BANNER 1

Para continuar pagando a folha em dia, e evitar atrasos nos salários do funcionalismo, o prefeito de Assu, Ivan Júnior (PROS), exonerou os 11 secretários do Município e os 311 cargos comissionados.
“Exonerei todo mundo”, confirmou Ivan Júnior ao Blog.

“Eu vou fazer uma readequação e enxugar, diminuir o número de cargos comissionados, diminuir o número de secretarias, adequando à realidade. Algumas secretarias eu vou nomear logo, as que não podem parar, Saúde, Infraestrutura Social, eu vou nomear na terça-feira”, disse o prefeito, afirmando que até janeiro, quando o novo formato de gestão ficará definido, alguns secretários vão responder por duas e até três pastas.

“Eu vou trabalhando com o essencial para poder equilibrar tudo. Por enquanto eu estou em dia”, disse Ivan Júnior, reafirmando que ainda não houve atraso no pagamento da folha.
A Prefeitura de Assu tem 1.100 cargos efetivos, mais boa parte dos aprovados em um concurso recente, que está sendo chamada.

Sobre a situação dos servidores exonerados, o prefeito declarou que há dois meses vem preparando a equipe da Prefeitura para a medida que precisou tomar.

“As rescisões serão pagas e já estão sendo calculadas. Vou pagar tudo como sempre faço”, garantiu o prefeito Ivan Júnior.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem