sábado, 31 de janeiro de 2015

49 MILHÕES JÁ CONVIVEM COM A SECA. SEM CHUVAS, RACIONAMENTO DE ENERGIA É CERTO.

*ELVIRO REBOUÇAS
ECONOMISTA E EMPRESÁRIO

A seca que castiga o Sudeste e o Nordeste já prejudica a vida de 48,9 milhões de pessoas e leva as três maiores regiões metropolitanas do país a conviver com o risco iminente de racionamento, Estudei esta semana o problema, sob dados oficiais da ANA – Agência Nacional de Água. Há 936 municípios em estado de emergência devido à estiagem, que também pode afetar a produção industrial e a geração de energia. Quase um quarto da população brasileira já está sofrendo os efeitos da seca neste início de ano em todo o país. Levantamento feito pelo jornal carioca, com base em informações de comitês de bacias hidrográficas e governos estaduais mostra que ao menos 48,8 milhões de pessoas vivem em regiões em que os níveis dos reservatórios estão abaixo do normal e a quantidade de chuvas é menor que a média histórica. A falta d´água já tem causado, em estados do Sudeste e do Nordeste do país, racionamento de áreas urbanas, redução na irrigação de propriedades rurais e cancelamento na navegação. Caso se prolongue, a estiagem ameaça a geração de energia nas hidrelétricas e a produção industrial, segundo especialistas. Ao longo de 2014, a seca levou 1.265 municípios de 13 estados do Nordeste e do Sudeste a decretarem situação de emergência, de acordo com o Ministério da Integração Nacional – hoje, 936 cidades estão nessa situação. O procedimento, geralmente adotado por cidades pequenas e médias, autoriza os gestores públicos a pedir recursos federais para ações de socorro e serviços emergenciais. O número de municípios que sofrem impactos causados pela seca, porém, pode ser maior, já que nem todos recorrem ao expediente. No estado de São Paulo, onde ao menos 64 cidades estão sofrendo problemas relacionados à estiagem, só três tiveram o pedido de situação de emergência reconhecido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

RN – NOSSA  SITUAÇÃO É PREOCUPANTE – Com relação à condição hídrica do Rio Grande do Norte, pelos dados oficiais da Emparn, prevalece uma alta deficiência no armazenamento de água nos principais reservatórios do nosso semiárido, com algumas regiões em situação próximo ao colapso total no abastecimento, caso das Microrregiões do Seridó Ocidental e Oriental, Borborema Potiguar e Alto Oeste. Na mesorregião do Seridó (Caicó, Currais Novos, Acarí, Parelhas) a situação é dramática, já faltando água para a população beber. O quadro é preocupante também no Oeste potiguar, sendo Pau dos Ferros, São Francisco do Oeste, Luiz Gomes, Tenente Ananias e Antonio Martins os municípios ameaçados. Já os maiores reservatórios do Estado (Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, Santa Cruz e Umari) apresentam uma situação volumétrica que varia de 30 a 33% dos seus volumes máximos, agora em janeiro. Não havendo inverno este ano, com a elevada evaporação, mesmo com a utilização controlada do precioso líquido, significa dizer que há uma zona de relativo conforto. Em recente reunião realizada em Fortaleza, sob os auspícios da FUNCEME, foram apresentados os parâmetros atmosféricos que influenciam diretamente na ocorrência de chuvas na região, com destaque a condição de temperatura das águas superficiais dos oceanos Atlântico e Pacífico. Essa variável, pelo lado do Oceano Atlântico apresentou durante o mês de dezembro passado uma condição ainda desfavorável, uma vez que na bacia tropical sul as águas superficiais apresentaram anomalias negativas, isto é, águas mais frias do que o normal, enquanto que na bacia tropical norte deste oceano as águas estiveram um pouco mais aquecidas do que o normal, comportamento esse desfavorável para o deslocamento da Zona de Convergência Intertropical (Principal Sistema Meteorológico causador das chuvas no Nordeste Brasileiro no período de fevereiro a maio), para posições mais próximas do Nordeste. Outro comportamento não favorável a ocorrência de chuvas de modo satisfatório na região Nordeste para os próximos meses foi a condição térmica apresentada pelas águas superficiais do Oceano Pacífico que, mesmo apresentado uma redução na anomalia ainda estiveram mais quentes do que o normal .

BRASIL É O PAÍS MAIS PERDULÁRIO EM ÁGUA- Além de chuvas necessitamos de bom senso e respeito. Perdemos no Brasil cerca de 37% da água tratada, segundo relatório feito com base em dados de 2013 publicado pelo  Sistema Nacional de Informações do Ministério das Cidades. O desperdício é causado por vazamentos nos canos de distribuição, defeitos na rede, fraudes e ligações clandestinas. A narrativa  também mostrou que o brasileiro gasta, em média, 166,3 litros de água por dia, acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde: 110 litros. Os estados que mais desperdiçam água potável são os da Região Norte: Amapá, com 76,5%, e Roraima, 59,7%. Estados do Nordeste, que são afetados pela seca, também aparecem na lista: Sergipe perde 59,3% e no nosso sofrido e tórrido Rio Grande do Norte, 55,3%. As menores perdas em 2013 foram registradas em Goiás (28,8%) e no Distrito Federal (27,3%). Em São Paulo, a Sabesp informou que seu índice de perda foi de 31,2% em 2013, menos que os 34,3% que aparecem no relatório do Ministério das Cidades. Segundo a companhia de saneamento paulista, a perda com vazamentos em 2014 foi de 19,5% do volume produzido. Na Inglaterra, a média é menos de 20% de perda nos canos. No Japão, a taxa é de apenas 3%. O Ano de 2015 começou ruim para o Brasil, mas, infelizmente, ele deve piorar ainda. Para enfrentar a crise, os governos devem mostrar a gravidade da situação com a maior transparência possível para a população, além de investir na redução de consumo e do desperdício e em campanhas educativas. A primeira coisa que a gente pensa quando fala de crise hídrica é o consumo humano. Mas a falta d´água não afeta só o abastecimento, mas também a economia, a produção de energia, a produção de alimentos, as indústrias que utilizam a água como insumo. Até a saúde humana é afetada numa situação como essa. A quantidade da água se altera consideravelmente em níveis mais baixos.
.

CEARÁ: MESMO COM O CASTANHÃO, SECA ATINGE 5,5 MILHÕES – No Ceará, com reservatórios de porte, onde a construção do açude Castanhão pontificou como o de maior capacidade de armazenamento com de 6,700 bilhões de  m³, o que o coloca como o maior açude para múltiplos usos da América Latina. Sozinho, ele tem 37% de toda a capacidade de armazenamento dos 8.000 reservatórios cearenses. A seca afeta 5,5 milhões de vizinhos nossos, 176 das 184 cidades do estado decretaram emergência. Os estados do Nordeste já  convivem seguidamente com os efeitos da crise desde 2012. O comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, estima que 19 milhões de pessoas estejam sendo afetadas na região abastecidas pelo rio em Pernambuco, Bahia, Sergipe, Alagoas e norte de Minas Gerais. O reservatório de Três Marias terminou a semana com 10,23% da sua capacidade, o que levou o comitê a questionar as regras para geração de energia na barragem. Além disso, a navegação e a pesca em muitos pontos do Velho Chico foram comprometidas. No Sudeste, a gravidade da situação ficou mais em evidência neste mês, já que o início do verão não trouxe as chuvas necessárias para recuperar os reservatórios. Como resultado, as três maiores regiões metropolitanas do país convivem com a possibilidade iminente de desabastecimento. Embora o governo do Rio negue o risco de racionamento, o volume morto do reservatório Paraibuna, o maior da bacia do Paraíba do Sul, que abastece a Região Metropolitana, está sendo utilizado pela primeira vez desde sua criação, nos anos 1970. O sistema Paraopeba, que abastece a grande Belo Horizonte, pode secar em três meses, segundo a Companhia de Saneamento do Estado de Minas Gerais, afetando cerca de 2,5 milhões de pessoas. Na divisa com o Espírito Santo, o problema é no Rio Doce. Em Governador Valadares a vazão do rio está dez vezes mais baixa do que o esperado para esta época do ano – Caiu dos habituais 1.090 metros cúbicos por segundo para 110.  Fica o dito popular: “Na seca conhecem-se as boas fontes e na dificuldade os bons amigos”.

Robinson Faria suspende ajuda para qualquer evento do carnaval no interior

Oito cidades estão em situação de colapso no abastecimento de água e outras 44,principalmente nas regiões Oeste e Seridó, em estado de alerta

O governador Robinson Faria reuniu os secretárias das áreas de meio ambiente e recursos hídricos, no começo da tarde desta sexta-feira (30), a fim de estabelecer um plano emergencial de combate à seca, que o próprio chefe do Poder Executivo definiu como de “curto prazo”. De início, Robinson Faria afirmou que este ano o governo não vai passar recursos financeiros para ajudar o Carnaval no interior, como tradicionalmente pleiteiam os municípios, nem mesmo através a Fundação José Augusto (FJA): “? uma medida amarga, que temos de enfrentar, vamos dar prioridade ao combate à seca”.

Robinson Faria reuniu os secretários para estabelecer um plano emergencial de combate à seca 

Robinson Faria foi informado na reunião com auxiliares de primeiro escalão e também com a direção da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), que existem oito cidades em situação de colapso no abastecimento de água e outras 44, principalmente nas regiões Oeste e Seridó, em situação de alerta. 

Para minimizar esse quadro de escassez de água, o governador garantiu, ainda, que emergencialmente, o governo vai instalar 1.700 poços tubulares que já estão perfurados, mas faltam ser equipados, bem como irá retomar as obras da adutora do Alto Oeste, que deverá abastecer 28 cidades da Região Oeste a partir da barragem de Umari, em Upanema. 

Segundo o governador, o Estado ainda precisa pagar uma contrapartida de R$ 5 milhões devidos à construtora EIT para a retomada das obras da adutora do Alto Oeste, que está faltando apenas 7% para a conclusão das obras. 

“Com isso iremos resolver a situação de dificuldade de abastecimento de água no Oeste”, continuou, principalmente para minimizar os efeitos do colapso de água em sete cidades do Oeste: Antonio Martins, João Dias, Luís Gomes, Paraná, São Francisco do Oeste, São Miguel e Tenente Ananias. Já na região do Serido, o colapso de abastecimento de água atinge Carnaúba dos Dantas, enquanto três cidades enfrentam rodizio de abastecimento de água: Acari, Currais Novos e Caicó. 

Para a instalação dos poços o governo precisará de R$ 30 milhões, além do custo mensal de R$ 6 milhões para abastecimento de água por caminhão-pipa, recursos que Robinson Faria tentará conseguir em Brasília, logo que conseguir agendar audiências, na próxima ou na outra semana, nos Ministérios da Integração Nacional e das Cidades. 

Em relação aos caminhões-pipas, a Caern expôs ao governador que pelo menos 26 municípios vão precisar desse tipo de abastecimento de água, das quais 15 situam-se na região Oeste e 11 na região do Seridó, onde a necessidade prevista é, respectivamente, de 232 e 339 carros-pipas por dia. O custo total é de R$ 5.976.300,00 por mês. Outra decisão tomada pelo governo, é a deflagração de uma campanha educativa na mídia impressa e eletrônica - “o que nunca foi feita para combater o desperdício de água”, anunciou Faria. 

O secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, José Mairton Figueiredo de França, informou que entre os dias 23 e 27 de fevereiro vai à Brasília tentar a liberação de recursos para investimentos contra a seca e explicou que a execução dessas medidas de emergência deve ocorrer no máximo em três meses, período em que será possível saber se consolida ou não o inverno. 

José Mairton França admite que o Estado hoje carece de um planejamento na área de recursos hídricos, cujo Plano Estadual “já era pra ter passado por uma revisão em 2008”. 

Além de José M. França, participaram da reunião com o governador o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e da Pesca, Haroldo Abuana Osório; o diretor-presidente da Caern, Marcelo Toscano; o diretor do Instituto de Gestão de águas do RN (Igarn), Josivan Cardoso Moreno e o diretor do Instituto de Defesa de Inspeção Agropecuária do RN (Idiarn), Camilo Collier Neto, que foram empossados nos cargos antes da reunião com Robinson Faria, e o secretário de Relações Institucionais, Hudson Brito. 

Em colapso 
Sete cidades enfrentam o colapso no abastecimento de água e dependem exclusivamente de carros-pipa: Antonio Martins, João Dias, Luís Gomes, Paraná, São Francisco do Oeste, São Miguel, Tenente Ananias e Carnaúba dos Dantas 

Em rodízio 
Três cidades enfrentam rodizio de abastecimento de água: Acari, Currais Novos e Caicó 

Iran Delmar - O Coxinha - apresenta-se neste sábado no Casarão em Mossoró

O talentoso humorista Cearense Iran Delmar - O Coxinha -  apresenta-se hoje, 31, em Mossoró, no Casarão da Leste Oeste, trazendo consigo seus diversos personagens que fazem sucesso na TV Diário.

A promoção é do radialista Elia Húnior em parceria com o promotor de eventos, Edi Loreno.

O show está programado para acontecer a partir das 20::00H

Para reserva de mesas e para obter obter mais informações é só ligar: (84) 8806-3138 ou 9168-8040

Sucesso garantido!


Livraria Independência abrirá em horário "gigante" neste sábado

 Loja matriz da Livraria Independência, em Mossoró, funciona neste sábado até às 16 horas

As Livrarias Independência e do Estudante estarão funcionando para o público em "Horário Gigante" aos sábados, neste período de Volta às Aulas, para facilitar as compras de material escolar.

Neste sábado, 31, em Mossoró, as referidas livrarias atenderão as suas clientelas até às 16:00H, conforme acordo firmado do setor com o SINDIVAREJO e SECOM.


Mais informações podem ser obtidas no site: www.livrariaindependenciarn.com.br

Governo do Estado lança Plano Emergencial de Enfrentamento à Seca no RN

                                                                                                             Foto: Demis Roussos

Com algumas cidades já em colapso pela falta de chuvas numa das estiagens que mais tem castigado o Estado nos últimos anos e outras cidades em situação de alerta, especialmente no Alto Oeste e no Seridó, o governador Robinson Faria se reuniu na manhã desta sexta-feira, 30, com gestores e equipe técnica da Caern, Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Instituto de Gestão das Águas (Igarn), Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape) e Instituto de Defesa de Inspeção Agropecurária do RN (Idiarn) para apresentação de um Plano Emergencial de Enfrentamento à Seca, com medidas tanto em caráter emergencial, quanto de médio e longo prazos.

“As medidas emergenciais dizem respeito à instalação de poços. Existem em todo o Estado 1.700 poços perfurados que ainda não entraram em funcionamento e vamos providenciar o mais rápido possível a instalação e equipagem desses poços. Manteremos também os convênios com carros-pipa e vamos concluir a Adutora do Alto Oeste”, pontuou o governador. 

Na ocasião, ele também anunciou que o Governo do Estado não destinará recursos para festas de carnaval, tendo em vista a gravidade da situação de estiagem. “Daremos prioridade ao enfrentamento da seca nos municípios”, enfatizou.

O Governo também fará uma campanha educativa de uso consciente da água, mas com foco nas áreas onde existe água: Natal e Grande Natal.

Estão em colapso as seguintes cidades: Antonio Martins, João Dias, Luís Gomes, Paraná, São Francisco do Oeste, São Miguel e Tenente Ananias (Regional de Pau dos Ferros) e Carnaúba dos Dantas (Regional de Caicó).

Além delas, outras três cidades estão com abastecimento da Caern em caráter de rodízio de 24/48 horas, são elas: Acari, Caicó e Currais Novos. De acordo com o secretário da Semarh, Mairton França, a Adutora do Alto Oeste já poderá entrar em funcionamento parcialmente, até que sejam concluídos os 7% restantes de sua obra.

As medidas de médio e longo prazo dizem respeito a buscar recursos junto aos Ministérios das Cidades e da Integração. Para isso, todos os órgãos envolvidos já estão com diagnósticos prontos sobre a situação da seca no Rio Grande do Norte para que sejam apresentados junto ao Governo Federal.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Decreto prorroga pagamento de dívidas do governo Rosalba

Notícia não muito sensacional para os fornecedores que constam dos restos a pagar do Governo Rosalba, que acabou de acabar.

Decreto do governo do Estado prorrogou para o dia 6 de março o prazo para a remessa à Controladoria-Geral do Estado da relação de restos a pagar do exercício de 2014.

Avança projeto que pretende relocar ambulantes das calçadas do Centro

  • Saulo Vale
    Fotografia: Raul Pereira
    O projeto que pretende relocar os comerciantes informais das calçadas do Centro de Mossoró teve mais um avanço. É que a edição deste sábado, 1º, do Jornal Oficial de Mossoró (JOM), publica o Chamamento Público de proprietários de imóveis que se interessem em receber os ambulantes.
    O objetivo do poder Executivo municipal é retirá-los das praças, calçadas e ruas de Mossoró e levá-los a um único local, onde estes trabalhadores possam exercer suas atividades de maneira mais confortável e em um espaço amplo, dando mais oportunidade para que os comerciantes, que hoje se encontram em situações irregulares, possam exercer melhor suas atividades econômicas.
    A portaria 01/2015, que será publicada conjuntamente com o Chamamento, também estabelece que diversas secretarias trabalhem conjuntamente nesse processo de relocação dos ambulantes. Serviços de infraestrutura, estacionamento, cadastro dos comerciantes informais e serviços urbanos serão feitos para a implantação do projeto.
    Para isso, a portaria estabelece que as secretarias de Desenvolvimento Social e Juventude, Infraestrutura e Habitação, Meio Ambiente e Urbanismo, Mobilidade Urbana, Segurança Pública e Defesa Civil, Administração, Meio Ambiente e Transparência e Relações Públicas atuem conjuntamente em prol do projeto.
    O documento ainda estabelece que a desocupação das calçadas do Centro, medida que também irá melhorar a acessibilidade na região central, “deverá ser realizada de forma ordenada, humanizada e planejada através de força-tarefa desenvolvida pelas Secretarias Municipais competentes de modo a oferecer aos ocupantes, tanto quanto possível, alternativas similares para desenvolvimento de suas atividades econômicas”.
    Segundo o secretário da Transparência e Relações Públicas, Luiz Antônio Costa, a Prefeitura vai continuar mediando o diálogo dos comerciantes informais e do imóvel, espaço que será definido através de chamamento público. “Há uma comissão especial da Prefeitura e outra dos comerciantes em constante diálogo sobre esse projeto. É uma medida de caráter social, que vai beneficiar o poder público municipal e os ambulantes. Essa era uma reivindicação antiga desses trabalhadores”, declara.
    Ainda segundo o secretário, o local deverá ser definido o mais breve possível, num consenso da comissão especial formada pelos ambulantes e o governo municipal. Além disso, ele acrescenta que e os comerciantes informais deverão estar em um novo local a partir de março do próximo ano. “O novo espaço vai proporcionar melhores condições de trabalho e será um local onde os comerciantes poderão exercer suas atividades de maneira digna”, conclui Luiz Costa.

Governador Robinson Faria irá quarta-feira visitar obras da barragem de Oiticica

Confirmado para próxima quarta-feira a visita do governador Robinson Faria às obras da barragem de Oiticica. O reservatório está com apenas 34% concluído e as obras estão paradas por um protesto dos agricultores. O chefe do Executivo estadual irá a Oiticica e conversará diretamente com os agricultores que terão suas terras desapropriadas.

Procon notifica cinemas que impediam entrada de clientes com alimentos

O Procon Natal notificou, na tarde de hoje (30), dois cinemas que estariam proibindo a entrada de consumidores com bebidas ou alimentos que não fossem compradas no local. Os dois cinemas são da mesma rede, com um funcionando no Natal Shopping e o outro no Norte Shopping. Após as autuações, ficou liberada a entrada de clientes com alimentos.

De acordo com o coordenador-geral do Procon Natal, Kleber Fernandes, o órgão recebeu a denúncia de que havia banners nos dois cinemas afirmando que seria proibida a entrada de clientes com os alimentos, com exceção dos que fossem adquiridos na lanchonete própria dos estabelecimentos. Segundo Fernandes, o procedimento é ilegal.

"É um desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor. Após fazermos a constatação da irregularidade, autuamos os dois estabelecimentos, retiramos os banners e fizemos os atos de infração", explicou Kléber Fernandes.

Após os autos de infração, os cinemas terão que apresentar o valor do faturamento mensal dos últimos três meses e, em seguida, o Procon irá calcular a multa a ser aplicada aos estabelecimentos, que levará por base também a quantidade de clientes que foram lesados. 

Apesar das autuações, os cinemas seguem funcionando normalmente, mas a entrada com alimentos está liberada.

Paolla Oliveira é termo mais buscado no Google nesta quinta-feira e mais comentado do twitter


O Globo
                 Atriz Paolla Oliveira exibe corpão em cena da minissérie - Reprodução/ TV Globo


Nos Estados Unidos, Kim Kardashian colocou a internet abaixo quando apareceu na capa da revista “Paper” nua. Mas, no Brasil, quem fez a web pirar foi Paolla Oliveira. Segundo a página Google Trends, que mapeia os termos que estão em alta na rede, o nome da atriz foi o mais pesquisado da internet brasileira nesta quinta-feira, com mais de 150 mil buscas.
A atriz é protagonista da minissérie “Felizes para sempre?”, exibida na TV Globo desde segunda, no papel de uma de uma garota de programa de luxo, que cobra R$ 4 mil por hora, e atende aos homens mais ricos de Brasília. Sua interpretação sedutora já vinha rendendo suspiros e muito suor aos espectadores do programa, mas o termômetro estourou de vez na terça-feira, quando foi ao ar uma cena em que Paolla caminha até a janela de um caríssimo hotel da cidade vestindo apenas uma calcinha fio dental. Os tuiteiros e tuiteiras não resistiram à sequência quente e começaram a disparar comentários sobre o formoso bumbum da atriz.

UTI Neo da Casa de Saúde Dix-sept Rosado reabrirá na próxima segunda

Domingo, 1°, haverá a desinfecção da unidade pela equipe especializada

UTI Neo da CSDR retomará atendimentos; no próximo domingo, unidade passará por desinfecção – Foto Alcivan Costa
Está prevista para a próxima segunda-feira, dia 2, a reabertura da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI-NEO) da Casa de Saúde Dix-sept Rosado. No domingo, dia 1º, data anunciada para o início das atividades, haverá a desinfecção da unidade pela equipe especializada. O procedimento é necessário para garantir a segurança da saúde dos bebês.
A informação foi confirmada pelo coordenador de Enfermagem da Junta Interventora da Casa de Saúde Dix-sept Rosado, Benedito Viana de Lira. Após três meses de trabalhos da Junta, a UTI Neo reabrirá disponibilizando oito leitos para atender bebês recém-nascidos que necessitem de atendimento médico complexo.
De acordo com Benedito Viana de Lira, durante todo o domingo, dia 1º, será realizada a desinfecção da sala que abrigará os leitos e os equipamentos da UTI e a partir da segunda-feira os leitos estarão prontos para receber os primeiros pacientes. “Desde o início dos trabalhos da Junta estamos empenhados em reabrir a UTI e finalmente vamos conseguir. A data está mantida e segunda-feira é o dia que vamos abrir as portas”, disse.
A demora para a retomada dos atendimentos foi ocasionada pela quantidade de mudanças pelas quais a unidade teve que passar, além da Casa de Saúde ter que providenciar toda a infraestrutura e os equipamentos necessários para o atendimento.
O mesmo ocorre com a UTI Adulto que segue sem prazo definido para retomada do funcionamento dos leitos. Segundo Benedito Viana, a equipe está trabalhando incansavelmente para retomar o atendimento o quanto antes. “Continuamos na fase de readequação providenciando equipamentos, arrumando a sala, mandando consertar o que é possível e tudo isso sendo feito da maneira mais rápida que estamos conseguindo. Ainda não temos data definida, mas esperamos que isso ocorra muito em breve”, finaliza.
Fonte: Gazeta do Oeste

Ação rápida da FEMURN garante manutenção de operação carro pipa para 116 municípios do Estado


Após o apelo feito pela Federação dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte (FEMURN), a secretaria nacional de Defesa Civil assegurou ao presidente da FEMURN, Francisco José Júnior, e a senadora eleita Fátima Bezerra, o repasse dos recursos para a manutenção da operação carro pipa, coordenada pelo Exército e responsável pelo abastecimento de 116 municípios do Rio Grande do Norte. O programa seria paralisado a partir do próximo dia 31 de janeiro. Munida das informações repassadas por Francisco José, Fátima Bezerra cumpriu agenda emergencial nos Ministério da Integração e do Planejamento, obtendo a garantia dos repasses financeiros que permitirão a continuidade do abastecimento das comunidades.

 “A senadora Fátima Bezerra nos informou que os recursos necessários já foram solicitados pelo Ministério da Integração e que o Planejamento se comprometeu em repassar na próxima semana. Com isso o programa de abastecimento das comunidades por carros pipa não será paralisado. Queremos avisar aos prefeitos e prefeitas que fiquem tranquilos. Agradecemos a atenção da senadora Fátima que não mediu esforços e priorizou a resolução do problema dedicando todo o seu dia para solucioná-lo. O alerta feito pela imprensa também foi importante para chegar a informação em Brasília”, destacou Francisco José, ressaltando a importância da operação carro pipa, principalmente pela situação de seca que os municípios, em comunidades mais carentes e longínquas, continuam a enfrentar no Estado.  

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Prefeito de Macau lança nesta sexta-feira, 31, Carnaval de sua cidade em Mossoró



O prefeito de Macau, Kerginaldo Pinto, lança nesta sexta-feira, 31 de janeiro, o carnaval de Macau às 8h30 no salão de eventos do Hotel Garbos, em Mossoró.
O carnaval de Macau é conhecido por sua grandiosidade que se supera a cada ano. São cinco dias de arrastões na área urbana e grandes festas na praia.
O público gira em torno de cem mil pessoas por dia, ocupando ruas, casas, hoteis, calçadas, barracas de uma cidade que tem poucos mais de 25 mil habitantes.
Para este ano, nesta sexta-feira, 31, o prefeito Kerginaldo Pinto e seus secretários, vão explicar como vai ser a festa às 8h30 no Salão de Eventos do Garbos.
O formato da festa também foi lançado em Natal.
O Carnaval atrai milhares de foliões de varias regiões do Rio Grande do Norte e de estados vizinhos.

FNF lança programa de parceria com empresas para distribuição de ingressos


Programa “Mais Futebol. Comprou, ganhou!”, uma forma de incentivo para o torcedor

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol lançou o programa “Mais Futebol. Comprou, ganhou!”, forma de incentivo para o torcedor garantir ingresso dos jogos do Campeonato Potiguar ao comprar na rede de estabelecimentos comercias parceiras. A federação visa disponibilizar 10% da capacidade do estádio, por partida, para que os ingressos sejam concedidos nessas condições.

Presidente da FNF, José Vanildo, acredita que programa será benéfico para empresas e para os torcedores

De acordo com a FNF, para participar a empresa investe uma taxa de adesão com a federação, assina o termo e já entra como patrocinadora da competição, podendo ter até placa de campo nos jogos. Além disso, a empresa adquire ingressos das partidas por preço especial, podendo distribuir os ingressos junto aos torcedores/clientes que comprarem nos estabelecimentos credenciados.

“O Mais Futebol é um programa subsidiado pela FNF, para incentivo sócio econômico e esportivo do futebol do Rio Grande de Norte, onde os torcedores compram nas empresas parceiras do Campeonato e ganham ingressos, mediante ao valor estabelecido pelo empresário. Cabe ao torcedor, analisar o valor de compras de cada estabelecimento para comprar e ganhar. É um projeto pioneiro e espero que seja um sucesso", disse o presidente da FNF, José Vanildo, argumentando ainda que os empresários ganham em divulgação publicitária no site da FNF e na mídia especializada.

O Diretor da 10 Sports, Alan Oliveira, agência da FNF, que criou a marca do Campeonato Potiguar 2015, explica que o programa começa em março deste ano. “A partir de agora, o empresário pode ir ao site www.fnf.org.br, se cadastrar para fazer parte do programa. Nossa equipe entrará em contato com os interessados, apesar de algumas empresas já estarem em negociação, foram contatadas há algumas semanas. Nossa previsão para o torcedor utilizar o benefício está prevista para 1º de março. Precisamos fazer algo de atrativo para empresas e torcedores”, disse.

A expectativa este ano com o “Mais Futebol” é ter um aumento em 100% do público em relação ao ano passado, crescimento em arrecadação dos jogos em R$ 1,2 milhão, com mais de 120 mil ingressos incentivados, uma média de 10 mil torcedores atendidos, por rodada, além de conquistar novos parceiros.

FNF

Justiça quebra sigilo bancário e fiscal de Sérgio Gabrielli e da Petrobras


A Justiça do Rio de Janeiro decretou a quebra do sigilo bancário e fiscal do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, do ex-diretor de Serviços Renato Duque, do ex-gerente de Engenharia Pedro Barusco, da própria estatal petrolífera e da construtora Andrade Gutierrez em investigação sobre superfaturamento de R$ 31,4 milhões em obras do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras (Cenps). 

A busca nas movimentações financeiras e dados tributários de Gabrielli, Duque, Barusco, outros cinco servidores da estatal e das empresas alcança período de 2005 a 2010.

A decisão é da juíza Roseli Nalim, da 5.ª Vara da Fazenda Pública, que acolheu pedido do Ministério Público Estadual, feito em dezembro do ano passado, em ação civil pública.

A investigação reúne quatro inquéritos civis da Promotoria do Rio. A Promotoria requereu, ainda, o arresto dos bens dos investigados, mas a Justiça não acolheu agora esse pedido.

Segundo o Ministério Público, as irregularidades consistiram em “sucessivas e superpostas contratações em benefício da Andrade Gutierrez”, “sobrepreço e superfaturamento praticado nos contratos”, “ausência de transparência” na seleção da empreiteira para prosseguir como cessionária de obrigações firmadas entre a Petrobras e a empresa Cogefe Engenharia Comércio e Empreendimentos. 

Fonte: IG

TCE aponta irregularidades e quer explicações de Rosalba sobre gastos com pessoal

Obery Rodrigues, Rosalba Ciarlini e Álber Nóbrega terão que dar explicações ao TCE

A ex-governadora Rosalba Ciarlini deverá se explicar ao Tribunal de Contas do Estado. Em auditoria realizada pelo corpo técnico do TCE, ficou constatado que o atraso de salários do Poder Executivo do Estado, no período de setembro de 2013 a setembro de 2014, foi resultado do crescimento expressivo das despesas com pessoal e de uma série de impropriedades e irregularidades no planejamento e execução orçamentária.
Nesta quinta-feira (29), o procurador-Geral de Contas, Luciano Ramos, pediu a citação da ex-goverandora e dos ex-secretários Alber da Nóbrega e Obery Rodrigues para apresentarem defesa acerca das irregularidades apontadas pelo corpo técnico.
 Segundo o relatório do corpo técnico, o Governo do Estado não poderia assumir mais despesas com pessoal porque já estava acima do limite de gastos com salários imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Nos anos de 2013 e 2014, o Governo já atuava no limite prudencial.
Naquele período, conforme Relatórios de Gestão Fiscal emitidos pelo próprio Executivo, a porcentagem da despesa total com pagamento de pessoal oscilou entre 48,22% e 48,79% da receita corrente líquida, quando o percentual fixado pela lei é de 46,55%.
Mesmo durante o período no qual o Poder Executivo estava acima do limite prudencial de gastos com pessoal ocorreram pelo menos seis violações à LRF, como a concessão de aumentos, reajustes e criação de cargos. Essas concessões foram realizadas sem o necessário estudo prévio dos impactos financeiros sobre o custo da folha de pagamento, que, no entendimento do TCE, voltou a contrariar o que determina a LRF.
Na avaliação do corpo técnico, mesmo na situação de dificuldade fiscal, o Executivo concedeu aumentos salariais a servidores públicos a partir de 14 leis complementares de sua própria iniciativa, desobedecendo as exigências da LRF sobre o tema.
Da mesma forma, criou por lei 802 novos cargos e funções, além de reestruturar também, mediante sete leis, diversas carreiras de categorias de servidores, o que, segundo a auditoria, provocou impacto nas contas públicas. Outros problemas encontrados foram os crescentes pagamentos por meio de decisões judiciais que em setembro de 2014 atingiram R$ 8,4 milhões.
Além da citação para as explicações, o TCE decidiu pela formação de três novos processos para apurar a existência de funcionários com carga horária acima do limite permitido, pagamento de GTNS acima do percentual de 100% dos vencimentos e pagamento excessivo de horas suplementares. A relatora do processo é a conselheira Maria Adélia Sales para cujo gabinete será enviado o pronunciamento do MPC.
Folha
Ao se deter sobre a folha de pagamento no período de janeiro a setembro de 2014, os técnicos do TCE encontraram casos de acúmulo irregular de cargos, com uma média 4.445 servidores com carga horária superior a 60 horas semanais – carga horária máxima permitida pela legislação vigente -, o que totaliza cerca de R$ 14,7 milhões de gastos mensais.
A análise da folha de pagamento do Estado traz ainda uma média de 844 servidores com três ou mais vínculos mensais, o que configura uma situação de irregularidade. O gasto mensal com esses servidores é de cerca de R$ 3,9 milhões.
No que diz respeito ao planejamento orçamentário e financeiro, a auditoria verificou que houve, no ano de 2013, um superdimensionamento da estimativa das receitas do Estado e que não houve frustração no montante declarado no Decreto nº 23.624, editado pelo Governo em 2013, determinando um corte de 10,74% nas despesas orçadas em todos os poderes e órgãos autônomos integrantes da estrutura orgânica do Estado.
Ao mesmo tempo, em 2013, o Executivo contava com um saldo negativo de quase R$ 80 milhões na fonte responsável pelos dispêndios ordinários (Fonte 100) – cujos recursos não são carimbados e podem ser usados livremente. Mesmo assim, inscreveu em restos a pagar o montante de R$ 161 milhões.
Fonte: www.tribunadonorte.com.br

Municipal Santos e Dayvid Almeida agitam o Rio Branco Folia


Duas "figuraças" irão animar o Rio Branco Folia que já tem sucesso garantido no carnaval de Mossoró, o Rio Branco Folia, acontece dia 06 de fevereiro,  que irá percorrer parte do Corredor Cultural Prof Antônio Gonzaga Chimbinho.

Falamos de Dayvid Almeida e Municipal Santos,

Aliás, dizer que estes dois artistas irão animar o evento do qual participam é cair fortemente em redundância, pois os caras realmente arrebentam aonde vão.

      Cartaz do Rio Branco Folia 

Os organizadores deste evento apostam tudo e mais alguma coisa em mais uma edição de sucesso e informam que as vendas estão crescendo a cada dia...

Desejamos pleno sucesso

Vendas e informações pelos telefones:  8897 8375 e 9685 9882 


Tassyo Mardonny participa de reunião com empresários para discutir segurança pública


Na noite desta terça-feira (27), foi realizada na sede da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) uma importante reunião para discutir segurança pública. Estiveram presentes representantes da CDL, ACIM, Sindvarejo, OAB, Polícia Militar, classe empresarial e lojista.

A reunião foi realizada a fim de esclarecer dúvidas dos empresários quanto ao funcionamento do policiamento; solicitar medidas para combater os assaltos; ouvir as reivindicações e demandas das forças policiais.

Os empresários denunciaram uma crescente onda de assaltos a estabelecimentos comerciais no Centro da cidade. Eles ouviram do Tenente Jacome, do 2º BPM, que o Ciosp atua precariamente na operação de câmeras de monitoramento na área central.

Representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o presidente da Comissão de Segurança pública, Paulo Cesário, denunciou a baixa quantidade de policiais que atuam em conjunto com o Ciops de forma ostensiva na cidade. "Existem poucos policiais na cidade e muitas atribuições, o patrulhamento fica prejudicado, o que resulta também em uma dificuldade para coibir crimes", explica.

Tassyo acredita que a discussão é importante e que Mossoró precisa levar o assunto segurança como prioridade. “Não podemos deixar que nossa cidade tenha uma escalada na criminalidade. A união da sociedade, órgãos de segurança e órgãos públicos é fundamental. Temos alguns projetos para a área de segurança, como a instalação de câmeras pela cidade", disse.

O vereador finalizou o encontro colocando seu mandato à disposição dos empresários para a criação de uma comissão, que se encontrará com o Governador Robinson Faria para apresentar uma pauta de reivindicações sobre o problema.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Amem vai à Câmara desejar boa sorte ao novo presidente da Casa, Jório Nogueira


Entidade e outras denominações se reuniram com presidente do Legislativo, na manhã desta quarta-feira


DSC_0114
DSC_0084DSC_0137
A Associação dos Ministros do Evangélio de Mossoró (AMEM) e representantes de outras denominações evangélicas se reuniram com o presidente da Câmara de Mossoró, Jório Nogueira (PSD), na manhã desta quarta-feira (28). O encontro foi intermediado pelo Diretor de Comunicação da Casa, jornalista Carlos Skarlack.
Na ocasião, a Amém e seus Pastores desejaram boa sorte a Jório Nogueira, em sua empreitada política como presidente da Câmara de Vereadores. O Pastor Anselmo, da Amém, ressaltou a importância do homem público na defesa dos interesses do povo.
Por sua vez, Jório agradeceu os votos de boa sorte e prometeu se empenhar para que vereadores e Poder Legislativo cumpram a sua missão de servir ao Cidadão. Ao mesmo tempo em que ele convidou os Pastores para a abertura dos trabalhos da Casa, em fevereiro.

Première TCM apresenta novas instalações do Colégio Diocesano

            O Première deste sábado, 31, vai mostrar a solenidade de inauguração das novas instalações para o Ensino Médio do Colégio Diocesano de Mossoró. As 16 novas salas, anfiteatro e amplas praças de alimentação foram entregues no final de semana passado, antes do início das aulas, sob as bênçãos dos diretores da instituição Pe Charles e Pe Sátiro, além do bispo Dom Mariano Manzana.
              As atrações desta edição do Première poderão ser vistas, além do Canal 10 da TCM (TV Cabo Mossoró), peloportaltm.com.br em tempo real, às 19 do sábado, e na reprise da quarta-feira, às 21h30.


Saúde municipal é discutida entre prefeito e secretários Natal

  • José de Paiva Rebouças
    Fotografia: SECOM
    A secretária levou demandas do município para que, em parcerias com o governo do Estado, fortaleça serviços de urgência e emergência e também da Atenção Básica. A secretária solicitou apoio para implantação de alguns serviços, além da garantia dos repasses totais da pactuação com o Estado, já que o município vem perdendo cerca de R$ 800 mil a cada mês.
    Cidade polo, Mossoró é hoje referência para mais de 60 municípios do Rio Grande do Norte, além de outras cidades de estados vizinhos. Sem o apoio do Estado, que vinha quebrando seu compromisso com o município, a Prefeitura acaba tendo o orçamento da pasta comprometido para evitar o agravamento da situação.
    Para a secretária Leodise Cruz, a reunião foi positiva, já que a Secretaria Estadual de Saúde se propôs a rever a parceria com o Município. O secretário Ricardo Lagreca se comprometeu em checar com a Secretaria de Planejamento as questões orçamentárias e buscar soluções para que Mossoró e a região Oeste recebam melhorias no seu sistema de saúde. 

Petrobras faz nova descoberta de petróleo em terra no Ceará

Esta já é a segunda notificação que aponta indícios de uma nova fonte no mesmo poço em dois meses

Image-0-Artigo-1786003-1

Descoberta pode recuperar o campo, que teve redução de 45% do volume explorado

A Petrobras descobriu novos indícios de petróleo em concessão que possui no território cearense. A notificação foi feita no último dia 19, à Agência Nacional de Petróleo (ANP) e trata-se de uma descoberta na Fazenda Belém, campo terrestre que se espalha pelos municípios de Icapuí, Aracati e Jaguaruana.
A Fazenda Belém se localiza na Bacia Potiguar, que abrange campos no Rio Grande do Norte e Ceará. De acordo com informações da ANP, a descoberta foi feita no poço denominado 3BRSA1277CE. Essa é a segunda notificação de descoberta no mesmo poço em dois meses.
Um pouco antes disso, em outubro, a estatal notificou a agência de outra descoberta no poço 3BRSA1275CE, também na Fazenda Belém. Antes destas, a última descoberta de indícios de óleo no Ceará foi em setembro de 2013, em poço marítimo também na Bacia Potiguar, a uma profundidade de 1.924 metros.

Campo maduro
As descobertas na Fazenda Belém podem ajudar a recuperar a produção no campo, que já sofreu redução de 45%, do volume explorado entre os anos de 2009 e 2013. Por já ser uma área de exploração madura, de vários anos, a queda é considerada normal. Entretanto, a Petrobras está buscando recuperar a produção na área, com um projeto iniciado em março do ano passado, que prevê a perfuração de 72 novos poços no campo .
Além de elevar a produção e o fator de recuperação, a petrolífera pretende agregar reservas com essas novas perfurações. O volume de petróleo recuperado na Fazenda Belém voltou a crescer em outubro do ano passado e, de janeiro até novembro, já acumulava incremento de 4,9% sobre o mesmo período de 2013.
Caso o mês de dezembro tenha mantido bons resultados - os dados ainda não foram divulgados pela ANP -, o campo reverterá a tendência de declínio, mas ainda estará distante dos volumes registrados em 2003, quando foram produzidos 996,7 mil barris de petróleo. Nos nove primeiros meses do ano passado, a produção terrestre foi de 369,7 mil barris.

Novos poços
A estatal também havia informado, em 2013, que estava analisando um projeto para perfuração de cerca de mil novos poços no local, até este ano, o que quase triplicaria a produção de petróleo, em terra da empresa, no campo exploratório. A Petrobras, no entanto, não voltou maia a falar sobre este plano.
O campo de Fazenda Belém foi descoberto em março de 1980 e teve sua exploração concedida à Petrobras em 1998. O Ceará terminou o ano de 2013 com 317 poços terrestres, de acordo com dados do Anuário Estatístico 2014 da ANP.
A produção terrestre, contudo, só representa 15% do petróleo extraído atualmente no Estado. Todo o restante é produzido em quatro campos marítimos no litoral de Paracuru, na Bacia petrolífera do Ceará.

http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/petrobras-faz-nova-descoberta-de-petroleo-em-terra-no-ceara-1.1206597

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Contabilista Tupinambá recupera-se em Fortaleza

Surpreendido com diagnóstico que deixou sua saúde claudicante, o contador e advogado tributarista. Tupinambá de Paiva Carvalho, proprietário da Ação Contabilidade em Mossoró, recupera-se de procedimentos médicos a que foi submetido em Fortaleza.

Os amigos de Mossoró - nos quais nos incluímos - unidos em oração, torcem pela sua plena recuperação.

Prefeitura garante patrocínio aos clubes de R$ 200 mil e libera Nogueirão para o Estadual

Fidel Nunes
Fotografia: Raul Pereira

Os representantes de Mossoró no Campeonato Estadual, Potiguar e Baraúnas, receberam nesta semana que antecede o início do campeonato duas boas notícias vindas da Prefeitura Municipal. A primeira que o estádio Professor Manoel Leonardo Nogueira, o "Nogueirão", está liberado para receber jogos oficiais durante o ano de 2015 e a segunda é que a Prefeitura vai patrocinar os dois clubes, cada um deles vai receber R$ 200 mil.
O pagamento dos R$ 200 mil por clube será dividido em cinco parcelas de R$ 40 mil. O valor repassado para Potiguar e Baraúnas será o mesmo do ano passado. Esse dinheiro repassado pela Prefeitura é considerado indispensável pelos clubes. Esse valor geralmente é utilizado para a contratação de jogadores, pagar a folha salarial, custo de viagens e despesas do clube durante o campeonato.
“Esse dinheiro é muito importante para o clube participar do campeonato estadual. É uma ajuda muito grande, a gente só tem a agradecer ao prefeito pelo incentivo que ele tem dado ao esporte e aos clubes da cidade. Vamos fazer o possível para honrar o nome de Mossoró durante essa competição”, comenta Zé Pexeiro, presidente do Baraúnas.
Além do valor que cada clube vai receber da prefeitura, Potiguar e Baraúnas vão ter menos gastos quando forem mandar seus jogos no Nogueirão. Com o estádio municipalizado, as presenças da brigada de combate a incêndio, dos seguranças e da limpeza são de responsabilidade da Prefeitura e isso vai reduzir o gasto do clube em aproximadamente R$ 3 mil por jogo.
“Essa municipalização já deveria ter sido feito há muito tempo, mas apenas Francisco José Júnior teve a coragem de encarar esse desafio. Muitos achavam que a municipalização seria um problema, nós vemos como uma solução para o futebol mossoroense. O sonho da municipalização se tornou realidade graças ao empenho da atual gestão”, destaca Jorge Rosário, presidente do Potiguar.