sábado, 30 de março de 2013

Encarnado & Esculpido


                 Hélio Frio e a sua incrível semelhança com o Ator Domingos Montagner, o Ziah da Novela das Oito: encarnado & esculpido.


Plagiando o nosso estimado Tio Colorau, trazemos hoje uma semelhança das mais excêntricas entre um mossoroense e uma famosidade global.

O amigo leitor não concorda que empresário Helio "Frio", além de ser "O Cara" ainda é "A Cara", encarnada & Esculpida do ator Domingos Montagner, o Ziah da novela Salve Jorge?

Na empresa, que leva o seu nome, localizada no Alto da Conceição, em Mossoró, não são poucas as brincadeiras que lhe são direcionas por clientes e colegas de trabalho motivadas por incrível semelhança.

Sem constestação, é um largo e farto sorriso estampado no rosto que Hélio dá como resposta às constantes gozações.

Também pudera, a principal delas é de que ele está "pegando" a Cléo Pires, que além de bela atriz e filha de Fábio Jr, ainda por cima virou uma exímia praticante da dança do ventre e vem dando show nas cenas da novela das oito, que agora é das nove e vem obtendo um suceso de público nota dez.

Tudo direto da Capadórsia (Turquia), destino preferido - para não dizer único - dos que resolvem viajar no novelesco.

Quer mais o quê?

sexta-feira, 29 de março de 2013

Governadora vai levar reivindicações a Dilma

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) vai se encontrar com a presidenta Dilma Roussef (PT) na próxima terça-feira, 2, durante reunião da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) com os governadores dos estados do nordeste, do Espírito Santo e Minas Gerais. A expectativa é que a presidenta apresente propostas e ações para reduzir as consequências da seca no semiárido nordestino.

Um dia antes Rosalba vai reunir sua equipe econômica com os secretários estaduais de Recursos Hídricos e de Agricultura, Leonardo Rego e Júnior Teixeira, para formatar a proposta que o Rio Grande do Norte levará para a reunião. A assessoria de comunicação do governo do estado informou que a governadora vai pedir mais agilidade na liberação de recursos federais e logística para trazer milho para o estado. A presença da presidenta Dilma foi anunciada na última terça-feira durante visita da chefe de governo a Pernambuco.

Rosalba Ciarlini viaja ainda na tarde de segunda-feira para Fortaleza, onde antes de participar da reunião que contará com a presença de Dilma Roussef, tomará café com o governador do Ceará Cid Gomes (PSB). O objetivo é unificar as propostas dos estados nordestinos e definir uma proposta de consenso sobre a seca. A justificativa é que a situação é semelhante em todos os estados.

Duas medidas já estão definidas: prorrogação do Bolsa Estiagem e do Garantia-Safra. A Bolsa Estiagem assiste agricultores familiares com renda até dois salários mínimos em municípios em situação de emergência ou calamidade pública. O Garantia-Safra é destinado aos agricultores cuja produção foi prejudicada pela seca. Mas outras ações serão discutidas, como perfuração de poços cartesianos e fornecimento de mais carros-pipa através do Exército e Defesa Civil Estadual, a questão da alimentação animal e a logística de navios para trazer milho para o nordeste.

Ainda em Pernambuco, durante inauguração da primeira etapa da adutora do Pajeú, Dilma garantiu que o governo ampliará ações em andamento no sertão nordestino, como o trabalho do Exército na operação carro-pipa de abastecimento e a venda de milho aos pequenos produtores a preços mais baixos que os de mercado, mas ressaltou que é preciso discutir o futuro pós-seca. "Eu acredito que temos que avançar e assegurar que os mecanismos de combate à seca sejam permanentes. Não é, de jeito nenhum, que vamos ficar com a mesma história todo o tempo, mas na hora que acabar a seca e vier a chuva, nós vamos ter de criar mecanismos que durem e assegurem que as pessoas não sejam atingidas", disse a presidenta durante inauguração da primeira etapa do Sistema Adutor Pajeú, em Serra Talhada/PE.

* Fonte Tribuna do Norte

Governo Rosalba divulga nota sobre matéria que aponta que o RN paga os menores salários a professores

O governo Rosalba Ciarlini, através da Secretaria de Educação Estado emitiu nota à população sobre matéria veiculada pela imprensa sobre os salários dos professores.

De acordo com pesquisa realizada pela revista Educação junto às secretarias de educação das 27 unidades da federação brasileira, os piores salários para professores são pagos no Rio Grande do Norte.

O salário pago a um professor com carga horária de até 40 horas semanais da educação básica é de R$ 1.387,00.

Confira a explicação do governo Rosalba:



NOTA

Sobre as recentes reportagens publicadas comparando os salários dos professores das redes estaduais de todo o país, a Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Norte esclarece que:

1. é difícil encontrar um parâmetro para elaborar uma tabela correta de comparação dos vencimentos entre estados, uma vez que as cargas horárias diferem de um ente federativo para outro. As jornadas variam entre 20h, 25h, 30 e 40 horas. Outro ponto que interfere na fiel comparação é que muitos estados agregam ao valor dos salários alguns benefícios, que não estão incorporados ao vencimento real e que também variam de estado para estado.


2. é preciso entender que não é possível fazer a comparação de um estado que paga determinado valor por quarenta horas de trabalho, embutindo no piso a remuneração por benefícios de carreira, com um estado como o Rio Grande do Norte, que tem uma carga de 30 horas semanais, paga o piso integral no vencimento, sem embutir os valores de benefícios.

3. tantas peculiaridades dão margem para que os dados sejam utilizados da maneira que melhor convier aos interessados, gerando injustiças, divulgação de informações inverídicas e, por vezes, levianas. Portanto, para uma real comparação, sugerimos a utilização de um método que trate os vencimentos igualitariamente, no caso, o valor da hora atividade.

4. como os dados apresentados pela tabela publicada no site da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, não estão atualizados (são de agosto de 2012) e foram repassados pelos sindicatos regionais, sem o devido cuidado com a atualização da informação, iniciamos uma pesquisa junto às secretarias estaduais de educação de todo o país, buscando os valores reais, estado por estado.

5. como exemplo de estado que paga menos do que o Rio Grande do Norte, podemos citar o Rio Grande do Sul. Os professores gaúchos, com nível médio, recebem um piso de R$ 977,05, por 40 horas de jornada. Já os professores graduados, recebem um piso de R$ 1.807,54, pelas 40 horas semanais. De acordo com esses números, no Rio Grande do Sul, os professores de nível médio recebem R$ 6,10 pela hora atividade e os graduados, R$ 11,30.

6. no Rio Grande do Norte, onde a carga horária é de 30 horas semanais, o valor do piso pago ao grupo remanescente de 700 professores com nível médio é de R$ 1.175,27, enquanto o professor graduado, em início de carreira, recebe R$ 1.644,00. Logo, o valor da hora atividade paga ao professor potiguar de nível médio é de R$ 9,7, e ao professor graduado é de R$ 13,7, valores bem acima dos que são pagos no Rio Grande do Sul. Essa é apenas uma das comparações que podemos fazer com outros estados que pagam menos que o Rio Grande do Norte.

7.a Secretaria de Estado da Educação reforça que o reajuste acumulado de 76,8% (2011: 34%; 2012: 22,22%; 2013: 7,97%) concedido pelo atual governo aos professores é o maior da história recente do Estado. Para comprovar, basta que os professores comparem seus contracheques entre setembro de 2011 e janeiro de 2013. Enfatiza, ainda, que não reajustou apenas o valor do piso, mas aumentou na mesma proporção, os salários de todos os professores, independente dos níveis e tempo de serviço.

8. ressaltamos, também, que nesse governo, os professores voltaram a receber benefícios represados há mais de 10 anos, como pecuniárias, quinquênios, aposentadorias, promoções verticais e horizontais, numa política de valorização dos educadores que o Estado tem a intenção de dar continuidade. Apesar dos avanços, a Secretaria de Estado da Educação reconhece que ainda é preciso fazer mais, valorizar mais, para que o professor sinta-se cada vez mais estimulado a contribuir para o desenvolvimento da Educação, pois é na escola que as grandes mudanças acontecem. As perspectivas são animadores.


Natal, 28 de março de 2013.

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Norte

quinta-feira, 28 de março de 2013

Jornalista pede proteção ao Governo do Estado e a outros Poderes do RN

O jornalista Roberto Guedes, que atua em Natal, e que teve passagem por grandes órgãos de comunicação do Rio Grande do Norte, divulga cópia de correspondência que encaminhou ao Governo do Estado e a outros Poderes, pedindo proteção. Confira:
Jornalista Roberto Guedes

Excelentíssimos senhores Dra. ROSALBA CIARLINI, MD Governadora do Estado; Desembargador ADERSON SILVINO, MD Presidente do Tribunal de Justiça; Desembargador JOÃO BATISTA REBOUÇAS, MD Presidente do Tribunal Regional Eleitoral; Promotor público MANOEL ONOFRE NETO, MD. Procurador Geral de Justiça; Procurador da República PAULO SÉRGIO DUARTE DA ROCHA JÚNIOR, MD Procurador Regional Eleitoral; Coronel PM FRANCISCO CANINDÉ DE ARAÚJO SILVA, MD Comandante Geral da Polícia Militar; Advogado SÉRGIO FREIRE, MD Presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio Grande do Norte, e Jornalista NELLY CARLOS, MD Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio Grande do Norte (SINDJORN).
Prezados Senhores:
Comunico a Vossas Excelências que estou sendo ameaçado de receber agressão física, cadeia e mesmo morte violenta para não viajar nesta noite ou na manhã desta quinta-feira, 28, amanhã, para a cidade de CAIÇARA DO RIO DO VENTO, a bela terra que adotei como meu lar, e entrego-vos a responsabilidade por minha incolumidade.
Ameaçam-me por diferentes meios os mesmos autores do atentado à minha vida perpetrado a 15 de setembro do ano passado, e desta feita acrescenta-se um Sargento PM atrabiliário e comprometido politicamente, do qual recebi nesta quarta-feira a informação de que serei preso, pela prática de crime hediondo, algo impensável a meu respeito, se pisasse em Caiçara do Rio do Vento esta semana.
As ameaças não vêm de hoje; apenas elevam o tom, e não mais adotam apenas a mim como alvo. Na última segunda-feira, 25, anteontem, um dos organizadores do atentado de setembro perseguiu um carro que transportava familiares meus, de Caiçara do Rio do Vento para Natal, até alguns quilômetros depois de Santa Maria, agindo intimidadoramente, para de repente fazer o retorno na direção oeste.
Marginais mobilizados por um dos grupos que disputam a prefeitura de Caiçara do Rio do Vento somaram-se à tendenciosidade de um agente do estamento fardado de segurança naquela ocasião e repetem o conluio agora, contando em ambas ocasiões com a omissão conivente dos agentes locais da Justiça estadual e da Justiça Eleitoral e do Ministério Público – estadual e Eleitoral. Não mais tenho a quem pedir a proteção que o Estado deveria proporcionar a mim e a meus familiares.
Em setembro, recorri à agente do Ministério Público em Caiçara do Rio do Vento, a promotora JULIANA ALCOFORADO, S. Excelência confirmou, por escrito, já saber que eu estava recebendo ameaça de ser esquartejado e salgado na via publiça, nominando o autor da ameaça, e deixou-me na mesma.
Ataque
Horas depois, como amplamente divulgado, fui atacado e não morri porque Deus conseguiu me guiar enquanto era perseguido por oito veículos cheios de marginais que prometiam me linchar.
Consegui chegar ao posto da Polícia Rodoviária Federal em Macaíba, onde pedi proteção, e nunca, desde então, vi algum dos agressores ser presos, apesar de em Natal mostrá-los, um a um, a um delegado de polícia civil que, adredemente orientado pelo grupo político de Caiçara do Rio do Vento, recebeu-me acusando-me de atentar contra vidas alheias.
Hoje, o mesmo Sargento então envolvido com os autores do atentado age abertamente como cabo eleitoral em Caiçara do Rio do Vento, intimidando eleitores do PMDB e prometendo me desmoralizar porque, mesmo sem ser eleitor na cidade, mesmo sem tomar partido na presente campanha eleitoral, venho, como Jornalista e como Advogado, noticiando irregularidades que desnudam a moral de muita gente que empalma os três poderes em Caiçara do Rio do Vento.
Minha família torce para que eu não viaje, mas o que seria de mim se me curvasse agora diante desta intimidação? Se esta me alcança, sem contudo recomendar-me uma atitude de fuga, Vossas Excelências podem fazer idéia do que outras pessoas em Caiçara do Rio do Vento estão sofrendo nas mãos desses agressores fardados e protegidos pela Justiça e pelo Ministério Público.
Para que Vossas Excelências tenham idéia do quanto a situação é complicada, um Ministro de Estado, o senador GARIBALDI ALVES FILHO (PMDB), titular da pasta da Previdência, impressionou-se tanto ao tomar conhecimento da violência instalada por esta gangue em Caiçara do Rio do Vento que, para ir participar de um ato público na noite do último sábado passou alguns dias pedindo ao Exmº Sr. Comandante da Polícia Militar que reforçasse e despartidarizasse o policiamento na cidade, porque não gostaria nem aceitaria sofrer os constrangimentos que o sargento em tela, que se gaba de ser vinculado ao Dem, vinha impondo a peemedebistas locais, quando estivesse na cidade, na companhia da terceira pessoa da linha sucessória da Presidência da República, o Exmo. Deputado Federal HENRIQUE EDUARDO ALVES, MD Presidente da Câmara Federal.
O Coronel Araújo até procurou melhorar a situação descrita pelo Ministro, enviando uma equipe do Grupamento Tático Operacional (GTO) da Polícia Militar para Caiçara do Rio do Vento. Mas esbarrou, porém, numa inédita e descabida exigência apresentada em uníssono pelas representações locais da Justiça e do “Parquet”, no sentido de que adotasse as providências que considerasse necessárias, mas de forma agora aceitariam que retirasse o comando do policiamento em Caiçara do Rio do Vento das mãos do referido sargento.
Nos blogs que edito, BLOG DE ROBERTO GUEDES e DIARIO DE CAIÇARA DO RIO DO VENTO, Vossas Excelências encontrarão as razões de tal interesse, assim como no blog oficioso da campanha do Dem, o DIÁRIO CAIÇARENSE, editado por um marginal foragido que se acoita em nossa cidade com o respaldo do Ministério Público e do Sargento em questão, farão idéia da campanha difamatória que promovem contra mim a fim de gerar o clima de violência de que necessitam para atentar contra minha integridade, se possível através da minha extinção.
Diante do que viu nesse blog marginal e das ameaças que documentei e lhe mostrei, uma autoridade do estamento estadual de Segurança me perguntou por que eu insistia em enfrentar “esta gente”, e eu só encontrei uma resposta: se é para o mal, a maledicência, a violência, a chantagem e o suborno vencerem a moral, a ética e a honestidade, melhor seria a sociedade não custear polícia, ministério público, justiça ou qualquer braço de governo.
Quem seria eu se, diante de tanta ilegalidade, preferisse ficar calado, receando represálias e deixando que a comunidade que integro permaneça a mercê da marginalia? É por isto, Senhoras e Senhores, que viajarei em questão de horas.
É por isto que Vos peço que façam o possível para frear a Besta, sob pena de serem responsabilizados depois pelo que de trágico me ocorrer.

Roberto Guedes

Ex-vereador alerta sobre falta de atendimento em UPA mesmo depois de visita surpresa de prefeita

O ex-vereador Wellington Barreto (PPS) em seu perfil no Facebook faz alerta sobre a falta atendiemento na UPA - Unidade de Pronto Atendimento - do bairro Santo Antônio, mesmo depois que a prefeita Cláudia Regina fez uma visita surpresa in loco para averiguação dos serviços prestados pela mesma. Veja o que ele postou:
"
Não adiantou em nada a Excelentíssima Senhora Prefeita CLAUDIA REGINA (DEM), vistar in loco a situação da Unidade de Pronto Atendimento do Santo Antonio (Mossoró). Tudo continua do mesmo jeito. Grave: Médicos (e dizem que outros profissionais) estão faltando aos plantões. Hoje, a senhora Maria Alice da Silva (85 anos) teve um problema grave de saúde e os seus familiares no desespero tiveram a idéia de levá-la a mencionada repartição de saúde pública. Triste idéia. Enorme decepção. Em chegando a recepção da UPA foram informados pela atendente que dois profissionais médicos havia faltado ao plantão, embora, escalados. No local estava apenas uma pediatra para atender toda imensa demanda ( uma filha de crianças e idosos na angustiante espera). Lamentável que os esforços da Prefeita estejam sendo desrespeitados. Lamentável que a direção não estivesse no local de trabalho para tomar as devidas e necessárias providências.
Diante de dessa falta de compromisso, os familiares de Maria Alice da Silva por não tiverem outra alternativa já que foram informados pela atendente que a paciente, apesar dos seus 85 anos de idade, não teria prioridade no atendimento, decepcionados, triste e angustiados, a levaram da UPA e foram em busca de atendimento de urgência em uma repartição do sistema privado de saúde.
Triste o ocorrido, mas a verdade precisa ser dita. Urge que a Prefeitura tenha pulso forte e competência administrativa para colocar nos eixos a falida área de saúde de Mossoró, coisa que é diagnóstica em todos os seus quadrantes. A Cada dia, a cada hora, a cada minuto, estamos sendo desreitados em nossos elementares direitos Constitucionais, principal no que se refere a Saúde que é um direito de todos e um dever do Estado.
Com a palavra a gestão Municipal e os órgãos de contrôle. "

quarta-feira, 27 de março de 2013

Vitória de Carlos Eduardo na CMN para publicidade


As articulações do prefeito Carlos Eduardo para a formação de sua bancada de apoio na Câmara Municipal  surtiu o primeiro efeito na sessão desta terça (26).
Com 23 votos a favor e seis contra, os vereadores mantiveram seus vetos às emendas do ex-vereador Luís Carlos (PMDB)  que diminui a receita destinada à publicidade pela Prefeitura da capital dos magos-pagantes..
Sessão comandada pelo presidente da Casa, que está unha e cutícula com a Gestão Carlista: Albert Dickson (PP).
Votação única e secreta, mas declararam voto favorável os vereadores Júlio Protásio (PSB), Júlia Arruda(PSB), Aquino Neto(PV), Luís Almir(PV), Dagô (DEM), Maurício Gurgel(PHS), George Câmara(PC do B), Aroldo Alves (PSDB), Felipe Alves(PMDB) e Hugo Manso(PT).
Contrários que manifestaram abertamente: Marcos Antonio (PSOL) e Amanda Gurgel (PSTU).

Argumento de Júlio Protásio: “O orçamento da Comunicação já foi reduzido de 13 para 9 milhões. Desses recursos restantes não é possível votarmos pela retirada de mais 3 milhões, pois isso inviabilizaria a atividade publicitária do executivo municipal, totalizando a perda de mais de 30% do orçamento da secretaria”.
Na segunda votação, os edis decidiram pela derrubada do veto à emenda que dispõe sobre a destinação de 30% dos recursos de publicidade para campanhas educativas, com 24 vereadores contrários ao veto e dois a favor.
Declararam voto contrário ao veto: Jacó Jácome (PMN), Fernando Lucena (PT) e Eleika Bezerra (PSDC).

* Fonte: Abelhinha.com

Prefeita visita Av. Sérvulo Marcelino e determina providências





   Prefeita conversa com moradores do bairro Planalto 13 de Maio

Na manhã desta quarta-feira, 27, a prefeita Cláudia Regina visitou o cruzamento da Avenida Sérvulo Marcelino com a Rua Deuzanira Deuza de Lima, no bairro Planalto, local conhecido por diversos acidentes de trânsito. Foi determinada pela gestora a realização de um projeto que aponte as soluções necessárias para evitar os acidentes.

“Viemos nos solidarizar com os moradores e mostrar que a Prefeitura está atenta aos problemas e disposta a dar respostas imediatas. A Subsecretaria de Trânsito e Transporte vai fazer uma avaliaç&a tilde;o e apresentar uma alternativa para a situação”, disse a prefeita durante conversa com os moradores da localidade que falaram sobre os constantes acidentes.

Cláudia Regina garantiu que na próxima segunda-feira o projeto estará pronto e, a partir dele, as soluções serão encaminhadas com urgência.

O subsecretário de Trânsito, Marlos Ciarlini, acompanhou a prefeita na visita e afirmou que possivelmente será instalado um semáforo de três tempos, mas um estudo será realizado pelos engenheiros do município para apontar as medidas mais adequadas.

RN paga os piores salários a professores no Brasil

O governo do Rio Grande do Norte volta a ser destaque em nível Nacional de forma negativa.

De acordo com pesquisa realizada  pela revista Educação junto às secretarias de educação das 27 unidades da federação brasileira, os piores salários para professores são pagos no Rio Grande do Norte.


O salário pago a um professor com carga horária de até 40 horas semanais da educação básica é de R$ 1.387,00.


Os valores pagos em outros estados chegam a ser mais do que o dobro daquilo que é pago no Rio Grande do Norte.


Em Brasília paga-se R$ 4.100. Em Goiás, R$ 3.821. Roraima aparece na terceira colocação com 3.619 e logo em seguida, em 4º lugar, o Sergipe, com R$ 3.196.


A média salarial nacional é de R$ 2.024 reais para a rede Municipal e de R$ 2.633 para a rede Estadual.

No RN paga-se, respectivamente, R$ 1.347 e R$ 1.387.

No segundo caso, a média de salários pagos pelo Estado é metade do que se paga em relação a média nacional.


Em Sergipe, estado próximo ao RN, paga-se mais do que o dobro do que no Rio Grande do Norte.



NOTA DO BLOG: Triste constatação!

União poderá prestar auxílio financeiro permanente a municípios


Os municípios poderão contar com auxilio financeiro permanente por parte da União. É o que prevê o Projeto de Lei 3118/2012 da deputada federal Sandra Rosado. Pela proposta,  esse auxílio será correspondente à variação nominal negativa das respectivas cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), acumulada em cada trimestre, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

A ideia da parlamentar é que o auxilio compense as reduções dos repasses do FPM provocadas pela queda da atividade econômica e seus efeitos sobre a arrecadação dos impostos federais que servem de base para a formação do fundo. “Minha proposta é que o valor do auxílio financeiro de cada município seja calculado pelo Tribunal de Contas da União e pago em parcela única até o 15º dia útil do mês seguinte ao término do trimestre”, explica.

Sandra Rosado lembra que, em 2009, o Governo editou medida provisória – convertida na Lei 12.058/09 – para que a União prestasse auxílio financeiro emergencial aos municípios, por causa da crise econômica. A deputada ressalta, porém, que crises dessa natureza afetam de tempos em tempos a economia brasileira. “A melhor resposta para problemas dessa ordem é a criação de um mecanismo permanente, previsível e seguro de compensação financeira para os municípios”, argumenta. “São os municípios os mais expostos aos efeitos das crises econômicas”, completa.

Tramitação

A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania; ou seja, em caso de aprovação não será apreciado pelo Plenário e já segue direto para votação no Senado Federal.



(Por Katiana Azevedo)

Tomaz Neto reforça modernização e críticas a fechamento da UPA

                                Tomáz Neto diz que não quer criar polêmica com seus pares
 

Afirmando na tribuna que não vai e não quer criar problema com nenhum vereador e muito menos com a presidência da casa, o vereador Tomáz Neto disse que, no entanto, não abrirá mão do seu direito de legislar. “A presidência da Câmara é impessoal, então, se o cargo é ocupado por Alex Moacir em uma sessão, as decisões tomadas não podem ser derrubadas na sessão seguinte quando voltar o titular Francisco José Júnior”, disse Tomaz.
 

Em seu pronunciamento ele fez referência ao direito de poder usar um vídeo, durante pequeno ou grande expediente, assim como já fizeram outros vereadores. “Mas tudo bem, mesmo não usando o vídeo, mostrei a foto em plenário da UPA do bairro Belo Horizonte sendo inaugurada e depois, fechada e protegidas por tapumes, sem abrir para atender a população que precisa e tem o direito de receber assistência médica”, acrescentou.
 

PARTIDO – Sobre as especulações em torno de sua saída do PDT, o vereador negou que isso esteja acontecendo. “Tomaz Neto não tem nenhum motivo para fazer escolha por esse ou aquele agrupamento político, eu tenho minha linha independente e é assim que vou dirigir o meu mandato”, garantiu Tomaz Neto, dizendo apenas que irá usar o seu direito constitucional de defender o povo.



NOTA DO BLOG: à semana passada os vereadores Narcízio Filho e Soldado Jadson fizeram uso de um vídeo com depoimentos de populares para expor alguns problemas que a cidade vem enfrentando em diversas áreas. Algo inovador em termos de trabalhos legislativos e que não está previsto no regimento interno daquela casa. Com forte propensão a virar moda, o recurso áudi visual - que expõe fortemente principalmente as deficiências da administração pública municipal - logo recebeu veto, na sessão seguinte. Justamente, na "vez" de Tomáz Neto utilizar-se deste meio. Como Tomáz não é de ficar calado e nem falar baixinho...

Francisco José Jr. destaca conquistas de sua atuação política


O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Francisco José Jr. (PSD), destacou, nesta quarta (27), os avanços promovidos em sua atuação. O edil destacou que participa de “uma legislatura de muita produtividade, batendo recordes de transparência”, como disse. Ainda, apontou projetos como o “Tribuna Popular”, abrindo espaço para a população ser ouvida na Câmara, bem como o aumento da transparência na Casa, única do Brasil a contar com voto aberto registrado em painel eletrônico.

Francisco José Jr. indicou seu destaque político, que o levou à presidência da Federação das Câmaras Municipais do RN (FECAM), como oriunda da ação conjunta dos vereadores de Mossoró. Naquele cargo, Francisco José Jr. afirmou buscar resgatar a imagem das Câmaras do estado. Rebateu, ainda, qualquer concepção de uso político do cargo, afirmando que, além de não receber salário neste, não procurou ocupar tal posição, mas, sim, foi procurado para exercer a função. Além disso, disse que sequer sabe se irá candidatar-se a deputado nas próximas eleições, o que será definido apenas quando da convenção de seu partido.

Como presidente da FECAM, o vereador revelou pretender agir em favor da implementação de jornais eletrônicos oficiais para todas as Câmaras Municipais do estado. Em favor de sua atuação, o presidente afirmou que, desde que assumiu, as Câmaras associadas a FECAM passaram de 52 para 77.

Por fim, Francisco José Jr. conclamou aos colegas para agir contra a PEC 35, que implementa mudanças na remuneração dos vereadores no país, como, por exemplo, o fim do pagamento de salários dos vereadores de municípios com menos de 50 mil habitantes. O edil justificou sua posição afirmando que os vereadores são os agentes políticos mais próximos da população, além de exercerem função de importância equivalente a dos deputados no país.

Fátima participa da reunião da Bancada do Nordeste com Alexandre Navarro

A deputada Fátima Bezerra (PT) participou nesta quarta-feira (27), da reunião da Bancada do Nordeste com o secretário executivo do Ministério da Integração Nacional, Alexandre Navarro, e o diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas- DNOCS, Emerson Fernandes.

Na reunião, Alexandre Navarro fez um diagnóstico do atual quadro do departamento e apresentou uma proposta preliminar de restruturação do órgão, que tem como objetivo transformar o DNOCS em empresa pública nacional, responsável pelas obras de infraestrutura hídrica e de defesa civil em todo o país.

Segundo a deputada, há mais de 10 anos, a bancada do nordeste vem lutando por um novo Dnocs. “O Nordeste tem que ser pensado de forma global, como um projeto de desenvolvimento nacional, e essa proposta vêm nessa direção. É fundamental, também, para o fortalecimento dessa instituição, a valorização dos servidores públicos do órgão”, defendeu.

Fátima ainda ressaltou o papel do deputado Eudes Xavier como um dos principais articulador desse novo DNOCS.

No final do encontro, os deputados decidiram criar um grupo de trabalho para traçar as prioridades a serem desenvolvidas no nordeste.

Vereador Alex Moacir critica demora na emissão de documentos pelo ITEP


O vereador Alex Moacir (PMDB) cobrou, nesta quarta (27), maior celeridade na emissão de documentos pelo Instituto Técnico-Científico do de Polícia do RN (ITEP-RN) em Mossoró. Segundo apontou o edil, a emissão de uma segunda via de identidade, por exemplo, leva atualmente cerca de 90 dias na cidade, prazo que qualificou como inaceitável.

Pesquisa Senado: 700 mil mulheres continuam sofrendo violência


Debate presidido pela deputada Larissa propõe soluções no RN

 Pesquisa do Senado, divulgada ontem (26), mostra que 13,5 milhões de brasileiras já sofreram algum tipo de agressão – 19% da população feminina com 16 anos ou mais. E que 700 mil brasileiras continuam sofrendo violência.
A gravidade da situação levou a Assembleia Legislativa a sugerir novas medidas ao Governo do Estado, em audiência pública, ontem, no plenário, presidida pela deputada estadual Larissa Rosado (PSB) e com presença de especialistas.
Entre as ações urgentes, estão plantões nas Delegacias da Mulher nos finais de semana, quando chega a dobrar os registros de violência; criação da Secretaria da Mulher e da Casa de Abrigo Estadual para vítimas de violência.
Também destinação de residências do Programa “Minha Casa, Minha Vida” para mulheres egressas das Casas de Abrigo, o que será proposto em Projeto de Lei à Assembleia, e fortalecimento da rede de proteção à mulher.

Imagem inline 2
Deputada Larissa preside audiência pública sobre violência contra mulher 

 Larissa observa que esse reforço melhorará aplicação da Lei Maria da Penha, que, embora conhecida por 99% das mulheres ouvidas pelo Senado, ainda não reduziu o índice de mulheres que se dizem vítimas de violência doméstica.
O percentual de 2013 (19%) é o mesmo de 2011 e de 2009. Em 2007, eram 15% e, em 2005, 17%. A pesquisa sobre o assunto é realizada pelo DataSenado, braço estatístico do Senado Federal, a cada 2 anos, desde 2005.
“Esses números confirmam a gravidade do problema e a necessidade de providências urgentes. Na audiência pública, encaminhamos novas propostas e cobraremos aplicação, já que falta sensibilidade para atendê-las”, afirma Larissa.
Imagem inline 3
           Audiência pública reuniu especialistas e membros de movimentos sociais
 

Fotos: João Gilberto  (Assessoria/Assembleia)

Prefeita dá posse a novos membros do Conselho da Defesa Civil



Os novos integrantes do Conselho de Defesa Civil do município foram empossados pela prefeita Cláudia Regina na manhã desta quarta-feira, dia 27 de março, em solenidade no Salão dos Grandes Atos do Palácio da Resistência.

Ao todo, são 33 (trinta e três) integrantes sendo eles representantes das secretarias da Prefeitura Municipal, Câmara dos Vereadores, Poder Judiciário, Polícias, Associações, Igrejas, Lojas Maçônicas, Clubes sociais e demais entidades da sociedade civil organizadas.

O Conselho ser&aa cute; presidido pela prefeita Cláudia Regina e os trabalhos coordenados pelo comandante da Guarda Municipal, Edward Smith. “Um setor de Defesa Civil não é um setor que espera uma intempere acontecer, mas é o setor que trabalha com foco na prevenção”, ressaltou o comandante.

A prefeita Cláudia Regina destacou que a cerimônia de posse não se trata apenas de um ato burocrático, mas marca o grande trabalho do Conselho. “A defesa civil tem várias frentes de trabalho, mas o foco é sem dúvida o zelo e defesa pela vida”, disse ela.

A prefeita se mostrou preocupada com os efeitos da estiagem e pediu para que os novos membros do conselho redobrem os trabalhos com intuito de buscar soluções aos problemas da seca. Já ficou agendada uma reunião para a próxima semana.

“Os nossos trabalhos vão desd e o acesso à água, perpassando pela busca de medidas sustentáveis para fixar com mais garantias o homem do campo no seu espaço”, pontuou a prefeita Cláudia Regina durante a solenidade.

Relação nominal dos novos integrantes do Conselho da Defesa Civil

GABINETE DA PREFEITA

Cláudia Regina Freire de Azevedo – Presidente

Wellington de Carvalho Costa Filho – Vice-Presidente

PROCURADORIA GERAL DO MUNICÍPIO

Rafaela Maria Ferreira de Souza Burlamaqui

SECRETARIA MUNICIPAL DA COMUNICAÇÃO SOCIAL

Julierme Cleiton Nogueira Torres

SECRETARIA MUNICIPAL DO PLANEJAMENTO

Adonias Vidal de Medeiros Júnior

SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA

José Hélio de Araújo

SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE

Jaqueline de Souza Amaral

SECRETARIA MUNICIPAL DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E JUVENTUDE

Patrícia Leite dos Santos

SECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E AMBIENTAL

Maria Izabel de Araújo Montenegro

SECRETARIA MUNICIPAL DO DESENVOLVIMENTO URBBANO

Alexandre Araújo da Silva Lopes

SUBSECRETARIA DO DESENVOLVIMENTO RURAL

Carlos Alberto de Souza Rosado Segundo

SUBSECRETARIA DA GESTÃO AMBIENTAL

José Mairton Figueiredo de França

SUBSECRETARIA DE SERVIÇOS URBANOS

Carlos Cley da Silva

GUARDA CIVIL MUNICIPAL

Edward Smith de Araújo

DEPARTAMENTO DE ARTICULAÇÃO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

Francisca Luana Correia Lima Rodrigues de Medeiros

CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ

Francisco José da Silveira Júnior

PODER JUDICIÁRIO – FÓRUM MUNICIPAL DR. SILVEIRA MARTINS

Benedito Ferreira Filho

2º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR

Francisco Alvibá Ferreira Gomes

12º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR

Carlos André Correia Lima Moreno

CORPO DE BOMBEIRO

Franklin Araújo de Souza (Major)

TIRO DE GUERRA 07 – 010

Nery Luiz Mazzarolo

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - SUBSEÇÃO DE MOSSORÓ

Célia Maria Borges Nogueira

IGREJAS EVANGÉLICAS DE MOSSORÓ

Francisco Cícero Miranda

IGREJAS CATÓLICAS DE MOSSORÓ

Flávio Augusto Forte Melo

CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS – CDL

Wellington Rodrigues Fernandes

LOJAS MAÇÔNICAS

Lair Moreira da C osta

CLUBES DE SERVIÇOS “LIONS CLUBE”

Cimara Gurjão de Morais Paiva

INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO RIO GRANDE DO NORTE - EMATER/RN

Alberto Hudson de Souza Costa

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS

Francisco Gomes de Melo

SINDICATO DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Ivanildo Monteiro Fernandes

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO – UFERSA

José Espínola Sobrinho

CENTRAL ÚNICA COMUNITÁRIA – CUC

Ronaldo Pereira da Silva

CLUBE DOS DESBRAVADORES.”

Everton Adriano de Lima

ASSOCIAÇÃO DOS MINISTROS EVANGÉLICOS DE MOSSORÓ – AMEM

Anselmo Rodrigues da Costa

Senado aprova ampliação de direitos trabalhistas das domésticas



PEC deve ser promulgada e passa a valer após nova sessão do Congresso.

Apesar de garantir 16 novos direitos, sete vão precisar de regulamentação.

Felipe Néri
Do G1, em Brasília

O Senado concluiu nesta terça-feira (26) a aprovação da proposta de emenda à Constituição conhecida como PEC das Domésticas, que iguala os direitos trabalhadores domésticos aos dos demais trabalhadores urbanos e rurais.

A proposta, que já havia sido aprovada em primeiro turno na terça passada (19), foi aprovada novamente por unanimidade no segundo turno, com o voto favorável de 66 senadores. De acordo com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o texto será promulgado na próxima terça-feira (2 de abril), em sessão conjunta do Senado e da Câmara dos Deputados.


PEC das Domésticas: tire suas dúvidasO que muda para empregados e patrões Durante a votação, vários senadores apelidaram informalmente a PEC de Benedita da Silva, ex-empregada e hoje deputada federal pelo PT-RJ, que trabalhou pela aprovação.
A partir da promulgação, na próxima terça (2), a PEC já garante a aplicação imediata de nove novos direitos a babás, faxineiros e cozinheiros, dentre outros trabalhos exercidos em residências.

Outros sete direitos, no entanto, ainda dependerão de regulamentação para detalhar como serão aplicados e efetivar os direitos e deveres de empregados e empregadoreEntre os direitos que começam a valer imediatamente após a promulgação da lei, estão a garantia de salário nunca inferior ao mínimo (hoje em R$ 678), jornada de trabalho não superior a 8 horas por dia (máximo de 44 horas semanais), pagamento de horas-extras, além do reconhecimento de convenções ou acordos coletivos (veja tabela ao lado).

Por enquanto, não serão efetivados de imediato o direito a indenização em demissões sem justa causa, a concessão de seguro-desemprego e salário-família pelo governo, conta no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), adicional norturno, auxílio-creche e o seguro contra acidentes de trabalho.



Regulamentação

Segundo o Ministério do Trabalho, todos esses direitos ainda dependem de novas leis, ou alteração das existentes – que precisam passar pelo Congresso –, além da edição de decretos ou portarias – lançadas pelo próprio governo.

Não há prazo definido para essas novas normas, mas o Ministério do Trabalho disse que a expectativa é que elas sejam criadas "o mais rápido possível", segundo a assessoria da pasta.

A assessora jurídica da Federação da Empregadas e Trabalhadoras Domésticas do Estado de São Paulo, Camila Ferrari, se reuniu na tarde desta terça (26) com o presidente do Senado para pedir a regulamentação do texto.

Diante da dificuldade para fazer o controle de horários, ela considera necessário que seja estabelecido um piso salarial diferente para profissionais que dormem na casa do patrão.

Segundo ela, o piso maior evita o excesso de pagamento de horas extras e de adicional noturno. "Estamos lidando com patrão e não com uma empresa com vários funcionários. Não é interesse do sindicato onerar o patrão e causar risco de aumento de demissões e da informalidade", afirmou.

Fernanda vence BBB 13 com 62,79% dos votos e leva R$ 1,5 milhão



Mineira disputou a final com Nasser e Andressa nesta terça (26).

Advogada de 26 anos faturou prêmio de R$ 1,5 milhão.



Do G1, em São Paulo
     Fernanda venceu programa com 62,79% dos votos (Foto: Reprodução/TV Globo)

A mineira Fernanda, de 26 anos, venceu nesta terça-feira (26) a 13ª edição do “Big Brother Brasil” com 62,79% dos votos e levou o prêmio de R$ 1,5 milhão.

A advogada disputou o primeiro lugar com o gaúcho Nasser, que recebeu 28,29% dos votos, e com a paranaense Andressa, que teve com 8,92%.

Antes de entrar na casa, Fernanda afirmou que se sentia frustrada como advogada e que desejava participar do reality show para realizar o sonho de ser apresentadora e atriz, de acordo com o site do BBB.

Durante o confinamento, ela protagonizou um romance com o capixaba André, foi para baixo do edredom com o "brother", mas acabou eliminando o rapaz ao disputar com ele o paredão da última terça-feira (19). Hoje, a poucas horas da final, a mineira afirmou que estava “louca” para reencontrar André.

Em conversa com Andressa no começo da tarde desta terça, a advogada definiu sua maneira de ser no jogo: "Eu sou o exagero em pessoa. Meu nome é Fernanda pelo excesso. Igual o Bial falou, eu não sei ponderar as coisas e achei que isso ia me prejudicar aqui dentro, mas acho que ajudou. Tudo o que eu fiz, eu fiz demais".

Ao todo, a mineira acabou "emparedada" três vezes, e foi líder uma única vez, quando indicou Nasser. Durante o programa, a "sister" se desentendeu algumas vezes com Anamara, com o "namorado" André e com a paraense Kamila, com quem manteve uma grande amizade na casa.


      Fernanda disputou final com Nasser e Andressa (Foto: Reprodução/ BBB 13)




terça-feira, 26 de março de 2013

Prefeita reúne empresários da cadeia produtiva do petróleo




A prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, reuniu na manhã desta terça-feira, no Palácio da Resistência, empresários da cadeia produtiva do petróleo para uma discussão sobre alternativas para a diversificação da economia local, levando em conta os impactos sofridos em Mossoró pela queda de investimentos por parte da Petrobras no município.

Articuladora do encontro, a prefeita Cláudia Regina ouviu os representantes do setor e destacou a importância da junção de forças em prol do desenvolvimento do município. Da discussão, surgiu o Fórum da Cadeia Produtiva do Petróleo, Gás e Energia. O fórum vai reunir empresários e representantes de entidades como o Banco do Nordeste, Sebrae, Redepetro, Senai, e sindicatos ligados à questão.

“É hora de encontrarmos alternativas de sustentabilidade da cadeia produtiva do petróleo, gás e energia, daí a importância de juntarmos todos os envolvidos em busca de uma solução. A criação deste fórum é um passo importante neste processo construtivo”, disse a prefeita Cláudia Regina.

A primeira ação do fórum será o envio de um documento à Petrobras, solicitando informações sobre os investimentos da empresa na região de Mossoró. O documento será assinado por todos os participantes do fórum.

Entre os participantes do encontro, o subsecretário do Trabalho, Turismo, Indústria e Comércio, Segundo Paula; o subsecretário da Gestão Ambiental, Mairton França; o secretário da Comunicação Social, Julierme Torres, o secretário executivo da Redepetro/RN, Jales Júnior; o diretor do Senai/Mossoró, Francisco Moreira; o gerente do escritório local do Sebrae, João Vidal; o representantes do Banco do Nordeste, Sartre Praxedes; o presidente do Sinduscon/RN, Jorge do Rosário; o presidente do Sindicato da Rede Hoteleira de Mossoró, João Sabino e o vice-presidente da CDL/Mossoró, Getúlio Vale.

NOTA DO BLOG: Por demais oportuna e providencial tal reunião, tendo em vista às constantes notícias de que o setor do petróleo e gás vive uma retração de investimentos na região, que já sente os primeiros efeitos com demissões em massa por parte de algumas prestadoras de serviços à Petrobras. É com ela que está agora a palavra, já que por enquanto não se teve qualquer comunicado oficial por parte daquela estatal. A iniciativa da realização desta reunião passa assim de importante à imprescindível pela gravidade do tema e o impacto econômico negativo iminente, em se concretizando o que tem chegado em tom alarmante aos ouvidos de todos nós mossoroenses e oestanos. Algo terá que ser feito. Aguardemos os dias vindouros.

Justiça condena delegado da Polícia Federal a sete anos e seis meses de reclusão

A Justiça Federal em Mossoró condenou o delegado da Polícia Federal Adauto Gomes da Silva Júnior a sete anos e seis meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, e multa de mais de 100 salários mínimos vigentes em março de 2010, por vazar informações confidenciais sobre a “Operação Serra Negra”. A decisão judicial resultou de uma ação penal movida pelo Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN).
O réu, que poderá recorrer em liberdade, foi denunciado pelo MPF por violação do sigilo funcional e colaboração com o tráfico de drogas. No dia 15 de março de 2010, às 16h51, Adauto Júnior informou Karla Micaelly Fernandes da Silva, através de um telefonema, sobre a realização da “Operação Serra Negra”, que ainda seria deflagrada pela Polícia Federal de Mossoró e que tinha como objetivo desbaratar uma quadrilha de traficantes de drogas da região.
Cinco minutos depois, Karla Micaelly repassou a informação ao investigado Ikaro Mikael da Silva Jácome, que era um dos principais alvos da operação. No telefonema, ela disse que teria recebido as informações de um “amigo”, revelando que a polícia iria fazer “um raio x em tudo”. Através da quebra do sigilo telefônico de Karla Micaelly, a própria PF descobriu que o “amigo” tratava-se do delegado Adauto Júnior.
Ele se encontrava em Mossoró, em 15 de março de 2010, apenas para uma investigação eleitoral, mas foi até o Núcleo de Operações de Inteligência Policial da PF na cidade, tendo feito perguntas sobre Ikaro Jácome e tomado conhecimento de que o criminoso era um dos alvos da “Operação Serra Negra”. Em depoimento, Karlla Micaelly admitiu ter sido avisada por Adauto Júnior da operação e ter conversado com Ikaro Michael logo após, orientado-o a se desfazer do chip do telefone.
Policiais federais e o delegado responsável pela “Serra Negra” confirmaram que a conduta do réu provocou prejuízos à operação. O investigado Ikaro Jácome passou a utilizar outros números de telefone, diminuindo a quantidade de conversas mantidas com seus sócios no tráfico, dificultando as investigações. A “Serra Negra”, inicialmente prevista para durar seis meses, levou um ano e oito meses.
A sentença considera o “conjunto probatório favorável à condenação pelo crime de violação de 'sigilo funcional' e de informante de quadrilha destinada à prática de crime de tráfico de drogas” e acrescentou que a autoria e materialidade foram comprovadas. A denúncia do MPF havia sido recebida pela Justiça em 16 de dezembro de 2011, desde então Adauto Júnior estava afastado do cargo de delegado da Polícia Federal.
A decisão judicial prevê ainda perda do cargo, após o trânsito em julgado, e estipula 326 dias-multa, cada um fixado em 1/3 do salário-mínimo vigente em março de 2010. A ação penal tramita na 10ª Vara da Justiça Federal, em Mossoró, sob o número 0001791-59.2011.4.05.8401.
 
Fonte: Procuradoria da República no RN

OAB Mossoró recebe webcans para agilizar processos



A ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseccional de Mossoró recebeu hoje (26) a doação de Webcans para implementar o sistema de gravação de áudio e vídeo dos depoimentos dos indiciados e testemunhas em todas as delegacias de Mossoró.

De acordo com  presidente da Comissão de segurança Pública e Trânsito Dr. Paulo Cesário o projeto visa propor maior celeridade na conclusão dos inquéritos. "Esse procedimento já vem sendo usado pela justiça, boa parte dos juizes já utilizam esse sistema e nos vimos por meio da comissão de segurança a necessidade de utilizar esse sistema também nas delegacias" afirma o presidente.

Ainda de acordo com Dr. Paulo o uso das webcans vai dar maior agildade na colheita de depoimentos que ganharão maior credibilidade, gastos com papel, cartuchos/ tonneres de impressora serão reduzidos além da diminuição de incidência de lesão por esforço repetitivo (LER) dos profissionais escrivãos que trabalham diretamente colhendo os depoimentos.

As Webcams serão doadas pela Miranda Computação ao Delegado Regional da OAB Dr. Denis Carvalho que fará distribuição as delegacias. O vice- presidente da OAB Mossoró Jonas Segundo comenta que essa não é a primeira parceria entre a OAB  e empresas privadas e informou que futuramente outras parcerias serão realizadas para adquirir equipamentos como HD externo e Pen drives  para auxiliar o serviço de gravação de áudio e vídeo nos depoimentos .
O presidente Dr. Aldo Fernandes comandou a cerimonia de entrega das webcans em evento ocorrido nesta data, às 10h, no auditório da OAB em Mossoró.

* Fonte: De fato.com

DER sinaliza R$ 500 mil para cinco cidades do Oeste e Vale



Garantia foi dada à deputada Larissa, em audiência, hoje
 
O diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagens do RN (DER), Demétrio Torres, assegurou empenho na liberação de R$ 500 mil para obras viárias nas cidades de Upanema, Assu, Grossos, Areia Branca e Baraúna.
A garantia foi dada à deputada estadual Larissa Rosado (PSB), hoje (26), em audiência na sede do DER, em Natal, e reforçada pelo secretário estadual de Relações Institucionais, Esdras Alves, também presente à reunião.
Participaram ainda o prefeito de Upanema, Luiz Jairo (PR), e o vice-prefeito, Anísio Júnior (PSD), reforçando o pedido para   liberação de R$ 80 mil para asfaltamento de ruas da cidade. “Faremos o possível para liberar”, disse Torres.
A verba está alocada no Orçamento Geral do Estado (OGE) por emendas da deputada Larissa. Além de R$ 80 mil para Upanema, são R$ 100 mil para Assu, Grossos (R$ 100 mil), Areia Branca (R$ 140 mil) e Baraúna (R$ 80 mil).

Requerimentos
Após a audiência, Larissa requereu, na sessão ordinária da Assembleia Legislativa, construção de ponte na RN-405, em Upanema, e estadualização da rodovia que liga Upanema a Assu. O diretor do DER assegurou apressar os pedidos.
“Essas obras viárias facilitam escoamento de produtos, integram os municípios, dão mais segurança ao tráfego, entre outros benefícios. Continuaremos acompanhando para que sejam realizadas o mais rápido possível”, afirma Larissa.

Câmara corrige data de emancipação política de Mossoró

                                      Vereador Genivan Vale (PR) é o autor do projeto

A Câmara Municipal de Mossoró aprovou na manhã desta terça-feira (26), o Projeto de Lei de autoria do vereador Genivan Vale (PR), que corrige a data de emancipação política do município de Mossoró. 

Segundo os historiadores, inclusive Luís da Câmara Cascudo, Mossoró desligou-se oficialmente do município de Assú, com o título de Vila de Mossoró no dia 15 de Março de 1852. No entanto, até então, era atribuída a data de 9 de Novembro como data da emancipação política, por ter sido nesta data que Mossoró foi elevada à condição de cidade. 

O Projeto de Lei segue agora para o Executivo, para ser sancionado pela Prefeita Cláudia Regina. 

Calvário do Cidadão

Quer se submeter a um verdadeiro calvário - independetemente de estarmos na semana santa - vá até à Central do Cidadão de Mossoró resolver alguma pendenga que por ventura tenha junto a qualquer setor da administração pública estadual, que mantém serviço "avançado" de atendimento naquela unidade.

Este blogueiro de plantão já ensaiou ser atendido algumas dezenas de vezes para renovação de carteira de habilitação, mas desisitiu ao avistar a quantidade de filas que tem de enfrentar - recomenda-se evitá-las, se também tens fobia.

Encontro-me no momento no estágio intermediário  dos exames de vista. Uma espécie de 4° Ato deste sacrilégio que se impõe a quem quer e precisa "andar direito".

Motivou-nos o fato de - apenas - o Detran atender no local nas segundas-feiras, dia em que os demais serviços da Central não funcionam. Outra discrepância.

Por enquanto, pouco movimento neste dia pela pouca divulgação e um achado para quem não quer servir de besta, palhaço e barata tonta nos demais dias da semana.

Mas, tudo tem uma explicação.

Primeiro, esta idéia de jerico de juntar todos os serviços prestados pelas repartições da estrutura governamental em um local só sem oferecer às condições necessárias criou um monstro bem aos moldes "franckiesteriano", transferindo responsabilidades que deveriam ser de cada setor que alí se diz "representado".

Para tais repartições onde períodos como Horas e Dias deixam de existir como "Expediente" não há integração entre o atos de pagar e registrar documentos.

Reflexo aí, por exemplo, de uma completo desdém para com quem deveria ser o centro das atenções. Justamente - ou injustamente -, o cidadão/consumidor/usuário.

Basta uma simples ligação ou visita à sede do Detran em Natal em uma sexta-feira à tarde para entender o porquê de tanto destrato conosco, pois, há setores que neste período do dia alguns funcionários "não vêm", segundo os próprios colegas, como se o fato de ser uma véspera de fim de semana em uma aprazível cidade litorânea como Natal justificasse a ausência de um servidor no seu "trono" de trabalho.

Folga-se lá e extrangula-se o atendimento aqui, em nosso sofrível interior.

Não! A culpa não é da praia!

Talvêz, explique-se por aí o motivo de tanta demanda para pouca oferta de serviços na Central "Calvário" do Cidadão de Mossoró.

Ah, esta semana finda-se na quinta-feira. Imaginem como será!

Aqui e láááááááaaaa...