras e Posturas do Município
de Mossoró. Tais documentos, plenamente disponíveis a qualquer interessado,
poderiam ter sido simplesmente requisitados. Aliás, o Ministério Público sempre
requisitou documentos desta Casa Legislativa, sendo atendido invariavelmente em
todos os pedidos feitos até agora.
A medida de apreensão judicial, por meio de Policiais Federais, a pedido do
Ministério Público, de simples cópias de um projeto de lei que foi publicizado no
Diário Oficial do Município e que poderiam muito bem terem sido fornecidas por
mera requisição administrativa, apenas demonstra o açodamento e o desequilíbrio
daquele órgão, que fetichizado pela propaganda e incenso pessoal de alguns
membros, termina por violar garantias e direitos fundamentais vigentes em um
Estado Democrático de Direito.
Entendemos que a menção na investigação a vereadores desta Casa, apenas
pela participação deles na elaboração e votação do antecitado projeto de lei,
configura uma ilação desproposital quanto ao cumprimento do dever funcional dos
seus mandatos, legatários que são do desígnio constitucional de elaboradores das
leis municipais. Assim como ao Ministério Público compete investigar, aos
vereadores compete legislar. Cada um deve cumprir o seu mister constitucional com
responsabilidade, zelo, respeito e probidade.
Mossoró-RN, 30 de maio de 2012.
JÓRIO NOGUEIRA
VICE-PRESIDENTE NO EXERCÍCIO DA PRESIDENCIA

Presos na "Operaçâo Vulcano" da Polícia Federal em Mossoró ficarão detidos por pelo menos 5 dias

Em entrevista coletiva concedida às 11h, os delegados da Polícia Federal que comandam a Operação Vulcano, em Mossoró, anunciam que os oitos detidos, ficarão por pelo menos cinco dias recolhidos.


Todos os detalhes, na edição de hoje do Correio da Tarde, às 15h, nas bancas, e no site a partir das 18h: http://www.correiodatarde.com.br/.

*Do Blog do Skarlack

Polícia Federal prende sete empresários e um político envolvidos no ‘Cartel dos Combustíveis’ em Mossoró

A Polícia Federal do Rio Grande do Norte desenvolveu hoje30, em Mossoró a ‘Operação Vulcano’ voltado para o cumprimento de mandados de busca e apreensão contra suspeitos de envolvimento na possível existência de um cartel de combustíveis na cidade. O cumprimento das determinações judiciais foi iniciado logo nas primeiras horas da manhã.
Segundo o superintendente em exercício da Polícia Federal, Marinaldo Barbosa de Moura, oito pessoas foram detidas, sendo sete empresários que atuam no comércio de combustíveis e um político. Segundo o delegado, os nomes não foram divulgados por questões éticas da Polícia Federal.
Além das prisões, os policiais federais também fizeram apreensões de equipamentos como computadores e muitos documentos que serão analisados. Inicialmente os detidos cumprem prisão provisória de cinco dias podendo ser prorrogado de acordo com as investigações. O trabalho contou com um efetivo de 130 policiais federais incluindo os delegados.
Na manhã de hoje uma coletiva de imprensa foi convocada onde os delegados Marinaldo Barbosa, Eduardo Benevides Bonfim e os promotores Flávio Corte Pinheiro de Souza e José Augusto Peres Filho, detalharam toda a operação desenvolvida em Mossoró.

*Fonte:  Sayonara Amorim/OCâmera















Polícia Federal apresentará balanço de Operação em Mossoró

Está marcada para às 11h, uma entrevista na sede da Polícia Federal, em Mossoró.

A Assessoria de Comunicação da PF vai  apresentar detalhes sobre a "Operação Vulcano", que é desenvolvida em conjunto com o Ministério Público Estadual e com o Conselho Administrativo de Defesa Economica(CADE).

Na operação desencadeada à manhã de hoje, 30, para combater um suposto cartel de postos de combustíveis em Mossoró.

Cinco empresários já foram presos na operação “Vulcano”, e segundo informações preliminares há dois mandados de prisão expedidos contra vereadores da cidade.

Ao todo, os policiais devem cumprir nove mandados de prisão. A Polícia Federal deflagrou uma operação esta manhã (30) para combater um suposto cartel de postos de combustíveis em Mossoró.

Cinco empresários já foram presos na operação “Vulcano”, e segundo informações preliminares há dois mandados de prisão expedidos contra vereadores da cidade.

Ao todo, os policiais devem cumprir nove mandados de prisão.

* Fonte: Blog do Skarlack

Justiça reconhece que greve de professores e servidores da Uern é legal

A juíza convocada Sulamita Pacheco, que substitui o desembargador Amaury Moura Sobrinho, reconheceu nesta terça-feira (29) a legalidade da paralisação dos servidores e professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern). A decisão da magistrada responde a Ação Originária ajuizada pelo Poder Executivo, que pediu liminarmente a ilegalidade do movimento grevista.
“A greve que hora se analisa não possui ilegalidade que se possa enxergar neste momento processual, exatamente por ser uma reação às condições de trabalho e o exercício do direito de auto-defesa de categorias”, destacou a juíza convocada, que completou: “assegurar agora o direito à greve traz como consequência a segurança de uma educação mais digna”.
Na visão de Sulamita Pacheco, o Estado não cuidou de maneira satisfatória de demonstrar a existência de requisitos necessários, perante à lei, para alcançar a concessão do que pleiteou. Além disso, destacou ela, resta evidenciado o descumprimento do Estado de acordo realizado em 02 de maio deste ano.
O acordo mencionado pela magistrada foi resultado de uma greve deflagrada no período de julho a setembro de 2011 pelos servidores e professores da Uern, que perdurou 90 dias e, embora não tenha sido oficializado, a conciliação entre as partes foi divulgada abundantemente pela mídia, inclusive pelo próprio Governo do Estado.
“Ora, é notório no Brasil que a classe dos professores vem sofrendo péssimas condições de trabalho e uma remuneração que não condiz com a importância do ensino”, exclamou Sulamita Pacheco. Ela enfatiza que, por isso mesmo, há de se reconhecer a necessidade de fortalecimento da categoria desses profissionais, base da sociedade, bem como os direitos dos docentes de reivindicar melhores condições de trabalho mais justos.
Direito dos Trabalhadores
A desembargadora convocada ressaltou ainda que não visualiza desrespeito ao direito constitucional, apesar da alegação do Estado de violação ao artigo 205 da Constituição Federal. “Ao contrário, ao passo que se busca respeitar o direito dos professores a uma luta por melhores condições de trabalho, o resultado é o fortalecimento da educação”, disse ela.
Para embasar juridicamente a decisão, a magistrada lembrou que o ministro Joaquim Barbosa, do STF, ao julgar tema semelhante vaticinou ser o movimento grevista um instrumento legítimo e que o caráter essencial ao serviço não sugere vedação ao exercício do direito de greve. “Posto que a essencialidade dos serviços paralisados indica, na realidade, um chamado à razão e à responsabilidade de todos os atores envolvidos, cabendo ao Judiciário zelar pelo exercício do direito à greve e não mitigá-lo”.
Não vejo como o Poder Judiciário calar neste momento, este grito, que busca a efetivação do de um Estado democrático livre, igualitário e justo”. Juíza Sulamita Pacheco, em decisão sobre legalidade do movimento grevista na Uern.
Ação Cível Originária n.º 2012.007272-3

Fonte:  Assessoria do TJRN
 

Chico da Prefeitura sai da UTI

A boa notícia da noite (terça-feira, 29) foi a saída da UTI do vereador Chico da Prefeitura.

Ele agora recupera-se em apartamento do mesmo hospital (Wilson Rosado), mas sem previsão de alta para poder ser liberado para sua residência.

De qualquer forma, uma evolução que surpreende a todos nós, tanto quanto nos deixa feliz.

Saúde e mais saúde ao nosso "Juventude".




Exigir cheque caução para atendimento médico de urgência agora é crime

Passa a vigorar nesta terça-feira (29) a lei que tipifica como crime de omissão de socorro a exigência de cheque caução, nota promissória ou qualquer garantia para atendimento médico de emergência. A legislação prevê detenção de três meses a um ano e multa para os responsáveis pela prática. A pena pode ser aumentada até o dobro, se da negativa de atendimento resultar lesão corporal de natureza grave, e até o triplo, se resultar em morte.


A lei entra em vigor quatro meses após o secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva Ferreira, morrer tentando ser atendido em hospitais particulares de Brasília. O secretário, que havia acabado de sofrer um infarto, teve socorro negado por não apresentar garantia financeira. 
A história trágica do servidor não é um caso isolado, mas foi depois da visibilidade deste que os ministérios da Justiça e da Saúde propuseram a mudança na lei. Antes, exigir cheque caução estava enquadrada como omissão de socorro ou negligência, mas não existia uma referência expressa sobre o não atendimento emergencial.
A proposta foi aprovada no início do mês na Câmara dos Deputados. A líder do PSB, deputada Sandra Rosado (RN), disse que o projeto do Executivo encontrou clima favorável para aprovação na Casa e foi dos mais importantes aprovados este ano no parlamento. “Estávamos todos estarrecidos com o fato. A ganância dos hospitais ultrapassou sua própria atividade fim, que é salvar pessoas. Tínhamos que dar uma resposta à sociedade”, declarou a parlamentar. Para Sandra, agora que a lei explicita o crime, as pessoas devem buscar seus direitos. “Em caso de negativa, tem que identificar quem está diretamente negando o atendimento. Assim a lei será aplicada”, incentiva.
A partir de hoje os hospitais particulares são obrigados a afixar, em local visível, placa com a seguinte informação: "Constitui crime a exigência de cheque caução, de nota promissória ou de qualquer garantia, bem como do preenchimento prévio de formulários administrativos, como condição para o atendimento médico-hospitalar emergencial, nos termos do Artigo 135-A do Decreto-Lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal."

       NOTA DO BLOG: Amém!
  

 
 

terça-feira, 29 de maio de 2012

Josivan - um vice de luxo

No futebol quando um time tem um jogador entre os suplentes de um nível técnico elevado, este é considerado um "reserva de luxo".

Desta forma pode ser considerado também a postulação à vice na chapa encabeçada por Larissa Rosado (PSB) se esta vier a ser ocupada pelo reitor da Ufersa, Josivan Barbosa (PT), que até bem pouco era apresentado como um dos pré-candidatos a prefeito de Mossoró no pleito vindouro.

Ao completar a chapa majoritária oposicionista, após intensa exposição na mídia, a qual se submetera mais presentemente, Josivan alcançou um status quo de um dos medalhões do atual momento político local

Ademais, com a sua experiência administrativa à frente da instituição que ainda dirige, onde recorrer à Brasília de amneira constante em busca de verbas para investimento em infra-estrutura o deixou com "bagagem" suficiente para ser um dos quadros a ser aproveitado no primeiroo escalão em um possível governo Larissa Rosado, mesmo na condição de vice-prefeito eleito.

Especialmente nas áreas ligadas ao planejamento.

Mais uma do Blog para ser anotada na sua cadernetinha

Ney Júnior diz na FM 94,3 que Carlos Eduardo Alves é um desempregado

Foi na manhã desta terça-feira, 29, em entrevista que o vereador Ney Lopes Jr. concedeu à FM 94,3, em Natal.

Quando indagado sobre a acusação de que ele teria recebido algo para votar a favor da desaprovação das contas de Carlos Eduardo Alves, feita pelo próprio ex-prefeito da capital quando da sua estada em Mossoró, no último sábado,26, na Rádio Difusora, Ney Jr partiu para o contra-ataque.

"Ele vai ter que dizer o que recebí, e vai ter que provar na justiça", afirmou.

Sou advogado e jornalista, por profissão, e político por vocação. Não sou desemrpregado como ele (Carlos Eduardo) que tem tempo livre para se dedicar a inventar estórias como estas e agora quer ser prefeito de Natal como forma de "arrumar" um emprego", complementou o vereador demista, assegurando que não recebeu nehum tipo de pressão para votar como votou.




Gonzaga do PT do B confirma apoio a Larissa

Em reunião que ocorreu à noite de ontém, 28, o PT do B  foi confirmado pelos seus filiados omo mais um partido a compor o arco de apoio à pré-candidatura de Larissa Rosado. O 12o. registrado até o presente momento pré-campanha.

A reunião foi comandanda pelo seu presidente Gonzaga.

Mossoró deixa de sediar mais um evento esportivo importante

A cidade de Mossoró, segunda maior do estado do RN, deixa de sediar mais um evento esportivo de expressão nacional.

Segundo o profesor mossoeorense Hideraldo, que agora é vice-presidenrte da FNFS - Federação Norte-Riograndense de Futsal , uma partida amistosa entre Brasil e Polõnia estava pré-programada para acontecer em nosso município, nos próximos dias...

Porém, por absoluta falta de apoio institucional - Estado e Município - o avento não mais irá acontecer na terra que combateu e derrotou fortemente Lampião.

Mais um, ao contrário.

Lamentável!

Aduern e Governo não chegam a um acordo e a greve continua na Uern


                                                      Foto:  Blog de Larita Arruda
A Associação dos Docentes da Universidade do Estado do RN (Aduern) e o Governo do Estado não chegaram a um acordo durante a audiência de conciliação realizada na manhã desta terça-feira (29) e o movimento de greve da categoria continua. A proposta apresentada pelos representantes do Estado - para que os professores finalizem a paralisação sem uma previsão de quando o reajuste será pago - não foi aceita pela categoria.

De acordo com o consultor geral do Governo, José Marcelo Costa, o Estado não tem condições de fixar um prazo para o pagamento dos reajustes por estar neste momento impedida pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Ainda segundo ele, além dos professores da Uern, outras 14 categorias de servidores esperam pela implantação do plano de cargos. "O Estado tem realizado inúmeros esforços para tentar sair do limite prudencial, mas esse resultado não é a curto prazo. O que pedimos é que os professores retomem as aulas, que o Estado garante continuar as negociações para o pagamento do reajuste", assegurou o consultor geral.

Os professores da Uern entraram em greve no intuito de pressionar o Estado a pagar o reajuste de 10,65%, valor acordado no ano passado. De acordo com representante da Aduern, Flaubert Torquato, esse montante deveria ter sido pago em abril. "Nosso pleito é claro, nós queremos saber a data que o Governo do Estado vai pagar o acordo que foi feito com a categoria em 2011. A primeira parte do acordo deveria ter sido paga, mas não há nem previsão. Nós não podemos trocar um acordo já feito e assinado por nada, que é essa proposta feita hoje", disse Flaubert.

Apesar de não ter chegado a um acordo, a juíza convocada, Sulamita Pacheco, viu como positiva a audiência, pois foi possível conhecer a situação dos dois lados. "Tentamos chegar a um acordo, mas infelizmente não foi possível. Agora vamos ponderar e analisar os fatos para julgar o pedido de suspensão da greve feito pelo Governo do Estado. A previsão é que em 48 horas esse pedido seja julgado", disse a desembargadora em substituição.

* Fonte: TJRN.

JEM´s serão abertos pela Prefeita Fafá Rosado nesta quarta, dia 30



A Gerência Executiva da Educação divulga a programação de abertura da XVIII edição dos Jogos Escolares Municipais (JEM´s). A cerimônia acontece nesta quarta-feira (30), às 8h, no Ginásio de Esportes Pedro Ciarlini, com a presença da prefeita Fafá Rosado, gerente da Educação, Ieda Chaves, e escolas participantes.

A programação consta de formação da mesa das autoridades, desfile dos atletas, hino nacional, apresentação de dança, entrada da tocha olímpica, a cargo do atleta de volei de praia da Escola Antônio Gomes, Marcos Vinícius, e o juramento do atleta pelo representante da Escola Manoel Assis, João Paulo Gomes.

A cerimônia terá o jurame nto do árbitro George Vagner da Costa, apresentação cultural, discurso das autoridades, apresentação de ginástica olímpica e, por último, o discurso da prefeita Fafá Rosado. Os JEM´s serão disputados no período de 30 de maio e 11 de junho por atletas de onze modalidades.

As modalidades são: futsal, xadrez, futebol de campo, voleibol, capoeira, basquete, handebol, vôlei de praia, ciclismo, natação, tênis de mesa, taekwondo, beach soccer. A realização dos jogos escolares faz parte da política de incentivo ao desporto desenvolvida na atual administração municipal.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Acidente na BR 304 mata 3 pessoas de uma mesma família de Mossoró

 
Acidente automobilístico com Quatro pessoas mortas e Três feridas, no inicio da tarde de     domingo 28 de Maio de 2012, no Km 118.3 próximo ao trevo de acesso a cidade de Itajá na BR 304.

Um veiculo tipo Logan de cor vermelha com placas MZK 8984 de Natal, conduzido por “Deivison Soares da Silva Nobre”, de 27 anos de iodada, colidiu de frente com uma Pajero de cor branca com placas KIJ 9855, que era conduzida por “Cleilton Fernandes de Farias” de 43 anos de idade, residente no Sitio Linda Flor, zona rural de Assu.

Deivison ficou preso as ferragens e morreu no local. Cleilton sofreu fratura em uma das pernas e no braço, mas não corre riscos de morrer. O mesmo foi socorrido para o Hospital da cidade de Assu. Uma pessoa conhecida como João Batista, que trafegava em companhia de Cleilton, sofreu escoriações leves. 

Moravam na rua Frei Miguelinho, no bairro 12 anos. São da família de Zequinha do conhecido Bar da cruz, próximo ao Nogueirão.

A família já compareceu ao Instituto Técnico e Cientifico de Policia Itep, para o reconhecimento dos corpo e foram a delegacia de plantão, para a retirada da guia cadavérica, procedimento necessário para a liberação dos corpos.


Morreram no local do acidente:  

* Deivison Soares da Silva Nobre, condutor do veiculo
* Nícolas Kelviny uma criança que trafegava no Logan, que estava sem identificação.
* Marina Rilary, que ainda chegou a ser socorrida pelos socorristas do samu, mas não resistiu e morreu no local.
* Maria Betania, foi socorrida, mas morreu antes de chegar ao Hospital Regional Tarcisio Maia em Mossoró. Segundo informações todas as vitimas moravam em Natal.
* Carla Priscila Fernandes da Silva, recebeu os primeiros atendimentos no local e encontra-se em recuperação no Hospital De Assu.

Segundo informações colhidas no local pelo patrulheiro Yatamy Gurgel, da Policia Rodoviária Federal, o veiculo Logan, que faz transporte de passageiros, trafegava no sentido Mossoró/Natal. No momento de uma ultrapassagem, colidiu na traseira de outro veiculo que trafegava em sua frente e chocou-se de frente com a Pajero que trafegava no sentido contrario. 

* Fonte: ocamera.com.br

Fátima Bezerra emite Nota sobre a aliança PT/PSB em Mossoró

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) emitiu Nota sobre a aliança do seu partido com o PSB, em Mossoró, onde a pré-candidata Larissa Rosado vem lidarendo as pesquisas de opinião pública rumo à disputa pelo comando da prefeitura do município nas eleições que se avizinham. Acompanhe:
 
Nota

A decisão da Direção Executiva Nacional do PT, sobre a aliança em Mossoró, reflete as resoluções do IV Congresso Nacional. Ou seja, cabe ao PT construir as condições de unir a base do governo Dilma para a disputa do nosso projeto nacional na sociedade a partir das eleições municipais, seja com candidatura própria ou apoiando candidaturas de partidos aliados.

Derrotar o DEM e o PSDB é tarefa principal do PT e seus aliados. Em Mossoró, essas condições estão criadas na candidatura do PSB e o PT acerta ao fazer parte desse desafio, principalmente por ser o berço politico no Rio Grande do Norte, e a maior cidade brasileira governada por nosso maior adversário: o DEM.

Agora o que nos compete é unificar o partido, nos integrarmos à campanha, na coordenação e na elaboração de um programa que aplique no município as mesmas linhas e preocupações sociais do governo da Presidenta Dilma, indicar um nome pra compor a chapa majoritária no cargo de vice, apresentar uma chapa proporcional capaz de garantir ao partido o retorno à Câmara Municipal, recuperando as vagas que já ocupamos e, junto com os demais partidos, construirmos a vitória de Larissa à prefeitura de Mossoró.

Vamos à vitória!

Fátima Bezerra

sábado, 26 de maio de 2012

Roberto Amaral: ‘Mossoró é prioridade nacional’


O vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, fez palestra ontem (25) em Mossoró, e reiterou que a pré-candidatura de Larissa Rosado é prioridade para a direção da legenda no âmbito de Brasil. “Estamos efetivamente comprometidos com o processo político em Mossoró”, ratificou o ex-ministro da Ciência e Tecnologia.
O cientista político observou a necessidade de implantar, em Mossoró, o modelo administrativo dos governos Lula e Dilma Rousseff. Segundo ele, é preciso aprofundar em Mossoró as mudanças viabilizadas pelo Governo Federal, principalmente, a partir da redistribuição de renda e ampliação de programas sociais.
Ex-titular da pasta de Ciência e Tecnologia do Governo Lula, Roberto Amaral destacou a importância da união dos partidos da base aliada em Mossoró, o que, segundo ele, é requisito fundamental para um modelo de gestão diferente em Mossoró, participativo, baseado no diálogo, planejamento e eficiência.
À convite do diretório do PSB em Mossoró, Roberto Amaral fez palestra para pré-candidatos, presidentes de partidos, líderes políticos e comunitários, entre outros. Apresentou estratégias e ideais que devem nortear a campanha em Mossoró, compartilhando seu saber e experiência com a oposição local.

PDT formaliza apoio a Larissa Rosado (PSB) em evento que contou com a presença de Carlos Eduardo Alves


O anúncio do apoio do Partido Democrático Trabalhista (PDT) à pré-candidatura a prefeito de Mossoró da deputada estadual Larissa Rosado (PSB), neste sábado (26), consolida a maior aliança da sucessão mossoroense em 2012. Com o PDT, já são 11 partidos compondo à frente de oposição, com vistas ao pleito de outubro.

O ato político lotou o auditório principal do Hotel VillaOeste e foi prestigiado pelos presidentes estaduais do PDT, ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, e do PSD, vice-governador Robinson Faria, dirigentes locais dos 11 partidos oposicionistas, representantes de segmentos sociais, líderes comunitários, entre outros.

Carlos Eduardo garantiu que Mossoró é prioridade do PDT, assim como a pré-candidatura dele a prefeito de Natal é para o PSB, conforme anunciou a presidente estadual do PSB, ex-governadora Wilma de Faria, quinta-feira (24). “Estamos aqui para convalidar a decisão do PDT de Mossoró de apoiar Larissa Rosado”, disse.

Robinson Faria, que prestigia o segundo evento da oposição em vinte dias, reiterou a importância de Mossoró para o PSD estadual, e destacou a importância da chegada do PDT e da presença de Carlos Eduardo. “Natal e Mossoró estão de mãos dadas para melhorar a vida do seu povo”, asseverou o vice-governador.



Dep Sandra Rosado



Pré candidato a prefeito de Natal Carlos Eduardo

Força

A deputada federal Sandra Rosado, líder do PSB na Câmara dos Deputados, disse que o momento é histórico. “Estamos formando hoje a maior frente de oposição que Mossoró já viu, uma coligação que nasce do povo, interpretando o desejo da população, o desejo de construir uma história diferente”, discursou.

Larissa agradeceu a confiança do PDT e dos demais partidos da frente oposicionista, destacando a união das agremiações em torno de um projeto coletivo de melhorar a vida da população. E esse compromisso, segundo ela, continua a atrair outras legendas, em prol de um ideal que pensa Mossoró para o futuro.

O PDT se soma ao PP, PHS, PRB, PTC, PPS, PSD, PTB, PRP, PC do B e PSB na frente de oposição de Mossoró. O presidente do PDT em Mossoró, Rútilo Coelho, disse que o partido chega para ajudar em políticas públicas que priorizem a desconcentração de renda em Mossoró, para que deixe de ser uma cidade rica, com povo pobre.

 



Dep Larissa Rosado Pré candidata a prefeita de Mossoró

Vice-governador Robinsom Faria

*Extraído do Blog do J.Belmont

Governo do Estado parte para o confronto com grevistas da Uern


O Governo do Rio Grande do anunciou ontem que o pagamento dos professores que estão em greve na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), não vão receber os salários referente ao mês de maio. A suspensão do pagamento foi anunciada em uma solenidade de assinatura de ordem de serviço da adutora do Alto Oeste, em Pau dos Ferros, ontem, diante dos manifestantes da instituição, que foram ao local protestar contra a posição do Governo.
Ivanisio RamosRosalba Ciarlini anuncia medida que atinge professoresRosalba Ciarlini anuncia medida que atinge professores

"Democracia se faz com responsabilidade e ordem", disse  a governadora Rosalba Ciarlini, afirmando que as negociações com os grevistas foram interrompidas pelos professores que não aceitaram a proposta do governo, de encaminhamento do projeto de Lei à Assembleia Legislativa. O projeto assegurava o compromisso assumido em uma audiência que durou cerca de cinco horas com representantes dos professores, funcionários, estudantes e o reitor Milton Marques de Medeiros.

"A Lei dá a segurança do aumento", argumentou a governadora, frisando que a aplicação do reajuste está condicionada aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. A governadora disse que não acha justo o professor em greve receber salário e afirmou categórica: "Terça-feira sai o pagamento e o governo não paga a quem não estiver trabalhando".

Fonte: www.tribunadonorte.com.br

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Setor hoteleiro se fortalece com Mossoró Cidade Junina




O setor hoteleiro de Mossoró passa por um dos melhores momentos dos últimos anos. Com a taxa de ocupação numa ascendente, os hotéis locais se fortalecem com o calendário de eventos desenvolvido no decorrer do ano. O destaque na agenda de eventos é a realização do Mossoró Cidade Junina.

O MCJ, que este ano se realizará no período de 9 de junho a 1º de agosto, na Estação das Artes e outros ambientes do Corredor Cultural, é responsável pelo aquecimento da atividade hoteleira no mês de junho. A duas semanas do início da das atividades, os hotéis já respondem positivamente à realização dos festejos.

De acordo com informações do gerente da Indústria, Comércio e Turismo, Silvio Mendes Júnior, já há hotéis com a capacidade de hospedagem esgotada para o mês de junho. “O Hotel Villa Oeste, um dos principais da Cidade, já não tem mais vagas o próximo mês, período em que a festa junina acontece”, diz o gerente.

O setor de hoteleiro local tem crescido a passos largos e atualmente conta com 2.228 leitos e 926 apartamentos, entre hotéis, apart hotel e pousadas. O setor está em franca expansão, na medida em que mais um hotel, o Ibis, da rede francesa Accor, está com suas obras sendo finalizadas, disponibilizará mais 132 apartamentos, o que elevará a atual capacidade de hospedagem na cidade.

 A construção do Hotel Ibis se deve a diversos fatores, dentre eles o incentivo assegurado pelo governo municipal ao empreendimento. “Por determinação da p refeita Fafá Rosado, a Prefeitura doou o terreno para a instalação do hotel, entendendo a sua importância econômica para o Município, com reflexos na expansão da atividade turística”, salienta o gerente Silvio Mendes.

As boas notícias nesse ramo de serviços não param por aí. A cidade ganhará mais uma unidade hoteleira, desta feita o Holiday Inn Express, hotel que será construído no prolongamento da Rua João da Escóssia, numa das áreas que mais crescem na cidade, entre a BR-304 e o West Shopping, no Nova Betânia.

O Holiday Inn ocupará uma área com cerca de 1.800 metros quadrados e terá oito pavimentos. O crescimento do setor em conjunto com a expansão do turismo de eventos, deve-se muito aos investimentos feitos pelo poder público municipal. Anualmente, são realizados em Mossor&o acute; 26 eventos, os principais, como o Cidade Junina e a Festa da Liberdade, organizados pela Prefeitura Municipal.

O futuro hotel é mais um investimento do InterContinental Hotels Group (IHG). Ao anunciar o projeto, o gerente de desenvolvimento do Grupo IHG, Ricardo Manarini, ressaltou as potencialidades de Mossoró. “Estou encantando com as perspectivas de crescimento e a estrutura da cidade, que também está localizada em um ponto estratégico, próxima a duas grandes capitais”, declarou.

*Asscom

PDT é o 11º partido a anunciar apoio a Larissa

A frente de oposição que apoia a pré-candidatura a prefeito da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) receberá mais um reforço. O Partido Democrático Trabalhista (PDT) anunciará ingresso no bloco, neste sábado (26), às 9h, no auditório do Hotel VillaOeste, no bairro Ilha de Santa Luzia.
Somará ao Partido Progressista (PP), Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Partido Republicano Brasileiro (PRB), Partido Trabalhista Cristão (PTC), Partido Popular Socialista (PPS), Partido Social Democrático (PSD), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido Republicano Progressista (PRP) e Partido Comunista do Brasil (PC do B).
Com o Partido Socialista Brasileiro (PSB), já são 11 partidos componentes do arco da oposição, que caminha para formar a maior aliança para disputa da Prefeitura de Mossoró em 2012. A frente começou a ser composta em meados de abril, com o anúncio do PTB, e reforçada dia 28 do mesmo mês, por PP, PHS, PTC, PRB e PPS.
Dia 5 passado, foi a vez do PSD agregar força ao bloco, que recebeu o apoio do PC do B e do PRP no último dia 19. E agora chega o PDT, também disposto a contribuir com políticas públicas para Mossoró. Os partidos trabalham em conjunto e continuam conversando para anunciar novos reforços, em breve.
No ato político de amanhã, o presidente do PDT de Mossoró, Rútilo Coelho, será prestigiado pelo presidente estadual do partido, ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves. Também participarão os presidentes estaduais do PSD, vice-governador Robinson Faria, e do PPS, ex-deputado estadual Wober Júnior, entre outros.

* Assessoria de Comunicação

Mossoró redescobre sua história neste sábado com a Caminhada Histórica - Camisetas estão sendo trocadas no Supermercado Cidade


Um grande número de pessoas estarão redescobrindo a história e a
cultura de Mossoró neste sábado, durante a I Caminhada Histórica de
Mossoró - História e Cultura, Passo a Passo. O evento irá percorrer o
corredor cultural de Mossoró, saindo às 15h, da Praça do Museu Lauro
da Escóssia, no centro de Mossoró.
Podem participar pessoas de todas as idades, interessadas em conhecer
um pouco mais da história dos monumentos da cidade. As camisetas do
evento estão sendo trocadas nos Supermercados Cidade (Centro,
Alternativo e Abolição), por 2kg de alimento não-perecível, que serão
doados a Associação de Apoio aos Pacientes com Câncer de Mossoró e
Região (AAPCMR), ao Lar da Criança Pobre, da Irmã Ellen, e ao Abrigo
Amantino Câmara.
A Caminhada irá percorrer os 17 monumentos históricos que compõem o
corredor cultural da cidade, até chegar a Estação das Artes Eliseu
Ventania, passando pela Loja Maçônica “24 de junho”, Praça da Redenção
“Dorian Jorge Freire”, Estátua da Liberdade,
Prédio da União Caixeiral, Praça Vigário Antônio Joaquim, Monumento ao
Governador Dix-Sept Rosado Maia, Catedral de Santa Luzia, Largo
Monsenhor Huberto Bruening, Câmara Municipal de Mossoró, Praça Rodolfo
Fernandes, Praça do Codó, Igreja de São Vicente, Palácio da
Resistência, Memorial da Resistência, Teatro Dix-huit Rosado e Estação
das Artes Eliseu Ventania.
A pesquisa histórica dos monumentos que compõem o percurso foi
realizada pelo historiador Geraldo Maia. O professor Sávio Marcellus é
o coordenador cultural do evento. Todo o percurso será acompanhado por
guias, que irão explicar aos participantes, a importância histórica de
cada monumento, constituindo-se assim, em uma grande aula de história
ao ar livre.
A Caminhada Histórica de Mossoró é uma realização da Viva promoções,
empresa que já realiza a Caminhada Histórica de Natal há cinco anos. O
evento está consolidado em Natal, já fazendo parte do calendário anual
da cidade. O presidente da Viva Promoções, Jarbas Filho, explica o
sucesso do evento.
Os participantes da caminhada, identificados com a camiseta do evento,
irão concorrer a uma viagem com acompanhante para o maior ponto
histórico do país: o corredor cultural de Salvador, com direito a
translado e hospedagem. Também será sorteado entre os participantes,
um final de semana no Hotel Thermas Resort.

Mais informações:
Assessoria de Imprensa – 1ª Caminhada Histórica de Mossoró
Luziária Machado
(84) 8104-7896 / 9178-6131
Twitter: @VivaPromocoes
Facebook /vivapromocoes

FDS do Select Novaeu


Publicada Resolução da comitiva executiva nacional do PT que barra candidatura de Josivan Barbosa em Mossoró

Evelson de Freitas/AEPresidente do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão comanda reunião da executiva nacionalPresidente do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão comanda reunião da executiva nacional

À noite de ontem, 24, foi publicada a Resolução que põe por água abaixo o projeto da corrente petista local que defende a candidatura própria nas próximas eleições à prefeitura de Mossoró, o qual, teria como cabeça de chapa o professor e ex-reitor da Ufersa Josivan Banrbosa.
Pelo documento, será encaminhada pela executiva RN proposta para composição com o PSB em Mossoró e em outras cidades do estado, tanto na majoritária, quanto na proporcional.
Confira:
24/05/12 - às 20h24
Resolução da Comissão Executiva Nacional do PT - Mossoró (RN)

Leia a íntegra do documento aprovado pelos membros da CEN nesta quinta-feira (24)


A Comissão Executiva Nacional, reunida em São Paulo no dia 24 de maio de 2012, decide:
1) Propor o apoio do PT à candidatura do PSB na cidade de Mossoró/RN;
2) Apresentar um(a) candidato(a) a vice-prefeito(a) para compor a chapa majoritária;
3) Propor a composição com o PSB na chapa de vereadores(as);
4) Abrir o debate sobre a definição do programa de governo, da coordenação e linha de campanha e da futura composição da administração municipal;
5) Abrir o debate com a direção do PSB no Rio Grande do Norte para compor chapas encabeçadas pelo PT em outras cidades do Estado.
São Paulo, 24 de maio de 2012.
Comissão Executiva Nacional do PT

*A Resolução está publicada no site oficial do partido: www.pt.org.br

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Josué Moreira do PSDC, terceira via?


Na iminência de implosão da candidatura de Josivan Barbosa (PT), eis que um outro educador pode vir a ser a candidatura alternativa em quem o eleitor mais insatisfeito com o atual sistema pode vir a depositar o seu voto nas próximas eleições, que irá definir o próximo prefeito ou prefeita de Mossoró.

Mas, afinal, quem é Josué Moreira e o que pensa a respeito da nossa cidade e o seu futuro.

O vídeo acima - uma entrevista ao programa Cenário Político da TCM, com Julierme Torres - pode nos mostrar se o professor Josué tem o perfil para formatar o que seria uma candidatura de terceira via em Mossoró.

Pode sobrar para ele.

Governo autoriza R$ 10 milhões para socorrer às vítimas da seca no RN

Deu no Território Livre, da jornalista Laurita Arruda Câmara:

“Publicada no Diário Oficial da União de hoje a Portaria do Ministério da Integração Nacional, autorizando o empenho de R$ 10 milhões, em parcela única, para assistência às vítimas da seca do Rio Grande do Norte.”
O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) anunciou:
- Gov.Dilma libera 10 milhões para combater efeitos da seca no RN: http://pt.scribd.com/carlos_fran%C3%A7a_4/d/94659527. Vamos fiscalizar a aplicação.
Nota do blog: Mineiro, antes de o dnheiro chegar, sugere a fiscalização. Poderia – e deveria – enaltecer o socorro às vítimas da seca.

*Extraído do Blog do César Santos

Fátima discorda da decisão da Câmara Municipal de Natal

A votação ocorrida ontem na Câmara Municipal de Natal, que desaprovou as contas do ex-prefeito Carlos Eduardo, revela o quanto é possível transformar em jogo político uma questão que deveria ser técnica. Na presença de claques organizadas, a maioria dos vereadores não levou em conta o parecer do Tribunal de Contas, que havia feito uma análise rigorosa e detalhada das contas de Carlos Eduardo, indicando sua aprovação. O TCE cumpriu o seu papel e produziu um relatório, que não foi levado em conta pela maioria dos edis.

O perigoso desse episódio, a exemplo de outros casos semelhantes que estão ocorrendo nas Câmaras Municipais do RN é o precedente que cria. Daqui para frente, sempre que as contas de ex-prefeitos ou até prefeitos no exercício do cargo forem apreciadas pelas Câmaras Municipais em ano de eleição, a votação poderá ser contaminada pelos processos eleitorais. Foi o que ocorreu em Natal, de forma clara.

Estou à vontade para externar essa opinião, até porque o PT tem candidatura na disputa para Prefeitura de Natal, que é o deputado Fernando Mineiro, para cuja campanha fui escolhida a coordenadora geral e vamos nos empenhar para o mesmo ganhar a eleição. Vamos fazer a disputa de idéias, de forma livre, aberta e transparente. Ao povo caberá fazer as escolhas.

Minha opinião coincide com a do meu candidato, Fernando Mineiro: “Se fosse vereadora, teria votado pela aprovação das contas do ex-prefeito Carlos Eduardo, seguindo o parecer técnico do TCE”.
 
*Assessoria de Imprensa

Igrejas evangélicas definem candidatura de Carlos Skarlack à Câmara






Pastores se reuniram com o pré-candidato Carlos Skalack na noite de quarta-feira, 23
O jornalista-radialista Carlos Skarlack (PV) teve o seu nome confirmado por lideranças  evangélicas para disputar uma vaga na Câmara Municipal de Mossoró. O grupo é formado por representantes de igrejas pentecostais, neopentecostais e tradicionais.
A decisão saiu na noite de quarta-feira (23) durante encontro realizado na residência do pastor Anselmo Carvalho, da Igreja Presbiteriana, bairro Bosta Vista. Todos concordaram que o evangélicos precisam de um legítimo representante no legislativo mossoroense.
Alguns pontos do projeto político-eleitoral foram definidos durante a reunião. O primeiro ato foi à eleição de uma Comissão Eleitoral para a pré-campanha e para a campanha eleitoral, que será responsável por todos os encaminhamentos e decisões.
O presidente é o pastor Anselmo Rodrigues, da Igreja Presbiteriana, tendo como primeiro vice, o pastor Renato Oliveira, da Igreja Internacional da Graça de Deus. O primeiro secretário é o teológo-advogado-professor, Ricardo Alfredo, e o pastor Ronaldo Corcelli, da Igreja Cristã Evangélica, Inocop, segundo secretário. Os primeiro e segundo tesoureiros são os pastores Ney e Rogério, respectivamente, da Igreja Renascer e Casa de Oração. Os conselheiros são os pastores Marcelo Menezes, da Igreja do Evangelho Quadrangular; Jessé Santana, da MINJ e José Hermínio, da Igreja Assembléia de Deus.
O colegiado terá assessoria do pastor Alfredo Luís, ex-vice-prefeito de Pau dos Ferros e comandante da Assembléia de Deus do Vale do Assu; Gilberto Martins, ex-prefeito de governador Dix-sept Rosado, da Igreja Cristã Evangélica e do jurista Paulo Afonso Linhares.
HISTÓRIA
Evangélico há dois anos, o jornalista-radialista Carlos Skarlack, é editor executivo do jornal Correio da Tarde e integrante do departamento de jornalismo da Rádio Difusora de Mosoró. Foi secretário de Comunicação da primeira administração Fafá Rosado.

* Extraído do Blog do César Santos (Portal DeFato.com)

PDT faz reunião preparatória para evento do sábado

Acontece à noite de hoje (24) reunião preparatória para evento que o PDT realizará no próximo sábado (26) onde o partido anunciará de forma oficial o apoio à pré-candidatura de Larissa Rosado (PSB).

Sob o comando do seu presidente, Rútilo Coêlho, o encontro desta quinta-feira, que ocorre no Hotel Villa Oeste, conta com a particiapção do marketeiro político Phabiano Santos, coordenador da campanha pessebista à prefeitura de Mossoró.

Já no sábado, no mesmo local é aguardada a prersença do pré-candidato pelo partido à prefeitura de Natal, carlos eduardo Alves (PDT), que aparece como favorito nas pesquisas e teve apoio anunciado do PSB ao seu projeto.

Ou seja, a  parceria PDT/PSB, pelo visto, é prego batido e ponta virada, tanto na capital, quanto na segunda maior cidade do estado.

Roberto Amaral abordará eleições em Mossoró

O cientista político Roberto Amaral, vice-presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), dissecará a conjuntura política brasileira e estratégias político-eleitorais em Mossoró, sexta-feira (25), às 18h, no auditório do Hotel VillaOeste.
A palestra é direcionada para pré-candidatos a vereador, assessores, dirigentes de partidos, lideranças políticas e comunitárias das legendas de oposição em Mossoró, apoiadoras da pré-candidatura a prefeito da deputada estadual Larissa Rosado (PSB).
A deputada federal Sandra Rosado, líder do PSB na Câmara dos Deputados, informa que Roberto Amaral compartilhará seu saber político com a frente oposicionista, qualificando ainda mais a militância para a sucessão mossoroense de 2012.
“Roberto Amaral é um dos maiores expoentes da esquerda brasileira e internacional. Ex-ministro de Ciência e Tecnologia do Governo Lula, ajudou a construir esse novo momento que o Brasil vive e trará essa experiência vitoriosa para Mossoró”, frisa.
Larissa Rosado diz ser uma honra para o PSB Mossoró e aliados receber um dos fundadores do partido na redemocratização do Brasil, em meados da década de 80, e que a palestra é oportunidade para sintonizar ainda mais legendas para 2012.
O presidente do PSB em Mossoró, Lahyre Rosado Neto, revela que a conferência de Roberto Amaral faz parte da capacitação política da frente de partidos para a sucessão mossoroense, a fim de aperfeiçoar políticas públicas para Mossoró.

Intelectual e político respeitado internacionalmente
Roberto Átila Amaral Vieira nasceu em Fortaleza em 1940 e mudou-se para o Rio de Janeiro em 1970. É formado em Direito e Filosofia e exerce jornalismo. Entre 1961 e 1962, foi vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE).
Após o golpe militar de 1964, militou nas organizações de esquerda PCB e PCBR. Com a volta da democracia, foi um dos reorganizadores do PSB. Autor de mais de 20 livros nas áreas de ciência política e direito, tem intensa vivência político-partidária.
Foi líder estudantil e militante comunista. É membro de institutos políticos de esquerda no Brasil e no exterior. Fez parte da primeira equipe de ministros do presidente Lula, empossada em janeiro de 2003. É um dos intelectuais e políticos maios respeitados do Brasil.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Deputada Federal Sandra Rosado é a aniversariante do dia

Ainda em tempo, levamos nossa felicitações à deputada federal Sandra Rosado pelo seu natalício.

Como de costume, a combativa legisladora comemorou em família seu aniversário, não sem antes participar de uma Missa em Ação de Graças, que foi realizada pelos amigos já ao final desta tarde (23) na Igreja São José.

Deste espaço seguem os nossos parabéns e o desejo de muita saúde, paz e felicidades.

Câmara nos Bairros realizado na Maisa obtém êxito

Bastante produtiva a sessão realizada hoje (23), à tarde, pela Câmara Municipal de Mossoró na Vila Maisa, dentro do Projeto "Câmara nos Bairros".

Com uma boa estrutura montada, a CMM proporcionou aos moradores da localidade a oportunidade de expor seus problemas e, mais que isto, conseguiu votar e aprovar 33 Indicações que irão trazer enormes benefícios, se colocadas em prática pelo executivo municipal.

Todas apresentadas com a força da autoria de toda a edilidade mossoroense, ou seja, os 13 vereadores.

Ponto para o legislativo municipal por mais este projeto que o  aproxima um pouco mais da população.

Para o advogado Fábio Hollanda Carlos Eduardo ainda não está inelegível

Para o advogado eleitoral e até a semana passada, presidente do diretório municipal do PR, Fábio Hollanda, o fato da Câmara ter reprovado as contas do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves não significa que ele esteja automaticamente inelegível.
“A posição da Câmara é correta desde que o voto condutor, que foi o parecer do vereador Enildo Alves, tenha conteúdo técnico e explicite onde o Tribunal de Contas se equivocou. A Câmara pode analisar os pontos que não foram analisados pelo parecer prévio. O que não significa dizer que ele está inelegível. Ele só se tornará inelegível se forem caracterizados dolo e/ou improbidade”, disse Fábio Hollanda, que o Blog localizou no aeroporto de Brasília, quase embarcando de volta para Natal.
Para Fábio Hollanda, a decisão da Câmara hpje é apenas um dos requisitos para chegar à inelegibilidade.
“Falta verificar se houve intenção da prática de improbidade”, disse Hollanda, denunciando que o Tribunal de Contas age com dois pesos e duas medidas em relação à capital e ao interior.
“Os Tribunais de Contas são muito duros com Prefeituras do interior e brandos demais com as capitais. Certamente se as irregularidades praticadas por Carlos Eduardo Alves tivessem sido praticadas no interior, o Tribunal de Contas já teria desaprovado as contas do gestor”.
Segundo o advogado Fábio Hollanda, o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves “não está automaticamente inelegível. Ele vai pedir o registro de candidatura, esperar 5 dias, aí se alguém, ou a Justiça impugnar o pedido, ele não poderá ser candidato. Mas a desaprovação não gera inelegibilidade”, disse Fábio, afirmando que a palavra final caberá à Justiça Eleitoral.

“Mas, se Carlos Eduardo quiser se antecipar, é só ir à Justiça e pedir a suspensão dos efeitos da sessão da Câmara. Para que a Justiça conceda, basta que Carlos comprove a ‘fumaça do bom direito’ e ‘se há perigo na demora’. Aí a Justiça poderá conceder liminar e derrubar a decisão da Câmara”, explicou o advogado, afirmando que o ex-prefeito tem que estar elegível no dia 5 de julho.
Para ele, a Justiça poderá conceder liminar e a liminar poderá ser derrubada.
“Se Carlos Eduardo chegar a 5 de julho com a liminar em vigor, ele será candidato”.
  
* Do Blog Thaisa Galvão

Câmara Municipal de Natal reprova contas do ex-prefeito Carlos Eduardo


Joana Lima
Enildo Alves foi o relator da matéria na comissão de Finanças

 Marksuel Figueredo/Da redação

As contas do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), referentes ao ano de 2008, foram reprovadas pela Câmara Municipal de Natal, na tarde desta quarta-feira (23). A votação por 15 a 6 aprovou o relatório da comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da CMN, que foi contrário ao relatório do Tribunal de Contas do Estado (TEC).

O relator do processo foi o vereador Enildo Alves (DEM), que argumentou que o saque da previdência e a venda da conta do município não podiam ter sido feitos no ano eleitoral. Além disso, Enildo argumenta sobre supostos atos ilegais relativos à folha salarial. Segundo o vereador, houve atos administrativos suspeitos que oneraram a folha de pagamento da Prefeitura em R$ 4 milhões durante o período eleitoral de 2008.

“Não estamos aqui tomando partido de ninguém, apenas fazendo justiça. Essa é uma decisão técnica, não podíamos ficar omissos diante dessas ilegalidades”, destacou o vereador, que acrescentou. “Independente de qualquer coisa, Carlos Eduardo ainda terá outra luta, porque eu vou acionar o Ministério Público Eleitoral pelo uso da máquina administrativa na campanha de 2008”.

A vereadora Sargento Regina (PDT) foi uma das seis que votaram contra o relatório da comissão de finanças. Segundo Sargento Regina, parte dos vereadores da casa só teve acesso ao parecer do Tribunal de Contas porque eles pediram em plenário.

“Essas contas chegaram aqui na Câmara em setembro de 2009 e por que só agora estão questionando isso? É óbvio que agiram de forma maquiavélica e armada nesse processo, justamente porque o ano é eleitoral”, destacou.

Durante a sessão, vários aliados da prefeita Micarla de Sousa (PV) estiveram na galeria da CMN com cartazes de protesto pedindo a reprovação das contas de Carlos Eduardo.


Com o resultado, o ex-prefeito pode ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa e ficar inelegível por um período de oito anos. Carlos Eduardo pode recorrer da decisão na justiça.

* Extraído do Portal DeFato.com

Vice-presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, faz palestra em Mossoró

O vice-presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Roberto Amaral, fará palestra em Mossoró, sexta-feira (25), às 18h, no Hotel VillaOeste.

O ex-ministro da Ciência e Tecnologia e um dos fundadores do PSB na década de 80, abordará estratégias eleitorais para o pleito de 2012.

O evento tem como  público-alvo  pré-candidatos a vereador, assessores, dirigentes de partidos, lideranças políticas e comunitárias.

Mais informações podem ser obtidas pelo fone: (84) 8145-4020

terça-feira, 22 de maio de 2012

CCJ aprova proibição de uso de tubos plásticos flexíveis para servir ketchup

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (22), parecer da deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN) ao Projeto de Lei 3484/00, que proíbe o uso de embalagens plásticas de uso coletivo para servir ketchup, mostarda, maionese e molhos condimentados. A regra vale para todos os estabelecimentos que vendam alimentos. 


O projeto determina também que esses produtos serão servidos, obrigatoriamente, em embalagens individuais e descartáveis e deverão estampar com nitidez os ingredientes utilizados, a data de fabricação e o prazo de validade.

Para a relatora, o projeto atende a regras básicas da Vigilância Sanitária. “Essas embalagens coletivas deixam os alimentos muito suscetíveis a deterioração”, aponta. Sandra Rosado também avalia que os comerciantes não terão dificuldade para cumprir a regra, pois as embalagens de uso individual são facilmente encontradas no mercado.

O texto estabelece que o descumprimento das regras implicará em advertência e multa. O projeto foi aprovado por unanimidade nas Comissões de Seguridade Social e Família; e Defesa do Consumidor. Agora a proposta deverá ser votada no Plenário da Câmara.

Nota do Blog: Finalmente uma medida sensata, que deveria partir da higienne e controle dos estabelecimentos que trabalham com alimentos. Como são habitualmente servidos, principalmente em lanchonetes, os famigerados Kat-chups são um verdadeiro envenenamento conssentido. Aliás, o próprio cleinte deveria rechaçar quem se utiliza desta prática. Sem falar que comida que é boa não precisa de ingredientes como este.

Por mim, abaixo as bisnagas de kat-chups, maioneses, juntamente com hamburgueres, hot-dogs (com salsichas) e toda "americanalhização fast-foda-se" que querem fazer na alimentação do brasileiro.

Cadê Heró??!!

Com a possível não homologação da candidatura por parte do diretório nacional do PT - o que vem se desenhando com todos os seus contornos - do reitor da Ufersa, Josivan Barbosa (PT), à disputa sucesória mossoroense, somente três candidaturas tendem a serem apresentadas ao eleitor no período de campanha mais propriamente dito.


Além das que representam as forças tradicionais da nossa política - Cláudia Regina (DEM) e Larissa Rosado - quem também finca o pé é o prefessor Josué Moreira, que promete estar com o seu nome nas ruas na luta para chegar à Prefeitura de Mossoró, defendendo as cores do PSDC e que deverá se coligar com o PSOL nesta empreitada.

Outros nomes, como o do líder comunitário "Cinquentinha" e o do ex-deputado estadual Gilvan Carlos (PSDB) já não mais fuguram nas "bolsas de apostas".

Mas, no ensejo, ainda cabe a pergunta: E Heró??? Desta feita, não vai???

Respostas para o blog, por obséquio.

Aguardemos, pois!

Nomes do PT começam a ser cogitados para vice de Larissa

Diante da iminência de uma intervenção do diretório nacional do PT  que culminaria com o fim do projeoto de lançamento de candidatura própria do partido nas eleições municipais deste ano, em Mossoró, alguns nomes começam a ser cogitados, caso "sobre" para o mesmo a vaga de vice na chapa oposicionista, que deverá ser encabeçada pela pré-candidata Larissa Rosado.

Um deles é o do ex-vereador e professor Luis Carlos de Mendonça Martins, que é bem visto pelo comando da candidatura peesebista.

Outro nome é o do assessor do Incra-RN, Íbero Hipólito, que foi um dos principais opositores da tese que defendia a candidatura própria, do diretor da Ufersa Josivan Barbosa, mais especificamente.

Até o dia da convenção, outros nomes deverão surgir dentro da própria sigla. Até mesmo, dentro da ala que hoje ainda empunha a bandeira da candidatura de Josivan.

Anotem!


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Obra do Arena das Dunas antecipa outra etapa


A construção da Arena das Dunas, estádio que receberá os jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 em Natal, antecipa mais uma etapa do seu cronograma, com o início das instalações dos pilares pré-moldados, nesta terça-feira (22).

A governadora Rosalba Ciarlini acompanhará o início desta nova fase da construção do estádio e participará de um almoço com a imprensa e os trabalhadores no refeitório do canteiro de obras.
De acordo com o cronograma aprovado pela FIFA, a etapa de montagem dos pré-moldados estava prevista para ser iniciada apenas no mês de julho.

O pilar tem 18 metros de altura, o que equivale a um prédio de seis andares e pesa em torno de 22 toneladas.

Segundo dados atualizados em 30 de abril, a obra da Arena das Dunas já está 23,03% concluída.

Até o final deste mês, cerca de 750 colaboradores estarão trabalhando no canteiro de obras do estádio, que será entregue em dezembro de 2013.

Fonte e fotos: Assessoria/Canindé Soares

Câmara nos Bairros - Vereadores estarão na Maisa nesta terça e quarta



Mais uma edição do Projeto Câmara nos Bairros acontece nesta terça e quarta (22 e 23), na Vila da Maisa, zona rural de Mossoró. Todos os serviços da Câmara estarão disponíveis para orientar a população da agrovila sobre o legislativo mossoroense. Para isso, foi montada uma estrutura de tendas na entrada da vila, onde estarão disponíveis a ouvidoria, apoio comunitário, escola legislativa e Tribuna Popular/Comunitária e Câmara Cultural.
Nesta terça (22), a partir das 15h, os vereadores irão se reunir com as lideranças comunitárias para conhecer os problemas pelos quais passam a população da Maisa. Nesta reunião, será escolhido o representante da Maisa que irá ocupar a Tribuna Popular na sessão do dia 23. Paralelamente, a comunidade poderá participar nas tendas, apontando os problemas da comunidade ou fazendo inscrições nos cursos da Escola Legislativa ou na Câmara Cultural, por exemplo. As entidades representativas da comunidade também irão contar com apoio jurídico para legalizar a situação de sindicatos e associações, a partir dos serviços gratuitos oferecidos pela Câmara.
Na quarta-feira (23), a sessão da Câmara será realizada na Maisa, a partir das 15h. A população terá total acesso ao plenário montado no local. A pauta da sessão será direcionada para as reivindicações da Maisa.
O presidente da Câmara, vereador Francisco José Júnior, convida toda a população da Maisa, incluindo os assentamentos próximos a participarem do projeto. “Nós estamos fazendo essa sessão para os moradores da Maisa. Toda a programação será a tarde justamente para facilitar o acesso dos trabalhadores. O objetivo é que os moradores, os trabalhadores da Maisa participem. Sabemos que é uma região que precisa ser mais prestigiada pelo poder público, e por iremos à Maisa, ver de perto seus problemas, ouvir suas reivindicações e dar os encaminhamentos necessários para que os projetos sejam desenvolvidos”, afirmou Francisco José Júnior.
A realização do Projeto Câmara nos Bairros na Maisa é uma proposição do vereador Daniel Gomes, aprovada por unanimidade.

César Santos (De Fato.com) entrevista João Maia


João toma um cafezinho observando por Marcelo Rosado, Renato Fernandes e Alberto Néo

O deputado João Maia, líder do Partido Republicano (PR) no Rio Grande do Norte, está convicto de que a legenda fez a melhor escolha para as eleições de Mossoró e Natal. Prevê o sucesso nas urnas da candidata democrata Cláudia Regina e a boa performance do peemedebista Hermano Morais. O apoio do PR, em seu entendimento, fortalecerá essas postulações, e reforçará a base política da governadora Rosalba Ciarlini. A entrevista de João Maia, onde fala de forma franca e aberta sobre alianças para as eleições municipais de 2012 e o desembarque do seu partido no Governo do Estado, abre a série “Cafezinho com César Santos”. Confira.
O PR não apoiou a candidatura vitoriosa da governadora Rosalba Ciarlini, mas agora faz parte do seu governo. O que fez o partido mudar de posição?
Nós temos uma concepção de que na democracia você tem uma política, onde alguém ganha e outro perde.  Pra mim, quando termina uma eleição a vida volta a ser o que ela deve ser. Eu fiz campanha para o candidato Iberê Ferreira (governador candidato à reeleição), de forma clara e aberta. Quando terminou a eleição, passou a existir um governo democraticamente eleito; e os interesses do povo do Rio Grande do Norte. Eu como político, com mandato ou não, nunca me negaria a ajudar o povo do meu Estado. Sempre digo: é muito bonito fazer oposição e o povo é quem paga a conta.  Não sou contra a oposição, não é isso. Acho deve existir oposição, a imprensa livre, o povo pensando. Mas, se você se nega a ajudar o governo, a conta vai ser depositada naquele que mais precisa do governo que é o povo. Então, eu tenho uma preocupação muito forte com o que está acontecendo no Rio Grande do Norte, e acho que podemos fazer alguma coisa para ajudar e nós não temos como fazer isso se não ajudar o governo. Essa é a razão principal de nossa decisão. Essa é a minha posição e a posição do Partido Republicano.
De que o forma o PR pensa em ajudar o governo a resolver os problemas que afetam o povo potiguar?
Eu vou comentar a questão do conselho político (criado pela governadora Rosalba Ciarlini) porque ele foi muito mal entendido. Em penso que a governadora teve a felicidade de formar o conselho porque vai reunir políticos que podem ajudar o governo e o RN. O conselho tem dois ex-governadores (senador José Agripino e o ministro  Garibaldi Filho), tem Henrique Alves que é líder do bancada do PMDB na Câmara, com larga experiência política e influência em Brasília. Esses quatro e mais o presidente da Assembléia Legislativa Ricardo Motta, não tem outro interesse senão servir o Rio Grande do Norte. Veja bem: nem Agripino é candidato na próxima eleição (de 2014), nem Garibaldi é candidato e, com toda humildade, eu e Henrique não precisamos de governo para pelo menos renovar os nossos mandatos. Já demos prova disso substancialmente. Então, como é que funciona isso? Eu acho que o governo herdou problemas financeiros e tem problemas de gestão, então, a nossa principal função é de falar para o governo como é que nós percebemos as falhas que existem e como é que essas falhas podem ser consertadas. O governo precisa de ter gestão, precisa de recursos financeiros e precisa de apoio para que as coisas aconteçam. Então, essa é a nossa função. Eu diria que essa é a nossa parte nobre dentro do governo.
Muitos afirmam que os partidos precisam de espaços (cargos) para atender os correligionários. O PR fez parte do governo passado e agora deve ocupar alguma secretaria. Essa prática não teria motivado a decisão?
Não fazemos política por espaços e cargos. Nunca pensamos de uma conta de retorno eleitoral ou pessoal. O negócio é o seguinte: nós temos um mandato conferido pelo povo do Rio Grande do Norte. Nós temos uma governadora democraticamente  e legitimamente eleita e acho que nós precisamos sair dessa posição de certa comodidade e colocar a mão da massa, procurando ajudar o governo e o nosso povo. Essa é a minha posição e a posição do meu partido. Fizemos isso de forma clara a honesta. Nossa posição é única: servir ao povo do Rio Grande do Norte, e iremos servir ajudando o governo a sair da situação que se encontra hoje.
Mas, o PR vai ter uma participação direta na equipe de auxiliares da governadora Rosalba?
Eu conversei com a governadora e ela estava preocupada com a questão da Secretaria da Cidadania. Esse é um exemplo muito bom para se apresentar, porque a Sejuc tem a questão do sistema penitenciário, que se não for bem administrado afeta diretamente a segurança pública;  e tem do outro lado a questão da Central do Cidadão, o lado bom que atende à população. Quando Fábio Holanda saiu da secretaria, a governadora me pediu para encontrar outro nome. Eu, consultando muitas pessoas, sugeri o nome de José Augusto Peres. Para você ter uma ideia, eu nunca havia o encontrado na minha vida, mas sabia de sua história, de sua independência e de sua competência; e a primeira vez que eu o vi foi na minha casa em Brasília. Na oportunidade, relatei para ele a importância de resolver essa questão da Sejuc para o povo do nosso Estado. Disse  que minha sugestão não tinha ligação com a política, mas na competência reconhecida nele. Sugeri a governadora, por exemplo, que o nome para a Saúde ela pedisse ao Ministério da Saúde, porque essa é uma área que precisa ser resolvida por pessoas capacitadas. Então, essa minha posição não é de quem está atrás de um arranjo eleitoral. Vamos dá sustenção política ao governo, mas sem o interesse de ocupar espaços ou cargos.
Deputado, não há como negar que essa união é política-administrativa. Não há como separar uma coisa da outra. Então, como o PR e DEM vão caminhar nas eleições deste ano?
Já temos uma reunião definida e oficializada em Mossoró, primeiramente. Se fazemos parte do conselho político do governo, não compreendo como ficaríamos contra o partido do governadora em sua cidade. Isso é uma coisa que temos a plena consciência, muito embora a gente tenha uma visão muita clara de que a política é uma coisa local. Temos conversado com os líderes do PMDB e do DEM para definir o quadro respeitando as questões locais, ou seja, onde for possível caminhar junto a gente caminha; e onde não for possível, iremos fazer um pacto de convivência respeitosa.
São muitas as cidades que as divergências locais não permitem a convergência da união estadual. Como o sr. está tratando essas dificuldades?
É muito interessante esse processo. Temos andado todo o Rio Grande do Norte, observando onde é possível fazer o entendimento, mas respeitando onde essa união não é possível.  A gente conduz isso com um cuidado muito grande de dizer o seguinte: essa aliança em cidade tal não é possível porque localmente as pessoas não querem esse entendimento. Então, vamos respeitar a questão local.
Mas, o caso de Mossoró, onde o PR fez oposição durante três anos ao governo do DEM, como foi possível o entendimento?
Nós fizemos uma oposição construtiva e competente através de quem tinha um mandato que é o vereador Genivan Vale. Oposição sóbria e competente, mas respeitosa. E vou dizer uma coisa que você, César Santos, será a primeira pessoa a saber: eu chamei o PR de Mossoró (Marcelo Rosado, Renato Fernandes, Ceissa Praxedes, Alberto Néo e Genivan) e conversamos longamente sobre a situação. Apresentei minha posição dizendo que eu não só acreditava que  a candidatura de Cláudia Regina (DEM) agregava muito, por sua capacidade e competência, mas que eu tinha uma posição estadual de respeito a posição da governadora em Mossoró. Tinha divergência, mas se fosse disputado no voto a posição de ir com Cláudia Regina seria vencedora. Porém, achei que essa disputa interna não seria legal, eu tenho muito respeito pelos que fazem o PR de Mossoró. Então, pedi a decisão para mim, porque eu tenho o lombo para apanhar no que for preciso e poupo os amigos de Mossoró. Então, o apoio a Cláudia não foi uma imposição, eu só não quis elevar uma decisão por voto para não expor uma divisão dentro do partido.
 
Há entendimento também com o PMDB em Natal e São Gonçalo, troca de apoios. Esse processo foi mais complicado do que o de Mossoró?
Esse negócio de troca, como as pessoas dizem, não funciona. A política é local, como já havia dito. Nós tomamos uma decisão em Natal e nesta segunda-feira anunciaremos apoio ao PMDB. Vamos fazer uma reunião com os filiados, o PMDB pedirá o apoio e o PR aprovará. Cumpriremos toda liturgia, como deve ser. E o PMDB fará a mesma coisa em São Gonçalo. Portanto, não trocamos Natal por São Gonçalo ou qualquer coisa parecida. A situação de Natal, por exemplo, desagrada o DEM porque o senador José Agripino gostaria do nosso apoio à candidatura de Rogério Marinho (PSDB). Mas dentro do nosso partido as pessoas se identificam mais com o perfil do candidato Hermano Morais. Então, esse processo está acontecendo no Rio Grande do Norte inteiro.
O PR vai oferecer o vice da chapa de Hermano Morais?
Nós nem discutimos isso. A verdade é que nós decidimos o apoio e o vice será definido dentro daquelas forças que o PMDB vai agregar. A mesma coisa vale para Caicó, por exemplo. A maioria das pessoas acha que o vice do candidato Roberto Germano (PMDB) deveria ser do PR, mas eu disse: vamos fazer o programa de governo, vamos vê o que a gente pode agregar, daí, vamos pleitear a vaga de vice. Mas nós não vamos impor nomes diante das outras forças que compõem o grupo. Eu sempre digo: nós somos aliados para ajudar a ganhar, porque aliado para ajudar a perder é uma desgraça.
PMDB e PR vão ficar num palanque, DEM e PSDB noutro; isso cria dificuldade no conselho político de Rosalba ou sugere a convergência num eventual segundo turno em Natal?
É bem possível a união no segundo turno. Agora, eu vou dizer que a minha posição e a posição do senador José Agripino era de que a gente deveria se unir no primeiro turno. O deputado Henrique dizia: a gente tem mais de 20 anos que não temos candidato à Prefeitura de Natal. Por essa razão, que é legítima, não concordou com a posição minha e de Agripino. Então, esse processo se desenvolve de forma bem clara e transparente, não afetando a questão do governo.
Quais são as situações mais delicadas?
Nós temos divergências em Assu, que é muito difícil pra gente. O nosso deputado George Soares decidiu ser candidato contra o prefeito Ivan Júnior (PP), que tem a simpatia  da governadora Rosalba Ciarlini. Temos problemas em Canguaretama. Em Apodi, vai ser difícil um entendimento com o PMDB. Temos pesquisas mostrando que o ex-prefeito José Pinheiro é muito forte para vencer as eleições, então, não podemos chegar pra ele e pedir que faça aliança com a prefeita Gorete (Pinto) do PMDB. É Pinheiro que tem que decidir isso. Não podemos tirar um candidato do partido, principalmente quando se trata de um político com uma história respeitável como é o caso de Pinheiro. Essa política nós não fazemos.  Já disse isso ao deputado Henrique e ao senador José Agripino. Então, o que procuramos é um ponto de entendimento, fazendo uma política saudável.
Deputado, é inquestionável a fragilidade do governo natalense. Muitos observam sob o ponto de vista de incompetência administrativa, mas o sr. não acha que o maior pecado da prefeita Micarla de Souza foi não ter tido a capacidade de governar com as forças aliadas?
Olha como Micarla venceu as eleições: o PR apoiou, o DEM apoiou, o PMN apoiou, o atual vice-governador (Robinson Faria) também apoiou e o deputado Rogério Marinho, que havia saído do PSB. Nós fizemos um esforço gigantesco contra talvez a maior aliança política que já foi construída em torno de qualquer candidatura, porque a candidata Fátima Bezerra tinha o apoio do presidente Lula, da governadora Wilma, do prefeito Carlos Eduardo, do senador Garibaldi e o deputado Henrique. Era uma aliança tecnicamente imbatível, mas nós conseguimos ganhar as eleições. Aliás, ela conseguiu porque quem ganha eleição é o candidato. Depois daí, Micarla foi se isolando, perdendo o foco, perdendo o rumo. Não é que ela não teve apoio, nós tínhamos a vontade imensa que o seu governo desse certo. O fato é que Micarla se transformou num fenômeno político de referência nacional, de como vai se destruindo politicamente, administrativamente e popularmente. Agora, do ponto de vista pessoal eu gosto de Micarla, acho ela uma pessoa boa. Mas é uma administradora meio perdida e conseguiu construir uma imagem que é pior do que a realidade. Geralmente o governante consegue construir uma imagem melhor do que a da realidade, ela fez o contrário.

Fonte:  www.defato.com