BANNER 1


O deputado Betinho Rosado, que se desfiliou do DEM, o fez já com a certeza, via executiva nacional, de que o PP seria o partido “pra chamar de seu”.
E o PP no Rio Grande do Norte já está nas mãos de Betinho, restando saber ainda se o mandato do presidente Rafael Motta será cumprido até abril, ou se o diretório local será destituído.
Coisas a se resolver…
O que ficou resolvido é que o PP é um partido de Betinho, que ontem foi visitar o presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta, que junto a alguns deputados, está de malas prontas para o PP, e chegou ao gabinete de Ricardo com a seguinte pergunta:
“Vocês vão para qual partido?”.
Chocou…
Mais ainda porque, logo depois do rompimento do PMDB com o governo, Betinho e o irmão-primeiro-damo do Estado, Carlos Augusto Rosado, sentaram com Ricardo Motta e, diante dos boatos que já existiam, garantiram que o deputado ainda democrata não iria para o PP.

Tomada do PP pode valer o mandato da governadora

A tomada do PP pelo deputado Betinho Rosado, pode ter, para a governadora Rosalba Ciarlini, efeito mais devastador do que o atraso dos salários anunciado ontem pela equipe econômica do governo.
É que o pedido de impeachment da governadora, que começou pelo twitter do deputado Nelter Queiroz (PMDB), pode ganhar corpo na Assembleia Legislativa.

Fonte:  www.thaisagalvao.com.br

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem