BANNER 1

Os professores da Uern, que estavam em greve há cerca de dois meses acataram a proposta de reajuste salarial escalonado, apresentada pelo Governo do Estado.

Em assembléia geral realizada na manhã desta sexta-feira, 29, na sede da Aduern, a categoria decidiu voltar ao trabalho.

Já os servidores, também em greve, marcaram para segunda-feira, na sede da FAFIC, assembléia para apreciação da proposta.

O Governo Rosalba, através do secretário de Administração, Álbert Nóbre, oferece 3,5%, retroativo a junho e mais 5% de reajuste salarial em setembro próximo.

Em maio de 2013, haverá reajuste de 9% e em 2014 um novo reajuste de 10%.
 

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem