segunda-feira, 30 de setembro de 2013

TRE descarta novos embargos e confirma cassação de Cláudia Regina

Tribunal Eleitoral decidiu desconsiderar os embargos movidos pela defesa por falta de procuração por parte dos advogados

Por Ciro Marques
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) voltou a julgar na tarde de hoje (30) mais um processo referente a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina (DEM). Desta vez, foram julgados a legalidade dos embargos que a defesa da gestora mossoroense impetrou com a intenção de pedir esclarecimentos a respeito da decisão da Corte que, basicamente, confirmou a segunda cassação assinada pelo juiz eleitoral Herval Sampaio, da 33ª zona eleitoral, a Cláudia Regina só neste ano.

Para entender melhor a decisão, é preciso voltar no tempo, para o dia 21 de junho, quando o juiz eleitoral Carlo Virgílio suspendeu uma decisão divulgada horas antes, pelo juiz Herval Sampaio, porque a defesa da prefeita havia apresentado uma alegação de suspeição para o magistrado, sustentando que ele não estava “apto” para proferir qualquer sentença por ter proximidade com o objeto julgado. Herval, por sinal, já tinha descartado essa suspeição, mas como ela ainda não havia sido confirmada no TRE, não seria permitido dar qualquer decisão no processo.

A suspeição foi julgada no dia 24 de julho (mais de um mês) no TRE e confirmada que não tinha cabimento algum. A defesa de Cláudia Regina, como já está sendo de prache, entrou com embargos, apontando dúvidas na decisão da Corte. O problema é que essas ferramentas jurídicas não tiveram a assinatura da autora processual e não foi julgada qualquer procuração.

“Os Juízes do Egrégio Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio Grande do Norte, à unanimidade, em reconhecer, de ofício, a ausência de pressuposto processual de validade, em ordem a determinar a anulação de todos os atos praticados no processo, extinguindo-se o feito sem resolução de mérito, nos termos do voto do relator, parte integrante da presente decisão”, afirmou o juiz Carlo Virgílio, no resumo da decisão publicada no site do TRE.

É importante lembrar que as ferramentas de embargo declaratório tem sido costumeiramente utilizadas pela defesa de Cláudia Regina para conseguir protelar o feito das decisões da Justiça Eleitoral contra a prefeita (que já foi cassada duas vezes este ano, mas segue no cargo porque nenhum dos processos foi julgado no TRE ainda). Em julho, inclusive, o juiz eleitoral Eduardo Guimarães chegou a determinar o trânsito em julgado de uma ação, anulando de uma só uma vez todos os embargos movidos pela defesa da prefeita.

A decisão do juiz, que era o relator da anulação de uma sentença motivada, justamente, por esses embargos, porém, não foi confirmada pelo TRE. Apenas a decisão de cassação da prefeita foi mantida.
Fonte:  www.portalnoar.com

Isoares Martins reassume Prefeitura de Baraúna

Por:  Thaisa Galvão

Afastado por decisão do juiz de Mossoró, Herval Sampaio, o prefeito de Baraúna, Isoares Martins (PR), retomou hoje o cargo que estava sendo ocupado pelo presidente da Câmara.

Cautelar que a defesa de Isoares deu entrada na semana passada, pedindo a suspensão da decisão de Herval, foi acatada pelo relator do processo, juiz eleitoral Verlano Medeiros e seguida pelos membros da Corte Carlo Virgílio, Nilson Cavalcanti e Virgílio Macedo.

Apenas o juiz federal Eduardo Guimarães e o juiz Arthur Cortez votaram pela manutenção da decisão de Herval Sampaio.

Sob efeito da cautelar, o prefeito Isoares e a vice Elizabete reassumiram os cargos.

Segundo informou ao Blog o juiz Verlano Medeiros, ele decidiu levar ao Pleno a decisão que poderia ter sido monocrática.

Mas ele informou agora há pouco que o Pleno acatou o efeito suspensivo, e não o mérito da cassação que foi a compra de votos.

Verlano disse que vai analisar o mérito do recurso para checar as provas anexadas que indicaram a compra de votos e fizeram o juiz decidir pela cassação.

Segundo Verlano, também relator do mérito, sua análise será feita em breve.


Fonte: www.thaisagalvao.com.br

Explosão em transformador provoca fim antecipado do desfile de 30 de Setembro em Mossoró

Explosão em transformador instalado em poste ao lado do palanque onde estavam as autoridades, na Avenida Alberto Maranhão, Centro, provocou o fim antecipado do desfile do 30 de Setembro, logo em seu inicio.


* Do Blog do Skarlack

Mossoró celebra a liberdade com Cortejo Cultural



Nesta segunda-feira, 30, Mossoró celebra um dos seus feitos mais notáveis: a abolição dos escravos, cinco anos antes da Lei Áurea. A Festa da Liberdade será encerrada neste feriado municipal com o Cortejo da Liberdade, a partir das 19h.

O Cortejo será composto, respectivamente, pelo Desfile Militar, Cultural e Cívico. A Avenida Alberto Maranhão, que recebe o evento, e todos os seus acessos serão interditados às 18h, para acomodação da população e organização dos participantes do desfile.



Confira a ordem do Cortejo da Liberdade 2013.

DESFILE MILITAR
- Tiro de Guerra 07/010
- II Batalhão de Polícia Militar
- XII Batalhão da Polícia Militar
- II Distrito de Polícia Rodoviária Estadual
- Corpo de Bombeiros
- Banda de Música Artur Paraguai
- Guarda Civil Municipal
- II Batalhão de Polícia Militar – Motorizado
- XII Batalhão de Polícia Militar – motorizado
- II Distrito de Polícia Rodoviária Estadual – Motorizado
- Corpo de Bombeiros Motorizado

DESFILE CULTURAL
Cortejo da Juventude
- CRAS Bom Jesus
- CNG Belo Horizonte
- CRAS Belo Horizonte
- CRAS Nova Esperança
- UCF Alto da Conceição
- CRAS Quixabeirinha
- CRAS Redenção
- CRAS Abolição IV
- CRAS Bom Pastor
- UCF Jucuri
- CNG Abolição I
- UCF Barrocas
- CRAS Independência
- CRAS Bom Jardim
- CNG Boa Vista
- CRAS Santo Antônio
- UCF São Manoel
- CRAS Costa e Silva
- CRAS Sumaré
- CRAS São Manoel
- CNG Nova Morada
- Companhia Artes Sem Limites

Cortejo Cultural – Libertação da Escravatura
- Grupo de abertura “África Livre”
- Carruagem da Liberdade
- Tribo Iorubá
- Tribo Nagô
- Tribo Jêje
- Europa Brasileira
- Negros a serviço dos brancos
- 1º Carro Alegórico: “A Europa Brasileira”
- Igreja Católica
- Padre Jesuítas e Índios
- Batismo dos Negros Orixás
- Lei do Sexagenário
- Lei do Ventre Livre
- 2º Carro Alegórico: “Maracatu”
- A Maçonaria
- Negros Livres em 10 de Julho
- Sinhá Galvão e Escravos
- Sociedade Spartacus
- Negros Resgatados
- 3º Carro Alegórico: “O Sol Brilha pra Todos”
- Hare Krisna
- Judeus
- Árabes
- Geração Paz e Amor


DESFILE CÍVICO
- Fanfarra Independente
- Desbravadores
Grupo de Escoteiros do Alberto Santos Dumont
Grupo de Escoteiros Nossa Senhora Aparecida
Grupo de Escoteiros Francisco Leonardo
Grupo de Escoteiros Cruzeiro do Sul
Grupo de Escoteiros Monsenhor Penha Filho
Grupo de Escoteiros Prof. Hermógenes Nogueira da Costa
Grupo de Escoteiros Monsenhor Américo
- Fanfarra 30 de Setembro – E. E. Aída Ramalho
- Lojas Maçônicas de Mossoró
Jerônimo Rosado
João da escóssia
24 de Junho
Amâncio dantas
Jacques Demolay
União Mossoroense
30 de Setembro
Bethel
Sebastião Vasconcelos dos Santos
- Fanfarra da E. M. Raimunda Nogueira do Couto
- Fanfarra da E. E. José Nogueira
- Fanfarra da E. E. Santo Antônio
- Fanfarra da E. E. Jerônimo Rosado

Pedalada percorre pontos turísticos de Mossoró



Centenas de ciclistas participaram da 1ª Pedalada Turística “Mossoró Eu Amo, Eu Cuido”, realizado na tarde deste domingo, 29.  O evento foi realizado pela Liga Mossoroense de Ciclismo e patrocinadores, e contou com o apoio da Prefeitura Municipal.
A prefeita Cláudia Regina participou da pedalada e convidou as famílias para participarem do projeto Viva! A Rio Branco, que acontece aos domingos na Avenida. “Além do incentivo ao uso da bicicleta através da Viva a Rio Branco, reforçamos que todos os projetos de mobilidade urbana desenvolvidos pelo município contemplam os ciclistas”, declarou.

Edson Maninho, presidente da Liga Mossoroense de Ciclismo, e Alex Polary, organizador da Pedalada, homenagearam a prefeita Cláudia Regina com uma comenda, pelo incentivo a modalidade esportiva. “Temos encontrado uma porta aberta na Prefeitura e agradecemos pelo espaço e incentivo”, disse Edson Marinho.

Os ciclistas saíram do Memorial da Resistência , percorreram as principais ruas do centro de Mossoró e passaram por vários pontos turísticos da cidade. Durante o percurso, um guia turístico falava sobre a história e curiosidades de cada ponto.
No final da Pedalada, foram sorteadas kits de suplementos e três bicicletas Mountain Bike: uma masculina, uma feminina e infantil. “Agradecemos aos patrocinadores, ao incentivo da Prefeitura e a todos que participaramn deste momento”, falou Alex Polary.

Governo do RN fecha hospital e manifestantes bloqueiam BR

Do Blog de Aclecivam Soares

Os angicanos amanheceram o 30 de setembro decididos a interditar a BR-304, a altura do quilometro 147, mais precisamente em frente ao Parque de Vaquejada São José, do ex-prefeito (in memorian) Jaime Batista dos Santos.
O movimento é pacífico e em prol do não-fechamento do Hospital Regional de Angicos, anunciado pelo secretário estadual de Saúde, Luiz Roberto Fonseca.

Moradores ocupam BR com faixas e cartazes (Blog  Angicos Notícia)

Desde às 5h30 que os angicanos realizam movimentação, que começou em frente ao Clube Municipal, percorrendo algumas ruas da cidade e se deslocando até a BR-304, onde interditaram a pista de rolamento, colocando tratores e veículos impedindo assim, a passagem dos veículos que trafegam pela referida BR.

Resultados do Brasileirão Série A

24ª RODADA


Goiás-GO1 x 2Fluminense-RJ

Náutico-PE3 x 0Coritiba-PR

Botafogo-RJ0 x 1Ponte Preta-SP

Flamengo-RJ4 x 1Criciúma-SC


São Paulo-SP0 x 1Grêmio-RS


Portuguesa-SP4 x 0Corinthians-SP


Bahia-BA0 x 0Vasco da Gama-RJ


Atlético-MG3 x 1Santos-SP


Internacional-RS1 x 2Cruzeiro-MG


Atlético-PR3 x 5Vitória-BA


Classificação


CLUBE PG 


1Cruzeiro-MG          53


2Grêmio-RS               42


3Botafogo-RJ 42


4Atlético-PR              41


5Atlético-MG             35


6Vitória-BA                34


7Internacional              34


8Fluminense-RJ            33


9Santos-SP                  33


10Goiás-GO                 33


11Bahia-BA                  32


12Portuguesa-SP          31


13Corinthians-               31


14Coritiba-PR               31


15Flamengo-RJ            30


16São Paulo-SP          27


17Criciúma-SC            25


18Vasco da Gama         25


19Ponte Preta  22


20Náutico-PE               14

Claudio Cavalcanti morre aos 73 anos no Rio de Janeiro JBelmont


Claudio Cavalcanti morre aos 73 anos no Rio de Janeiro

Claudio Cavalcanti, de 73 anos, morreu às 18h deste domingo (29) no Rio de Janeiro. O ator, cujo último trabalho na TV é a segunda temporada de "Sessão de Terapia", com estreia no dia 07/10, estava internado na UTI do Hospital Pró-Cardíaco desde a última semana. 


Na última terça, 24, Claudio passou por um cirurgia por conta da falência de uma vértebra. Ele estava sedado desde então e aguardando a estabilização do quadro. Segundo seu cardiologista e genro, Carlos Eduardo Menna Barreto, o ator sofreu um choque cardiogênico, que evoluiu para uma insuficiência renal e falência múltipla dos órgãos, ocasionando o falecimento. 


No hospital, a família contou com o apoio de amigos como o ator Paulo Gracindo Jr, que vinha acompanhando a evolução do quadro de Claudio ao longo da semana. Ainda não há informações sobre o funeral de Claudio. 


Ator também se dividia entre a escrita e a política


Além da atuação, Claudio se dividia entre a carreira de escritor e a política. Ele tem cinco livros publicados e já foi vereador e deputado estadual, quando criou e teve aprovadas 29 leis pioneiras em relação à defesa dos animais. Claudio estava, inclusive, à frente da Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais da Cidade do Rio.


Na série dirigida por Selton Mello, Claudio interpreta Otávio, um empresário com Síndrome do Pânico. Em recente entrevista ao site do GNT, o ator afirmou que interpretar Otávio é um sonho realizado. "Recebo convites, mas nem sempre tenho tempo. Mas esse papel é o sonho de qualquer ator!", orgulhou-se ele.


"Eu merecia esse papel. Não posso trair a minha história", vibrou ele, que interpretou protagonistas icônicos como Jerônimo, da novela "Irmãos Coragem", e Padre Albano, em "Roque Santeiro". "Se eu dissesse 'não' eu seria louco. E burro!", afirma.


O convite partiu de Selton Mello. "É um ator que eu admiro há muito tempo. Eu que pedi. É uma figura icônica. E ele é um senhor, mas com uma vitalidade de iniciante. Tem uma presença cênica forte e trabalha com tesão de iniciante", disse Selton na época das gravações.


g-1

Médico Adriano Nogueira foi encontrado morto em seu apartament


Por:  César Alves
O médico Adriano Nogueira da Silva, de 24 anos (foto), foi encontrado morto em seu apartamento, onde morava só, na manhã deste domingo, 29, em Mossoró.
Ao lado do corpo, havia algumas ampolas de Midazolam, uma espécie de psicotrópico que atua no sistema nervoso central. Induz ao sono e se tomado em excesso, mata.
Na noite deste sábado (28), Adriano deveria ter dado plantão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alto São Manoel, 28, em Mossoró, mas não apareceu.
Os colegas dele da unidade entraram em contato com a sua mãe, que informou que ele morava só. Foram ao apartamento dele e já o encontraram sem vida.

Além de trabalhar na UPA do Alto São Manoel, o jovem médico Adriano Nogueira também prestava serviços no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) e no Hospital Wilson Rosado.

Filho de um mototaxista de prenome Alderi e da dona de casa Aldenora, Adriano havia se graduado em medicina pela Universidade do Estado do RN (UERN) em 2009.

Estava começando a carreira, tida como promissora pelos companheiros de trabalho no HRTM, HWR e no UPA.

O velório será na Igreja Evangélica, da Rua Sérvulo Marcelino, no Grande Alto São Manoel.


Fonte: www.defato.com

Ricardo Mota e seu grupo rompe com o Governo Rosalba

Apesar de se ventilar que o chefe da Casa Civil do governo, Carlos Augusto Rosado, estaria conversando com o irmão-deputado Betinho Rosado hoje à tarde em Mossoró, na intenção de fazê-lo demover da ideia de comandar o PP no Rio Grande do Norte, nada mais vai mudar para os deputados que estavam de malas prontas para o Partido Progressista.

Depois de uma reunião menor no apartamento do deputado Henrique Alves no final da manhã, o grupo do deputado Ricardo Motta, agora formado por 7 deputados, se reuniu.

E uma coisa ficou definida: mesmo que Betinho desista do PP, para o PP ninguém mais vai.

É que, caso eles aceitem ficar no partido, vai dar a entender que ‘negociaram’ com o governo.

E a posição de cada um dos 7, incluindo Ricardo Motta, daqui pra frente, será de independência na Assembleia, em relação ao governo.

E nesse contexto atual, independência quer dizer rompido.
Cada um dos 7, rompido com o governo.

Fonte: www.thaisagalvao.com.br

Novo reitor da Uern defende autonomia da instituição

Posse do Reitor Pedro Fernandes - LL 28 09 2013  (233).jpgsssss 3
reitor tribuna
“Fase da autonomia plena”. A denominação foi dada pelo reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes, para a nova gestão que vai até 2017. No discurso de posse, Pedro Fernandes identificou as fases da institução,expondo o principal foco da nova administração.


Posse do Reitor Pedro Fernandes - LL 28 09 2013  (88) copy
Posse do Reitor Pedro Fernandes - LL 28 09 2013  (228) 2
Fotos: Luciano Lellys
Segundo o reitor, a UERN que hoje está em 17 municípios potiguares, entre os quais, Natal, teve avanços significativos desde sua criação, há 45 anos. Depois de conceituar as fases como municipalização, regionalização, estadualização e consolidação – que seria o período de 2000 a 2013, do antecessor professor Milton Marques de Medeiros- ele disse que agora, o novo desafio é a autonomia financeira.

“A autonomia plena é nosso nó górdio; centro da luta de todos. Luta da administração superior, juntamente com os segmentos universitários ADUERN, SINTAUERN e DCE, da sociedade civil, através de um constante diálogo com o governo do estado e assembléia legislativa”, conclamou o reitor.

Conforme Pedro Fernandes, a busca pela autonomia plena da Universidade requer debates constantes e intensos, gestão participativa e transparente. “E isso exige também, uma postura de firmeza, competência administrativa, compromisso ético e político que preserve a instituição da ingerência de entes alheios aos seus propósitos”, pontua o reitor.

Outro ponto essencial é o compomisso da comunidade universitária com a construção de um novo projeto para a UERN, alicerçado no fortalecimento de suas dimensões pública, gratuita , crítica e de qualidade, assegura.

domingo, 29 de setembro de 2013

Dr. Bernardo: ‘Lamento que Dr. Cure tenha sido tão grosseiro e injusto’




O diretor-presidente do Hospital Wilson Rosado, médico Bernardo Rosado, rebate insinuações de que a Prefeitura de Mossoró estaria beneficiando a unidade de saúde na prestação de serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). De forma clara e aberta, Dr. Bernardo fala sobre o assunto, explicando como são feitos os procedimentos legais e afirma que o médico Cure Medeiros, do Centro de Oncologia de Mossoró, foi “grosseiro e injusto” com o Wilson Rosado. Leia:

De Fato – Dr. Bernardo, recentemente o Dr. Cure Medeiros, vem fazendo denúncias na imprensa de que o Hospital Wilson Rosado é beneficiado pela prefeitura na prestação do serviço ao SUS. O que o senhor pode dizer sobre isso?
Dr. Bernardo Rosado – Lamento que o Dr. Cure tenha sido tão grosseiro e injusto com o Hospital Wilson Rosado que por sinal foi o berço do serviço dele, e sem este o Centro de Oncologia não existiria. Quando se faz uma afirmação dessas e apontar qual é o privilégio, é ato irresponsável e moralmente questionável. Estamos esperando que ele afirme qual é.

Na sua opinião, qual a razão de tal afirmação ?
Na minha opinião, a distorção da verdade tem um objetivo muito claro. Trata-se de uma pressão sobre a prefeitura para conseguir mais dinheiro. O município de Mossoró não tem obrigação nenhuma de atender as solicitações do Dr. Cure, uma vez que o serviço é de Alta Complexidade, como a cardiologia que temos aqui. Para que todos entendam, os recursos para custear os atendimentos do SUS, são determinados e enviados pelo Governo Federal, através do Ministério da Saúde. Toda instituição no ato do seu credenciamento, lhe é informada o seu limite financeiro. Mesmo assim, sabemos que a prefeitura faz complementações nos honorários médicos para todos os profissionais prestadores do SUS, independente da instituição hospitalar que ele atue.

Então se todos recebem esta complementação, por que ele cita que o plus da oncologia não está sendo pago?
Na verdade, todos os médicos que realizam cirurgias pelo SUS, recebem uma complementação de 100% dos honorários médicos já pagos pelo SUS. A exigência dele é para que se a cirurgia for realizada no Centro de Oncologia, a prefeitura pague 150% ao médico. Claramente, beneficio que ele quer ter. Pois o que justificaria um profissional, pelo fato de realizar uma cirurgia no hospital dele, receber mais do que se fosse realizado em outro hospital? Seria insano da parte de qualquer gestor público pagar valores diferenciados dentro do mesmo município.

O Hospital Wilson Rosado criou um serviço de oncologia?
Sim. O hospital estruturou este novo serviço. Já estamos credenciados para atender aos usuários da Unimed Mossoró e solicitamos também o credenciamento aos demais convênios, inclusive ao SUS.

Então, já que a região ampliará sua estrutura de atendimento e oferta de serviços para combater o câncer, por que Dr. Cure Medeiros está reclamando?
Pelo visto ele está querendo centralizar tudo no hospital dele para ter maior poder de barganha, um monopólio. Em Natal, por exemplo, existem quatro ou cinco hospitais credenciados ao SUS, aqui só temos um, para atender os pacientes de Mossoró e região, ou seja, o paciente não tem escolha, muitas vezes tendo que ser submetido as rotinas de um único prestador. Em todo setor, o monopólio é ruim. Só quem perde é a população, então se ele afirma ter respeito e preocupação com os pacientes carentes do SUS, deveria apoiar a criação de outros serviços, pois o dele continuará da mesma forma, entretanto, caberá ao paciente e seus familiares escolherem onde querem ser atendidos.

A radioterapia instalada recentemente em Mossoró, foi uma doação do Estado, da Prefeitura e da população. Em virtude disso, muitas pessoas estão questionando por que a radioterapia não foi credenciada para a Liga Mossoroense de Combate ao Câncer e sim para o Centro de Oncologia de Mossoró, de propriedade do Dr. Cure. O senhor saberia explicar o por quê?
Assim como todas as outras pessoas, estou sem entender isso. Acho que cabe ao Dr. Cure responder e ao Ministério Público investigar.

A radioterapia também é um serviço de Alta Complexidade? Quem é o responsável pelo pagamento deste serviço?
Sim, está coberto pela Alta Complexidade. Como eu já havia explicado anteriormente, o Ministério da Saúde no ato da habilitação determina o montante financeiro e neste caso, repassa ao Estado para que seja efetivado o pagamento. Não existe nenhum serviço no Brasil que seja mantido com recursos próprios da Prefeitura ou do Estado.

Recentemente, observamos algumas paralizações nas cirurgias oncológicas, qual sua opinião?
Não entro em questão de honorários de colegas, respeito muito. No entanto, o serviço não pode parar. O prestador tem um contrato em que aceita e garante as normas de contratação do SUS. Toda responsabilidade de funcionamento é da instituição credenciada. Sugiro consultar o Ministério Público, a quem cabe cobrar isso, pois afinal, estamos falando de toda uma região sem ter onde ser atendida.

Para encerrarmos, o senhor gostaria de acrescentar mais alguma coisa?
Gostaria de pedir ao Dr. Cure mais respeito, não afirmar inverdades, atitudes incompatíveis com a imagem que ele construiu na cidade. Entristece-nos, o fato dele utilizar o nome do Hospital Wilson Rosado, distorcendo a verdade para tentar conseguir seus objetivos financeiros. Fico a disposição dele para debater qualquer assunto em saúde que ele desejar, deixando assim, a população melhor esclarecida.

* Extrído do De Fato.com

sábado, 28 de setembro de 2013

Betinho Rosado entrega mandato para ter presidência do PP e apoiar Rosalba

Deputado federal estaria disposto a perder o cargo por infidelidade partidária para apoiar a reeleição da cunhada
Por Ciro Marques
Uma jogada política que mais parece um “golpe” para garantir o apoio de um partido a um governo estadual que sofre com o enfraquecimento de sua base aliada. É assim que pode ser classificada a ação do deputado federal Betinho Rosado, que nesta sexta-feira (27) anunciou que vai presidir o PP com o objetivo de garantir o apoio da sigla a reeleição da governadora Rosalba Ciarlini, cunhada dele, em 2014.

“No meu novo partido, tenho duas certezas: irei comandá-lo a nível estadual e estarei apoiando a reeleição da Governadora Rosalba Ciarlini”, afirmou Betinho confirmando a “jogada” política. Mas por que isso poderia ser classificado como “golpe”? Primeiro, porque o apoio que Betinho pretende garantir é, justamente, à gestora do DEM, partido que ele acabou de anunciar a desfiliação, alegando discriminação política.

Segundo, porque a ida dele para o PP parece ter como únicas explicações a garantia da manutenção desse apoio e, também, evitar a “mudança de lado” de deputados atualmente da base governista, como Ricardo Motta (presidente da Assembleia Legislativa), Raimundo Fernandes e Vivaldo Costa. Os três já estavam “apalavrados” com o PP e a ida deles para a sigla significaria a confirmação do rompimento com a base aliada do Governo Rosalba.

Afinal, o atual presidente do PP no Rio Grande do Norte, o vereador de Natal Rafael Motta, filho de Ricardo, já havia revelado para o portalnoar.com que são pequenas as chances do partido continuar na base do Governo Rosalba no próximo ano, uma vez que a insatisfação dos aliados no interior do Estado é “muito grande”. Rafael Motta, por sinal, parece ser o maio prejudicado da “rasteira” de Betinho.

Desde que assumiu a presidência do partido no início do ano, Rafael Motta conseguiu não só saneá-lo financeiramente, como também articulado a união da sigla no interior do estado (visitando vários municípios do interior do RN) e, até, atraído para o partido, parlamentares estaduais como esses já citados e também Kelps Lima (que já é oposição ao Governo do DEM). Agora, vê o esforço de alguns meses ser transferido para o deputado federal, para insatisfação de outros filiados.

Isso porque apesar de ser uma liderança no interior do Estado, sobretudo na região de Mossoró, a ida de Betinho para o PP representa um prejuízo para a filiação (que já haviam sido anunciadas) de outros parlamentares estaduais. Ricardo Motta, Raimundo, Vivaldo Costa estavam indo para o Governo, justamente, porque já demonstravam a insatisfação com o Governo e não devem aceitar continuar na base aliada no Governo.

Espaço na Câmara

A articulação que fez Betinho Rosado ir para o PP ocorreu em Brasília, onde a cúpula do partido já buscava, há um bom tempo, um nome que representasse o aumento de cadeiras da sigla na Câmara Federal. O problema dessa “cadeira” ser a de Betinho, no entanto, é que ela pode durar pouco tempo. Por ter saído do DEM sem a autorização do partido e da Justiça Eleitoral, ele deve perder o mandato por infidelidade partidária. Isso faria com que ele tivesse que recorrer a um cargo no primeiro escalão do desacreditado Governo Rosalba para não ficar “esquecido” até as eleições de outubro de 2014, quando deverá tentar voltar a Casa Legislativa.

E pensar que ele deverá concorrer, justamente, com Rafael Motta, que é tido com um potencial pré-candidato a Câmara Federal no próximo ano. Após ser o segundo candidato mais votado para a Câmara Municipal no ano passado, Rafael é tido como um “nome certo” para a disputa por uma cadeira em Brasília.
 
Fonte:  www.portalnoar.com

Polícia investiga supostas fraudes no Hospital Regional Tarcísio Maia

Conselheiro Carlos Tompson 
A Polícia Civil apreendeu hoje (27), no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, diversos documentos do setor de recursos humanos da unidade. A investigação apura denúncias de eventuais pagamentos indevidos a profissionais que estariam recebendo por plantões que, na prática, não foram cumpridos.

A ação de busca e apreensão ocorreu mediante decisão judicial e os policiais recolheram 45 volumes de documentos. O inquérito é da Delegacia Especializada em Defraudações de Mossoró e teve início em maio deste ano, após denúncias divulgadas na imprensa e redes sociais de que a assistente social e ex-vice-prefeita de Mossoró, Ruth Ciarlini, estaria recebendo por plantões não trabalhados.

O delegado titular da 1º Delegacia de Polícia Civil de Mossoró, Fábio Montanha, afirmou na tarde de  que a documentação apreendida será examinada em busca de comprovação. A polícia colheu depoimento de alguns servidores — entre dez e 15 pessoas —, todos liberados em seguida.

A ação, denominada “Ponto Final”, é específica para o Hospital Regional Tarcísio Maia. As investigações são conduzidas por delegados das duas delegacias distritais e a especializada em defraudações e abrange a análise das escalas de plantão, livros de ocorrência de janeiro a setembro deste ano.

A ex-deputada Ruth Ciarlini, irmã da governadora Rosalba Ciarlini, será intimada a depor nos próximos dias, segundo Fábio Montanha. O delegado afirma que mais adiante deve solicitar informações ao Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público sobre inspeção especial que constatou pagamentos indevidos de plantões eventuais a servidores vinculados à Secretaria Estadual de Saúde. A reportagem da TRIBUNA DO NORTE tentou contato por telefone na tarde de hoje, mas não obteve sucesso.

O objeto é averiguar se há informações relativas ao eventual pagamento indevido de plantões no Hospital regional Tarcísio Maia. “Nossa investigação é específica sobre essa unidade. Os dados do TCE podem ajudar”.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou a realização imediata de uma inspeção especial na secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). O órgão de controle externo quer explicações sobre a concessão de adicionais de insalubridade que teriam gerado uma despesa de R$ 32.688.453,85 ao erário, somente em 2011.

A determinação assinada pelo conselheiro relator Carlos Thompson Fernandes visa ainda a apuração de possíveis irregularidades no pagamento de plantões eventuais e a presença de servidores em área de transferência sem lotação definida.

De acordo com a Polícia Civil, a administração do Hospital Regional Tarcísio Maia colaborou com as equipes que estiveram na manhã de hoje na unidade. Mas o delegado Fábio Montanha ressaltou que chegou a solicitar documentos à administração, que demorou mais de um mês para atendê-lo. “Decidimos antecipar essa apreensão para evitar que eventuais provas fossem alteradas”.

A Secretaria Estadual de Saúde confirma que o Ministério Público do Rio Grande do Norte, através do promotor Fábio Weimer Thé, da Comarca de Mossoró, solicitou informações sobre como é feito o registro de ponto e fiscalização.

PROVIDÊNCIAS

A Sesap solicitou à direção do Hospital Regional Tarcísio Maia a apuração e prestação das demais informações solicitadas pelos órgãos de fiscalização quanto ao período de setembro de 2011 até os dias atuais.

Em nota oficial, a Secretaria Estadual de Saúde diz que “está atenta a qualquer ato ilícito no quadro da rede de saúde e que vem trabalhando de maneira responsável e transparente no sentido de facilitar a disponibilização de dados e informações solicitadas pelos órgãos de fiscalização da gestão pública”. A nota ressalta que o Hospital possui autonomia administrativa e financeira, sendo de sua responsabilidade a gestão de todo o pessoal de seu quadro efetivo, e/ou temporário.

O Governo assinou, no ano de 2009, um Termo de Ajustamento de Conduta celebrado com o Ministério Público do Estado, através do qual ficou estabelecida a implantação do ponto-eletrônico, algo concretizado somente em agosto deste ano.

Fonte:  www.tribunadonorte.com.br

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

PSB faz evento de filiação com a presença do prefeito de Natal

Ex-prefeito de São Miguel, Galeno Torquato foi um dos que teve ficha de filiação abonada pelo presidente Robinson Faria

Ex prefeito Galeno Torquato (1° da esq. p/ dir) foi mais um que se filiou ao PSD  (Foto: Márlio Forte)
Em comemoração aos dois anos de fundação do PSD em nível de Brasil, o seu presidente estadual e atual vice-governador do Estado, Robinson Faria, reuniu hoje centenas de filiados do partido em Natal, no Hotel Ocean Palace.

O evento de filiação contou com as presenças: do vice-governador da Paraíba, Rômulo Gouveia; do deputado federal, Fábio Faria; dos deputados estaduais da sigla José Dias e Gesane Marinho; dentre outras importantes lideranças.

Um dos pontos altos do encontro foi a chegada surpresa do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), que abiu uma brecha em sua agenda e foi prestigiar o ato pessebista.

Em suas palavras, o prefeito natalense disse que alí estava para manifestar o seu apoio ao amigo Robinson Faria em seu projeto de chegar ao comando do governo do estado.

"Temos uma amizade de 40 anos, Robinson! E toda decisão que tomarmos em relação às eleições de 2014  o faremos juntos", asseverou Carlos Eduardo.

O PSD foi fundado em 2011 no Rio Grande do Norte e possui 21 prefeitos, 19 vice-prefeitos e 191 vereadores em todas as regiões no Rio Grande do Norte. 



Betinho Rosado toma o PP do grupo do deputado Ricardo Motta


O deputado Betinho Rosado, que se desfiliou do DEM, o fez já com a certeza, via executiva nacional, de que o PP seria o partido “pra chamar de seu”.
E o PP no Rio Grande do Norte já está nas mãos de Betinho, restando saber ainda se o mandato do presidente Rafael Motta será cumprido até abril, ou se o diretório local será destituído.
Coisas a se resolver…
O que ficou resolvido é que o PP é um partido de Betinho, que ontem foi visitar o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta, que junto a alguns deputados, está de malas prontas para o PP, e chegou ao gabinete de Ricardo com a seguinte pergunta:
“Vocês vão para qual partido?”.
Chocou…
Mais ainda porque, logo depois do rompimento do PMDB com o governo, Betinho e o irmão-primeiro-damo do Estado, Carlos Augusto Rosado, sentaram com Ricardo Motta e, diante dos boatos que já existiam, garantiram que o deputado ainda democrata não iria para o PP.

Tomada do PP pode valer o mandato da governadora

A tomada do PP pelo deputado Betinho Rosado, pode ter, para a governadora Rosalba Ciarlini, efeito mais devastador do que o atraso dos salários anunciado ontem pela equipe econômica do governo.
É que o pedido de impeachment da governadora, que começou pelo twitter do deputado Nelter Queiroz (PMDB), pode ganhar corpo na Assembleia Legislativa.

Fonte:  www.thaisagalvao.com.br

CPI do trabalho infantil inicia trabalhos na quarta-feira

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a exploração do trabalho infantil no Brasil vai abrir oficialmente os trabalhos na próxima quarta-feira, 2 com o prazo de 120 dias para apresentação do relatório oficial. O ato de instalação foi assinado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves que convocou 21 deputados federais para fazer parte do grupo na condição de titular e 11 como suplentes.

A CPI foi requisitada pela deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN) desde 2006 e só agora foi instituída através do Requerimento de Instituição de CPI n° 11 de 2012. “Por mais que dados apontem que houve redução do trabalho infantil nos últimos anos, sabemos que essa ainda é uma triste realidade em nosso país. Nossa ação vai ser a de mostrar que em muitos estados crianças trocam os bancos da escola por frentes de trabalho”, enfatiza Sandra Rosado.

 Dados oficiais mostram que, em 2011, 3,7 milhões de crianças e adolescentes de cinco a dezessete anos trabalharam no Brasil em atividades econômicas ilegais.

No ato oficialmente de instalação da CPI do trabalho infantil, que será na próxima quarta-feira, dia 2, às 14h30 no plenário 16 do Anexo II da Câmara dos Deputados, será decidido também o relator e a composição da mesa administrativa.


Sensação é de fim de governo: Rosalba atrasa folha e Estado vai pagar dívida bilionária

Por:  Diógenes Dantas

A sensação é de final de governo. Os rumores de atraso na folha dos servidores estaduais se confirmaram.

Por falta de condições financeiras, a governadora Rosalba Ciarlini foi obrigada a mudar o calendário de pagamento dos vencimentos dos servidores.

Cerca de seis mil servidores, que recebem mais de R$ 3 mil, terão que aguardar até o dia 10 de outubro para ver os proventos nas contas bancárias.

Quem ganha até R$ 3 mil vai receber até 30 deste mês. Os técnicos de Rosalba informaram ontem que os gastos no mês chegaram a R$ 636,8 milhões enquanto que a receita registrou R$ 586,6 milhões. O déficit mensal registrado foi de R$ 50,2 milhões. O governo espera entrar dinheiro para cobrir o rombo com os servidores.

Não adianta vir com essa história de que está pagando os salários de 92% dos servidores e apenas 8% vão ter de esperar. Atrasou. A realidade é que a folha atrasou e há mais de 20 anos os servidores não se deparavam com atrasos na folha de pagamento.

A governadora Rosalba Ciarlini evitou se expor na coletiva à imprensa dada pelos auxiliares, mas pronunciou-se pelo Twitter sobre o atraso na folha dos servidores. Ela disse assim:

"Quem me conhece sabe que nao tomaria medidas radicais, como está ocorrendo em outros estados, com extinção de secretarias e demissões.

Asseguro que a minha equipe financeira e de planejamento está trabalhando intensamente para que essa situação não se repita.

Amanhã daremos uma boa notícia para a área de segurança pública do RN".

Confesso que eu estou na expectativa para esta sexta-feira. Mas antes que o dia terminasse, Rosalba levou outro baque:

O STF tomou ontem uma decisão contra o governo que vai implicar, de acordo com levantamento do próprio governo, em um aumento mensal de R$ 300 milhões na folha de pagamento e uma dívida com servidores de até R$ 100 bilhões.

O julgamento determinou que os funcionários públicos estaduais devem ser ressarcidos de perdas salariais que tiveram quando houve mudança de moedas - de Cruzeiro Real para a Unidade Real de Valor - a URV, lá nos idos de 1994.

A decisão foi por unanimidade. O Tribunal de Justiça já havia determinado a recomposição de 11,98% no salário de uma servidora referente a atrasados da época da URV, com acréscimo de juros e correção. O julgamento tem repercussão em toda federação e foi notícia ontem em todos os telejornais e destaque nos principais portais de notícias do Brasil.

A decisão é extensiva aos demais funcionários estaduais que estavam na folha de pagamento em 1994 e também tiveram prejuízos com a forma de conversão para a unidade monetária adotada na ocasião.

Ou seja, se a coisa estava feia para o caixa do governo,a gora ficou pior ainda. É por essas e outras que há quem diga: estamos vivendo no Rio "Quebrado" do Norte.

Fonte:  www.nominuto.com

Uern consegue mais recursos

Larissa destina mais R$ 670 mil à UernDeputada redirecionou cinco emendas parlamentares à universidade
A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), que completa
45 anos neste sábado, conseguiu mais R$ 670 mil no Orçamento Geral do
Estado (OGE) de 2013, por indicação da deputada estadual Larissa Rosado
(PSB), que redirecionou cinco emendas parlamentares de sua autoria para a
instituição.

A Lei nº 9.648, de 1º de agosto de 2012, que dispõe sobre as diretrizes
orçamentárias de 2013, autoriza remanejamento de verba de emendas, desde
que solicitado pelo autor. E Larissa realocou cinco emendas, indicando R$
550 mil para o campus Mossoró e R$ 120 mil para a recém-aprovada unidade de
Apodi.

A deputada informou a redefinição da verba ao secretário estadual de
Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues, em ofício encaminhado há poucos
dias. A execução agora cabe ao Governo do Estado. "Fizemos a nossa parte,
reservamos mais recursos para a universidade no Orçamento", frisa Larissa.

A destinação dos recursos para Mossoró e Apodi foi sugerida pela própria
Uern, em entendimento iniciado no último dia 9, em audiência, na Reitoria,
com o reitor Milton Marques, reitor eleito Pedro Fernandes, deputada
federal Sandra Rosado, vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, e técnicos
da Uern.

"Esperamos que o Governo do Estado seja mais sensível com a Uern e libere
os R$ 670 que reservamos no Orçamento, ajudando a amenizar as dificuldades
financeiras da universidade", declara Larissa, que continua em diálogo com
a instituição para reservar mais recursos, agora no Orçamento do Estado de
2014.


[image: Imagem inline 2]
Reunião no último dia 9, na Reitoria, definiu indicação

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Governo do Estado se compromete a estudar sugestão de Francisco José Júnior para superlotação no Tarcísio Maia


O Governo do Estado acolheu a sugestão do vereador Francisco José Júnior (PSD) para diminuir o problema de superlotação no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, através de um intercâmbio com o Hospital da Polícia Militar, também na capital do oeste potiguar.

Na última quarta-feira (25), o secretário estadual de saúde pública, Luiz Roberto Fonseca, esteve reunido com a direção do Hospital Tarcísio Maia e anunciou o empenho do governo em celebrar convênio entre a unidade e os hospitais da Polícia Militar e do Hospital da Mulher, visando à ampliação de leitos clínicos de retaguarda, semelhante ao que acontece em Natal, onde os hospitais Onofre Lopes e o da PM servem de apoio ao Walfredo Gurgel.

De acordo com o Diretor Geral do HRTM, Eider Medeiros, “a alta demanda da unidade, superior à sua capacidade de atendimento é ocasionada pelo grande número de pacientes oriundos de outros municípios, que chegam sem serem referenciados, dificultando a resposta do hospital”. Segundo ele, no último mês de agosto, o HRTM realizou em torno de 35 mil atendimentos, um número bem acima para o que foi projetado.

Na semana passada, o vereador Francisco José Júnior utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Mossoró para apresentar essa mesma sugestão ao Governo do Estado, após uma visita ao Hospital da Polícia. “Fico muito feliz em saber que minha sugestão foi acatada. Hoje o Hospital Tarcísio Maia serve para tudo. Uma forma de desobstruir o hospital é através de uma parceria como essa, o que iria aumentar o número de leitos na nossa cidade”, afirmou Francisco José Júnior.

Até o momento, não há previsão para que esse convênio seja realizado, mas o secretário garantiu que em breve, começarão os estudos para que os hospitais passem a receber os pacientes que antes eram encaminhados somente para o Hospital Tarcísio Maia.

CPI do trabalho infantil inicia trabalhos na quarta-feira

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a exploração do trabalho infantil no Brasil vai abrir oficialmente os trabalhos na próxima quarta-feira, 2 com o prazo de 120 dias para apresentação do relatório oficial. O ato de instalação foi assinado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves que convocou 21 deputados federais para fazer parte do grupo na condição de titular e 11 como suplentes.

A CPI foi requisitada pela deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN) desde 2006 e só agora foi instituída através do Requerimento de Instituição de CPI n° 11 de 2012. “Por mais que dados apontem que houve redução do trabalho infantil nos últimos anos, sabemos que essa ainda é uma triste realidade em nosso país. Nossa ação vai ser a de mostrar que em muitos estados crianças trocam os bancos da escola por frentes de trabalho”, enfatiza Sandra Rosado.

 Dados oficiais mostram que, em 2011, 3,7 milhões de crianças e adolescentes de cinco a dezessete anos trabalharam no Brasil em atividades econômicas ilegais.

No ato oficialmente de instalação da CPI do trabalho infantil, que será na próxima quarta-feira, dia 2, às 14h30 no plenário 16 do Anexo II da Câmara dos Deputados, será decidido também o relator e a composição da mesa administrativa.

Museu do Petróleo reabre com recursos de acessibilidade


A apresentação musical do grupo de violão do Programa de Criança da Petrobras Mossoró marcou a reabertura do Museu do Petróleo de Mossoró, na noite desta quarta-feira, 25. 
As crianças assistidas pelo projeto social da Petrobras dedilharam nos violões músicas consagradas da MPB e finalizaram a apresentação com o Hino Nacional brasileiro. O museu, dedicado a contar a história da Petrobras no Brasil e em Mossoró, continua localizado no prédio da Estação das Artes Elizeu Ventania, na Avenida Rio Branco.

A retomada das atividades do Museu é fruto da parceria entre a Petrobras e Prefeitura Municipal de Mossoró. O secretário municipal da Cultura, Gustavo Rosado, que representou a prefeita Cláudia Regina na solenidade, agradeceu a parceria e destacou a importância da estatal para a cidade. 
“A noite de hoje é muito importante para a cultura do município. Estamos reabrindo um equipamento que presta um serviço de conhecimento e de cultura ao nosso povo. A reabertura deste museu se deve ao compromisso que a Petrobras tem com o nosso município e prova que está alinhado ao nosso projeto de desenvolvimento, fundamentado na educação e na promoção da cultura. O museu está reaberto e a disposição dos nossos alunos, pesquisadores e visitantes”, enfatizou.

No período em que esteve fechado, o prédio passou por reformulações nos seus painéis de exposição e também em sua estrutura física. De acordo com Gustavo Rosado, as reformas adotaram novos projetos arquitetônicos que obedecem as normas de acessibilidade. 
“No geral, o museu não mudou muito. As principais novidades são a nova entrada que agora está na frente da Estação das Artes, o novo painel de exposição no interior do museu que é em 3D e a arquitetura acessível. Precisamos democratizar o acesso aos equipamentos de cultura a todas as pessoas e, pensando nisso, reformamos o museu para universalizar seus acessos de entrada sem esquecer as saídas de emergência”, informou.

O Museu do Petróleo de Mossoró integra o Corredor Cultural da Avenida Rio Branco e foi fundado em 29 de setembro de 1999. O local dispõe de uma exposição permanente e autoexplicativa que conta a história da descoberta do petróleo e da Petrobras no Brasil e mostra todas as fases de exploração, produção, transporte e refino do produto. 
Luiz Ferradans, Gerente Geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Petrobras no Rio Grande do Norte e Ceará, também esteve presente ao evento e citou a importância de tornar acessível à população a história da Petrobras e mostrar as etapas de exploração do produto. 

“Estamos realmente felizes com a reabertura desse espaço, dedicado ao conhecimento, a pesquisa, a cultura e ao entretenimento. É importante possibilitarmos a exposição desse aspecto da ciência aplicada na exploração do petróleo para que a população tome conhecimento do que é feito em seu município. O mossoroense também precisa conhecer a importância que sua terra tem para a Petrobras. E essa relevância é retratada quando a Petrobras, em parceria com o município, entrega ao seu povo este museu”, finalizou.

Larissa alerta para prejuízos a pacientes de câncer


Deputada, em pronunciamento hoje, pede retomada de cirurgias oncológicas em Mossoró
           
                                   
     A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) fez apelo, hoje (26), para que a Prefeitura de Mossoró atualize repasses ao Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró, para retomada das cirurgias de câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS), paralisadas há dois dias.
Em discurso na sessão plenária desta quinta-feira, a parlamentar alertou que dezenas de pacientes são prejudicadas por dia e que cerca de 120 cirurgias poderão deixar de ser realizadas por semana. “É uma situação muito grave e que requer solução urgente”, advertiu.
Segundo ela, Mossoró tem gestão plena na Saúde, e que cabe à Prefeitura quitar a dívida e permitir a retomada das cirurgias. “O Ministério Público precisa intermediar uma solução, porque são centenas de vidas que estão sendo prejudicadas", alertou.
Segundo o Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró, a dívida é de cerca de R$ 700 mil, e os cirurgiões foram levados a suspender as cirurgias não por represália à Prefeitura de Mossoró, mas pela impossibilidade de continuar trabalhando sem receber.
Imagem inline 1
Larissa no plenário da Assembleia: saúde em pauta

 
Soluções para falta de professores e de água

Também na sessão de hoje (26) da Assembleia Legislativa, a deputada Larissa requereu regularização da escala de professores da Escola Estadual Francisco Antônio de Medeiros, no bairro Belo Horizonte, em Mossoró, prejudicada há mais de dois meses
“Cinco componentes curriculares estão sendo negligenciados, não existe professor de Biologia, Sociologia, Química, História e Física. O aprendizado está comprometido”, lamenta Larissa, presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa.
A deputada requereu ainda solução urgente para a falta de água em Pau dos Ferros e Moção de Apoio da Assembleia Legislativa ao Projeto de Lei nº 6.164 de 2013, da deputada federal Sandra Rosado (PSB), que denomina Mossoró Capital do Semiárido.

Câmara homenageia 45 anos da UERN

Sessão Solene entregou diversas honrarias a membros da instituição


A Câmara Municipal realizou, nesta quinta (26), Sessão Solene em Homenagem aos 45 anos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A Sessão atendeu à proposição do vereador Francisco Carlos (PV).

O evento contou com a presença do atual reitor da UERN, Milton Marques De Medeiros, bem como de seu reitor nomeado, Pedro Fernandes Medeiros Neto e do docente Humberto Henrique Costa Fernandes do Rêgo, homenageado com o título de cidadão mossoroense. Também compareceram alunos e professores da instituição, representantes da OAB, familiares e amigos, além da imprensa local.

O vereador Professor Francisco Carlos designou a Sessão Solene como uma homenagem “muito mais do que justa”, segundo disse, a qual serviu também para apoiar a luta pela “ampliação dos horizontes” da UERN. Para o edil, a Universidade necessita da ampliação das condições de financiamento externo, seja por meio do governo federal, seja a partir de orgãos de fomento. Para Francisco Carlos, as verbas recebidas pela UERN equivalem, em média, a um valor mensal de cerca de R$ 2.000 por aluno, montante menor do que se gasta, por exemplo, com apenados no país. O vereador afirmou que a demanda é ainda maior devido ao alto desempenho da Universidade, que conta atualmente com um alto nível de titulação em pós-graduação por parte de seu corpo docente, além de oferecer 32 cursos de graduação e 9 de pós graduação, contando com avaliações amplamente positivas nos exames nacionais de avaliação acadêmica.

Na cerimônia foram entregues as seguintes honrarias: Diploma de Reconhecimento da Câmara Municipal de Mossoró ao Professor Milton Marques de Medeiros; Medalha do Mérito Educacional "Professor Solon Moura" ao Professor Pedro Fernandes Ribeiro Neto e Título de Cidadão Mossoroense ao Professor Humberto Henrique Costa Fernandes do Rêgo.

Bill Gates sobre o Ctrl + Alt + Del: “foi um erro”

Segundo o co-fundador da Microsoft, o atalho para habilitar a tela de logon deveria ter sido um botão próprio no teclado


Reprodução
Reprodução
Nos primórdios do Windows, para fazer logon era exibida uma combinação de teclas: o famigerado Ctrl + Alt + Del. Décadas depois da introdução do comando no sistema desktop mais usado do mundo, Bill Gates, co-fundador da Microsoft, disse em público que essa ideia foi ruim.
Em uma entrevista para uma campanha de arrecadação de fundos em Harvard, Gates disse que o mecanismo foi criado para evitar que outros aplicativos se passassem pela tela de logon e roubassem as credenciais do usuário.
Embora a maioria talvez conheça o Ctrl + Alt + Del como um atalho para o Gerenciador de Tarefas, em sistemas antigos (NT 4.0, por exemplo) ele servia para habilitar a tela de logon. Até hoje o Windows guarda resquícios dessa época, embora não mais como padrão.
Era uma preocupação válida para a época, e justificava essa etapa extra para ter acesso ao sistema, mas por que três botões? De acordo com Gates, porque a IBM, que na época reinava nos computadores e definia padrões, não quis dedicar um botão exclusivo no layout do seu teclado para essa ação. Disse Gates:
“Foi um erro. Poderíamos ter apenas um botão, mas o cara que fez o projeto do teclado IBM não quis nos dar esse único botão.”
Um dos “caras que fizeram o projeto” se chama David Bradley. Não faz muito tempo, ele disse que apesar de ter inventado a combinação Ctrl + Alt + Del, originalmente destinada a reiniciar o sistema, foi Gates quem a tornou famosa.
Ainda hoje se fala em Ctrl + Alt + Del para matar processos, mas desde o Windows Vista esse atalho abre um menu de ações rápidas, dentre as quais se encontra o Gerenciador de Tarefas. Uma outra combinação, Ctrl + Shift + Esc, dá acesso direto a ele.

*Fonte: MSN

STF mantém decisão do TJ e 70% devem retornar ao trabalho


STF mantém decisão do TJ e 70% devem retornar ao trabalho

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento à reclamação interposta pelo Sindicado dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol). A entidade ingressou com pedido para reformar decisões proferidas pelo relator da Ação Cível Originária nº 2013. 014425-4, desembargador Claudio Santos, nos dias 29 de agosto e 3 de setembro. Nelas, o magistrado de segunda instância determinou que o Sinpol garantisse percentual mínimo de 70% de agentes, escrivães e funcionários do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) trabalhando enquanto durasse a greve da categoria, iniciada em 6 de agosto.


Celso de Mello negou seguimento à reclamação, ontem (24), julgando prejudicada a liminar requerida. Ainda é aguardada a publicação da decisão com o inteiro teor do posicionamento do relator. Segundo o TJRN, o STF ao apreciar outra outra reclamação, a nº 6568, definiu que a Polícias Civil não têm direito à greve.


A decisão sai um dia depois de reunião que o Sinpol/RN teve com o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, em Brasília. O encontro, segundo a diretoria do Sinpol, ocorreu para tratar desse recurso julgado ontem. A assessoria jurídica do Sindicato ainda tem três recursos em trâmite no Tribunal de Justiça do RN. O mais recente é o pedido de “exceção de suspeição” do desembargador Cláudio de Amorim Santos, no processo em que o magistrado atua como relator e decidiu pelo corte nos salários dos agentes e escrivães de Polícia Civil, faltosos ao trabalho.

Senado aprova regulamentação da profissão de vaqueiro


Senado aprova regulamentação da profissão de vaqueiro

O Plenário do Senado Federal aprovou nesta terça-feira (24/9), o PLC (Projeto de Lei da Câmara dos Deputados) 83/2011, que reconhece e regulamenta a profissão de vaqueiro. A proposta contou com o apoio dos líderes partidários e do presidente do Senado, Renan Calheiros. Como não foi feita nenhuma alteração, a proposta segue para a sanção presidencial.


De autoria dos ex-deputados Edigar Mão Branca e Edson Duarte, o projeto aprovado prevê que a contratação dos serviços de vaqueiro é de responsabilidade do administrador – proprietário ou não – do estabelecimento agropecuário de exploração de animais de grande e médio porte, de pecuária de leite, de corte e de criação.



Pelo texto, são atribuições do vaqueiro, entre outras atividades, alimentar os animais; realizar a ordenha; treinar e preparar animais para eventos culturais e socioesportivos com a garantia de que não sejam submetidos a atos de violência; e, sob a orientação de veterinários e técnicos qualificados, auxiliar com os cuidados necessários à reprodução das espécies.



Mais cedo, o presidente do Senado recebeu uma comitiva de vaqueiros de vários estados, entre eles Alagoas, Bahia, Pernambuco e Piauí. Diversos vaqueiros ocuparam a galeria do Plenário para acompanhar a votação do projeto.



Falando em nome da categoria, Márcio Lúcio, trabalhador da Fazenda Reserva, localizada no município de Jaramataia (AL), avaliou que a aprovação da proposta beneficiará muito os vaqueiros de todo o país, sobretudo pela exigência, incluída no texto, de contratação pelo empregador de um seguro de vida para proteger esses profissionais.



“Nós temos família e caso venhamos sofrer alguma acidente,  sem ter nenhum tipo de seguro, ficamos desprotegidos. Conheço muitos casos, por exemplo, de vaqueiros que ficaram cegos e deixaram as famílias desamparadas sem ter o que comer”, declarou Márcio Lúcio.



Segundo a proposta, é obrigatória a inclusão de seguro de vida e de acidentes em favor do vaqueiro nos contratos de serviço ou de emprego. Tal seguro deve compreender indenizações por morte ou invalidez permanente, bem como ressarcimento de despesas médicas e hospitalares decorrentes de eventuais acidentes ou doenças profissionais que o vaqueiro sofrer durante sua jornada de trabalho, independentemente da duração da eventual internação, dos medicamentos e das terapias que assim se fizerem necessários.

Presidente da Câmara de Baraúna, Tértulo Alves (PMN), assume como prefeito em exercício do município

Marcada para às 8h30 desta quinta-feira a posse do presidente da Cãmara de Baraúna, Tértulo Alves (PMN) como prefeito em exercício do município.

Ontém, 25, o juiz de Mossoró, Herval Sampaio, cassou o prefeito Isoares Martins (PR) e determinou o afastamento dele do cargo.
 
O vice-presidente da Câmara, vereador José Carlos (PMDB), é quem dá posse a Tértulo na Prefeitura.

Juiz Herval Sampaio Júnior cassa o prefeito de Baraúna, Isoraes Martins

Por: Bruno Barreto

O juiz da 33ª Zona Eleitoral, Herval Sampaio Júnior, cassou o prefeito de Baraúna, Isoraes Martins (PR), por captação ilícita de votos e abuso de poder econômico. Na segunda-feira,ele já tivera cassação mantida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), motivada por outro processo.


Por conta da compra de votos, Isoares será imediatamente afastado do cargo, mesmo com a decisão em primeira instância, conforme prevê a Legislação Eleitoral. Ele só conseguirá voltar ao cargo por meio de liminar no TRE.
 

Hoje, 26, o presidente da Câmara Municipal, Tértulo Alves, “Tertinho” (PMN), será notificado da decisão e já estará habilitado para tomar posse, porque a segunda colocada na eleição de 2012, Luciana Oliveira (PMDB), também está cassada em primeira instância e não restabeleceu os direitos políticos por meio de liminar no TRE.

 * Fonte: O Mossoroense

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Clubes de Futebol de Mossoró buscam apoio da Câmara

                      Times querem apoio dos edis para pleitearem junto à prefeitura maiores verbas

Representantes dos maiores clubes de futebol de Mossoró, Potiguar e Baraúnas, reuniram-se, nesta quarta (25), com os vereadores da cidade. Os dirigentes pleiteam o apoio dos vereadores para que estes possam interceder junto à prefeitura em favor do acréscimo da verba pública recebida pelos clubes, hoje em torno de R$ 150.000 anuais. Estes valores, segundo os representantes dos times, está bastante aquém do recebido por equipes de outros estados, como ocorre na Paraíba.
Os edis presentes na reunião prontificaram-se a apoiar a causa, entendendo que a importância dos clubes justifica o recebimento de maiores verbas públicas em razão da representatividade do futebol mossoroense, bem como de seu papel de estímulo às práticas esportivas, que tendem a afastar a juventude da violência das ruas. A próxima etapa da ação da Câmara no apoio aos clubes da cidade consistirá da busca por uma reunião com a prefeita Cláudia Regina para, junto com os clubes, discutir medidas para acrescer a verba destinada aos maiores times da cidade. Dentre as possibilidades levantadas pelos vereadores, está a de utilizar recursos municipais de publicidade para patrocinar Baraúnas e Potiguar.

Mossoró realiza a 1ª Pedalada Turística



No próximo domingo, 29, Mossoró realizará sua 1ª Pedalada Turística “Mossoró Eu Amo, Eu Cuido”. O evento tem a coordenação de Alex Polary, empresário e ciclista, e tem o incentivo da Prefeitura Municipal de Mossoró. Para participar é preciso realizar a inscrição que teve início no dia 02 e encerra no próximo sábado, 28.
A inscrição é realizada no Supermercado Rebouças, Centro, e é gratuita, mas os primeiros 1000 ciclistas que doarem alimentos não perecíveis ou doarem sangue ganharão camisas personalizadas. “Não estamos cobrando absolutamente nada no ato da inscrição. É um evento voltado para despertar o ciclismo na cidade e estamos nessa primeira edição privilegiando os pontos turísticos de nossa cidade. Será um passeio agradável e divertido. Entretanto estamos contando com o espírito solidário de nossa gente. Estamos solicitando doações de alimentos não perecíveis para serem doados ao projeto Desafio Jovem e para o abrigo Amantino Câmara. Além disso, estamos reforçando a campanha de doação de sangue ao Hemocentro”, disse.

A inscrição possibilitará ao participante concorrer a um sorteio que terá muitos brindes. Três bicicletas Mountain Bike serão sorteadas, uma masculina, uma feminina e outra infantil. Segundo Polary o evento será realizado com o apoio de patrocinadores e do incentivo da Prefeitura de Mossoró. “Desde já agradecemos aos patrocinadores que acreditam no evento e principalmente a prefeita Cláudia Regina que está oferecendo as condições logísticas para a realização do evento. A prefeita possui essa sensibilidade para a promoção do esporte na cidade e acreditamos que a população irá participar dessa atividade como tem acontecido com o projeto Viva a Rio Branco”, afirmou.
 
O Percurso será na zona urbana do município e terá um percurso de 9 km para que todos possam ir com sua famílias. A concentração será no Memorial da Resistência às 15h e tem previsão para início às 16h. O roteiro da pedalada passa pela Avenida Rio Branco, Avenida Leste Oeste, Avenida Jerônimo Rodado, Rua Idalino de Oliveira, Avenida Augusto Severo, Avenida Alberto Maranhão, Rua Coelho Neto e termina na Avenida Rio Branco, no ponto de partida.

Élder Heronildes recebe Homenagem da CMM pelos 25 anos da Academia Mossoroense de Letras

O presidente da AMOL recebeu Medalha de Reconhecimento

A Câmara Municipal de Mossoró realizou, nesta quarta (25), Sessão Solene em Homenagem aos 25 anos da Academia Mossoroense de Letras (AMOL). A Sessão foi realizada a partir de proposição do vereador Vingt-Un Neto (PSB), que, na abertura do evento, assumiu entender a entidade homenageada como de grande relevância. Por essa razão, o edil entende que a AMOL deve receber, dentre outros apoios públicos, uma sede própria na cidade.

A Câmara Municipal entregou a Medalha de Reconhecimento da Câmara Municipal de Mossoró ao presidente da AMOL , Senhor Elder Heronildes da Silva. Emocionado, o presidente da AMOL agradeceu o reconhecimento da Câmara de Mossoró e, em especial, do edil Vingt-Um Rosado, confessando também ter sido tocado pela homenagem, sobre a qual afirmou ter tocado o coração de todos. Para o Senhor Elder Heronildes, a medalha recebida tratou-se de uma “homenagem que é menos para mim e para nós, mas para aqueles que um dia resolveram insituir essa entidade de prestação de grandes serviços no campo da intelectualidade, da cultura”, segundo disse. O presidente da AMOL ressaltou o importante papel da entidade, destacando a qualidade de sua produção literária. A posição foi ressaltada pelo vereador Professor Francisco Carlos (PV), que qualificou a cidade de Mossoró como privilegiada por sua produção intelectual artística e científica.

Homenagem – Amanhã a Câmara Municipal realiza Sessão Solene em Homenagem aos 45 anos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atendendo proposição do vereador Francisco Carlos.

Na oportunidade serão entregues as seguintes honrarias: Diploma de Reconhecimento da Câmara Municipal de Mossoró ao Professor Milton Marques de Medeiros; Medalha do Mérito Educacional "Professor Solon Moura" ao Professor Pedro Fernandes Ribeiro Neto e Título de Cidadão Mossoroense ao Professor Humberto Henrique Costa Fernandes do Rêgo. A Sessão Solene em homenagem ao aniversário da UERN será realizada na quinta-feira (26), às 10h, no Plenário da Câmara.

Vereadores levam informações da CAIXA sobre casas ao Tranquilim

Os vereadores  Genivan Vale (PR), Thomáz Neto (PDT) e Soldado Jadson (PTdoB) estiveram em reunião com moradores do Tranquilim realizada no último dia17/09, onde foi exibido vídeo com o gerente geral da Caixa Econômica Federal (CEF), em Mossoró, Aldemir de Souza em que ele explica a verdadeira situação da construção de casas para a comunidade.
O vídeo foi gravado na sede da Caixa em Mossoró com a presença de representantes da comunidade em que o gerente afirma não ter culpa do atraso na construção das casas. Na ocasião a Caixa e vereadores contactaram representante do governo municipal que por telefone assegurou que até o dia 20 de outubro as obras vão ser iniciadas.
“Já tentaram colocar a  comunidade contra os vereadores da oposição, espalharam que nós seríamos contra ou que estaríamos impedindo a construção das casas e fomos à comunidade mostrar a verdade e reiterar o nosso apoio, nos colocarmos à disposição dos moradores do Tranquilim na luta por esse  e por outros pleitos de interesse coletivo”, ressalta Genivan.
(Fotos: Daniel Zumba)

Os insaciALVES

O s Alves merecem respeito por uma longa história de presença na política do Rio Grande do Norte e do Brasil, mas também precisam entender que precisam respeitar as pessoas, os partidos, o povo do Rio Grande do Norte. E por que não dizer? Respeitar a lógica da política. Nos tempos de Aluísio Alves a política tinha lado e lógica. A lógica dele, mas tinha. Hoje, o negócio avacalhou com Henrique e Garibaldi querendo servir a Deus e ao diabo e servir-se do diabo, de Deus e dos evangelhos apócrifos. Já não lhes basta a condenável postura de “ficar montado no boi e mamando na vaca?”. Agora querem o boi, a vaca, o cavalo e a cocheira, além de puxar os vaqueiros pela focinheira. Está passando dos limites a falta de limites dos primos ricos da política potiguar. Os Alves já têm dois senadores. Pai e filho, sendo que um deles é ministro de uma das mais poderosas pastas da República. Os Alves já têm um deputado federal que, de quebra, é presidente da Câmara Federal, cargo que lhe dá a presidência do Congresso e a segunda vice-presidência da República, com direito à presidência pelo menos em momentos fortuitos, mas suficientes para uma “mombacices” como o uso de avião militar para assistir jogo de futebol “in family”. Os Alves têm três deputados estaduais, sendo Agnelo Alves, José Dias e Walter Alves. Os Alves têm a Prefeitura da capital. O município “maior de todos”, mas também querem abocanhar “dedo mindinho e seu vizinho, fura-bolo e cata piolho...” Garibaldi apoiou Rosalba e Henrique apoiou Iberê. Garibaldi jogou pesado e Henrique fez corpo mole. E assim os aliados do PT em âmbito nacional entregaram o Rio Grande Norte para ser o último refúgio do DEM. Na eleição anterior, Garibaldi tinha feito corpo mole na campanha de Fátima Bezerra para entregar Natal a Micarla. Agora vêm lamentar o caos potiguar, mas até o reino mineral sabe que o caos nasceu do abismo que, parafraseando Cartola, os dois “cavaram aos nossos pés”, dando uma forcinha para Fátima perder, oportunizando assim a vitória de Micarla e um elegendo Rosalba e os dois segurando as alças do ataúde do governo para ele se sustentar por fora da sepultura aberta. Agora, desrespeitando a todos que o querem como candidato a governador, Garibaldi chega em Mossoró e avisa que o PMDB, leia-se os Alves, têm nome ao Governo do Estado. E indica Waltinho, seu filho. Um bom rapaz, um deputado de mandato considerável, mas nem de longe um político com dimensão estadual e experiência para governar um Estado que vai ser recebido em clima de fim de feira, com falência decretada em atestado de óbito pré-datado. É querer demais dos aliados. Querer que todos saiam das patas à Tromba do Elefante, dizendo: “Em nome do pai, votem no filho, com as graças do Espírito Santo”. Ao resto, os restos. Mas os restos não passam de migalhas no bolo do poder potiguar. Não acredito que o PT que “tanto fez e eles dizem que tanto faz...”, aceite isto. Talvez venha alguma imposição de cima para baixo, o famoso trator, como foi no apoio da cúpula a Inácio Arruda em 2004, em Fortaleza, que terminou em derrota para Luyzianne Lins; como o apoio a Roseana Sarney em 2002 que perdeu para Jackson Lago e o apoio imposto a Larissa em Mossoró, que terminou, sem apoio das bases locais, dando a última chance ao DEM de permanecer no Palácio da Resistência. Aprendi com Lula que “o poder é como a felicidade; quanto mais se divide mais se tem. Quanto mais concentra mais se perde”. Alve-se quem puder desta gulodice sem limites que quer dar aos Alves apenas tudo. 

* Crispiniano Neto