domingo, 31 de janeiro de 2016

Assembleia Legislativa do RN retoma atividades parlamentares nesta segunda-feira

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte inicia na próxima segunda-feira,  dia 2 de fevereiro, às 9h, os trabalhos legislativos para o ano de 2016, após o recesso regimental da Casa. O retorno das atividades parlamentares acontece por meio de Sessão Solene de instalação dos trabalhos da 2ª Sessão Legislativa da 61ª Legislatura, oportunidade em que o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira (PMDB) passará em revista as tropas da Polícia Militar, em frente à sede do Legislativo.
O ato formal será seguido da leitura da mensagem anual do Executivo, pelo governador Robinson Faria (PSD). A novidade fica por conta da execução do Hino Nacional e do Rio Grande do Norte ao vivo. Naipe de metais da banda de música da Polícia Militar do Estado ficará responsável pela execução dos hinos.
Após a solenidade de instalação dos trabalhos, as sessões ordinárias e solenes, audiências públicas e comissões parlamentares da Assembleia Legislativa voltam a funcionar normalmente de acordo com o horário regimental e os serviços administrativos voltam a funcionar como de costume.

Nomeado o novo secretário estadual de Esporte, Canindé de França

O Diário Oficial de ontem já traz a nomeação de Francisco Canindé de França como secretário estadual de Esporte, no lugar de George Câmara.
Com isso, a pasta continua sob indicação do PC do B.


Canindé de França foi secretário de Apoio a Reforma Agrária no Governo Wilma de Faria.

Em nota, Instituto Lula volta a negar que ex-presidente seja dono de triplex

Em nota divulgada neste domingo (31), a assessoria de imprensa do Instituto Lula voltou a negar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus familiares sejam proprietários de um apartamento tríplex no litoral de São Paulo. O instituto também divulgou documentos sobre a aquisição da cota (veja a íntegra da nota).
O Ministério Público de São Paulo investiga se o ex-presidente ocultou patrimônio em razão do triplex, que teria sido cedido à familia dele pela construtora OAS.
No texto, intitulado "Os documentos do Guarujá: desmontando a farsa" o Instituto Lula acusa adversários políticos e parte da imprensa de "criar um escândalo a partir de invencionices".
A assessoria do ex-presidente argumenta que ele nunca foi dono do apartamento, mas somente proprietário de cotas de um projeto da Bancoop, cooperativa do Sindicato dos Bancários de São Paulo, adquiridas por sua esposa, Marisa Letícia. A cooperativa se tornou insolvente e transferiu O texto diz que a família do ex-presidente Lula investiu R$ 179.650,80 na compra da cota, que foi declarada à Receita e ao Tribunal Superior Eleitoral, segundo a assessoria do petista.
"Marisa Letícia tornou-se associada à Bancoop e adquiriu uma cota-parte para a implantação do empreendimento então denominado Mar Cantábrico, na praia de Astúrias, em Guarujá, balneário de classe média no litoral de São Paulo", diz o início da nota. O empreendimento mudou de nome – para Solaris – após a OAS assumir a construção do prédio.
"Quando o empreendimento Mar Cantábrico foi incorporado pela OAS e passou a se chamar Solaris, os pagamentos foram suspensos, porque Marisa Letícia deixou de receber boletos da Bancoop e não aderiu ao contrato com a nova incorporadora", afirma o Instituto Lula.
Visita ao condomínio
O Instituto Lula afirma, ainda, que o ex-presidente visitou o apartamento triplex de número 164-A acompanhado de sua esposa e do então presidente da OAS, Léo Pinheiro, preso na Operação Lava Jato.
"Lula e Marisa avaliaram que o imóvel não se adequava às necessidades e características da família, nas condições em que se encontrava. Foi a única ocasião em que o ex-presidente Lula esteve no local", diz a nota.
A versão de Lula diverge do depoimento do zelador do edifício Solaris, José Afonso Pinheiro, e da porteira do condomínio, Letícia Eduarda Rodrigues da Silva Rosa, que falaram ao Ministério Público.
Aos promotores de Justiça, Pinheiro relatou ter visto Lula no condomínio duas vezes na época em que o triplex estava sendo reformado pela Tallento Construtora Ltda, empresa contratada pela OAS.
José Afonso Pinheiro disse ainda que um funcionário da OAS, que ele identificou como Igor, chegou a pedir depois do Carnaval de 2015 que ele não falasse que o apartamento 164A seria de Lula e da ex-primeira-dama. Segundo ele, o funcionário da empreiteira solicitou que, caso alguém perguntasse, ele deveria se limitar a dizer que o triplex pertencia à OAS.imóveis inacabados para a construtora OAS.


Pacote de crédito traz alívio, mas efeito será limitado, dizem analistas

O pacote de R$ 83 bilhões em novas linhas de crédito anunciado pelo governo traz um certo alívio, sobretudo para empresas com dificuldades financeiras, mas seu efeito para estimular a economia será limitado, segundo especialistas, em razão da fraca demanda por novos financiamentos como também da necessidade de aprovação do Congresso para que todas as medidas saiam do papel.
              PACOTE DE R$ 83 BILHÕES EM CRÉDITO
Novas linhasValorA partir de quando?
Recursos do FGTS para consignado ao setor privadoR$ 17 bilhões (estimativa)Depende de aprovação do Congresso
Recursos do FI-FGTS  em crédito para operações de infraestrutura
 
R$ 22 bilhõesDepende de decreto e do Conselho Curador do FGTS
Refinanciamento das operações do PSI e do Finame para máquinas e equipamentosR$ 15 bilhõesJá aprovada pelo BNDES
Crédito rural para pré-custeio da safra 2016/2017 via Banco do BrasilR$ 10 bilhõesa partir de 1º de fevereiro
Ampliação de recursos do FGTS destinado ao financiamento imobiliárioR$ 10 bilhõesDepende de aprovação do Conselho Curador do FGTS
Crédito do BNDES para capital de giro para as micro e pequenas empresasR$ 5 bilhõesJá aprovada pelo BNDES
Crédito para empresas exportadorasR$ 4 bilhõesJá aprovada pelo BNDES
Fonte: Ministério do Trabalho e Previdência Social, Ministério da Fazenda, BNDES e Banco do Brasil
O objetivo das 7 linhas de crédito, segundo anunciou o governo, é estimular o nível de atividade econômica e tentar evitar um impacto maior da recessão na taxa de desemprego – que vem crescendo nos últimos meses.
As novas linhas são voltadas para setores como infraestrutura, habitação, agricultura, exportação e pequenas e médias empresas. Parte das medidas, entretanto, ainda depende de regulamentação ou aprovação do Congresso para entrar em vigor. VEJA TABELA AO LADO
Para o consumidor, foi anunciado a possibilidade de usar a verba do FGTS como garantia para crédito consignado. A novidade representa R$ 17 bilhões dos R$ 83 bilhões da elevação de crédito prevista pelo pacote, mas dependerá de aprovação do Congresso.
"Algumas linhas dão um alívio momentâneo para quem está com a corda no pescoço, mas estão longe de resolver a situação. Não trazem nenhuma perspectiva de mais longo prazo", avalia Thais Marzola Zara, economista-chefe  da Rosenberg & Associados.
'Insuficiente'
“O pacote tenta apagar incêndio. Em termos de permitir uma estabilização da economia, uma interrupção da recessão, é insuficiente. Mas seria um exagero dizer que não muda nada, pois mitiga os riscos de uma depressão ainda profunda”, analisa João Moraes, economista da Tendências Consultoria Integrada.
Entre os efeitos positivos, ele destaca a reabertura da linha de capital de giro do BNDES para pequenas e médias empresas, setor que vem registrando aumento de inadimplência, e a posssibilidade de alguma recuperação do setor de indústrias de bens de capital com as linhas coltadas à exportação.
Demanda fraca
Os analistas concordam, no entanto, que o valor de R$ 83 bilhões previsto no pacote dificilmente será alcançado. E a razão é muito mais as incertezas e baixa confiança do que as dificuldades para fazer as medidas saírem do papel, segundo os economistas.
“Eu diria que é quase impossível, pois não existe esse potencial de demanda", diz Moraes. "As dificuldades para alcançar esse montante são, principalmente, por ausência de demanda. Para investimentos, para ampliação do consumo não há. O que existe é uma demanda para repactuação de dívidas de empresas com maiores dificuldades financeiras", completa.
Uso de recursos do FGTS como garantia
Para Thais Zara, o alcance do pacote será limitado, ainda que o governo consiga aprovar no Congresso a medida autorizando o uso do FGTS como garantia no crédito consignado.  "Precisa ver se vai ter, de fato demanda e como vai ser operacionalizado. Mas eu diria que para a pessoa física o maior efeito será a possibilidade de uma troca de uma dívida contraída no cartão de crédito ou no cheque especial pelo consignado", afirma.
O ministro Miguel Rossetto (Trabalho e Previdência Social) convocou para o dia 26 de fevereiro uma reunião extraordinária do Conselho Curador do FGTS para debater as medidas anunciadas no pacote.
O uso do FGTS para garantir o crédito consignado, não é uma unanimidade, em razão do risco de elevar o endividamento das famílias.
O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, explicou que a ideia é que o trabalhador possa oferecer como garantia para operações de crédito sua multa rescisória (de 40% no caso de demissão), além de 10% do saldo de seu depósito, para reduzir as taxas de juros bancárias – que dispararam em 2015. Segundo ele, serão tomadas precauções para que isso não gere sobreendividamento das famílias.
Já o BNDES informou ao G1 que todas as medidas relacionadas com o banco já foram aprovadas pela diretoria da instituição e que o detalhamento de cada uma delas deve ser anunciado na segunda-feira (1º de fevereiro).
Confiança em baixa
As novas linhas voltadas para infraestrutura e habitação também são vistas com reservas. "O cenário para retomada de investimentos ainda é muito ruim. A liberação de mais recursos do FGTS para infraestrutura e crédito imobiliário tende a ter pouco impacto no curto prazo, pois requer uma melhora no cenário e da confiança", observa o economista da Tendências.
"Elevar o crédito ajuda um pouco, mas o que precisamos mesmo é de uma discussão em torno das reformas estruturais e dos entraves à competitividade: flexibilização trabalhista, reforma previdência e uma desvinculação de gastos", opina a economista-chefe  da Rosenberg & 

Secretário de Segurança desmente fechamento da BIC-TUR

O secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Alvibá Gomes desmentiu nesta sexta-feira, 29, informações que circulam nas redes sociais de que a Base Integrada Cidadã de Proteção ao Turista (BIC-TUR) será desativada. Ele não só rebateu o boato, como explicou que o serviço será expandido e melhorado.
“Essa informação é infundada. Pelo contrário, a BIC-TUR que um projeto do prefeito Francisco José Júnior que vem dando resultado importantíssimo no Corredor Cultural. O que nós estamos fazendo é otimizando o efetivo da guarda municipal para a BIC-TUR, tirando homens da base fixa para fazer o patrulhamento ostensivo, proporcionando mais segurança e resultados, que é o que nós queremos”, falou o tenente coronel.
O patrulhamento será feito a pé pelo Pelotão de Guarda Patrimonial-PGP que priorizará o trajeto entre o teatro municipal até a praça de convivência, atendendo solicitação da própria população que frequenta o Corredor Cultural. Além disso, uma viatura com guardas irá reforçar o patrulhamento em toda área do centro.

Mossoró Melhor” recebe João Maia e conta com PR

2 - 49
Reuniao com PR reuniu liderancas de diversos partidos
O PR está dentro do projeto “Mossoró Melhor”. A garantia do ex-deputado federal João Maia, dirigente estadual do PR, foi dada ontem (sábado), em encontro na praia de Tibau, residência de Dr. Genivan Batista. João conversou com as lideranças do Mossoró Melhor e disse estar sintonizado com as ideias defendidas pelo movimento. Além disso, o ex-parlamentar demonstrou interesse de ver o PR mossoroense a frente da chapa majoritária.
Articulador político do grupo, o presidente do PR de Mossoró, Marcelo Rosado, disse que as ideias estão bem alinhadas, há o apoio político, e agora é preciso seguir conversando com os partidos para uma tomada de posição futura.

O entendimento com o PR teve o mesmo caminho do realizado com o PSDB, do deputado federal Rogério Marinho, que também hipotecou apoio político e partidário, deixando os tucanos de braços abertos para filiação dos integrantes do Mossoró Melhor.
Tião da Prest disse que sente-se confortável com o PSDB e com o PR, além de outros partidos que já integram o movimento. “O importante não é ter nomes, ou partido esse ou aquele, o mais importante para todos nós é a identificação que possa haver com as nossas ideias de mudar de verdade o sistema de se fazer política olhando os interesses pessoais, e a forma de gerir a administração municipal” – disse.
O encontro de Tibau contou com os presidentes municipais do PR (Marcelo Rosado), Tomaz Neto (PDT), Genivan Vale (PROS), Josué Moreira (PSDC), Tassyo Mardonny (PSDB), lideranças do PHS, PSL e PPS, e segmentos sociais. João Maia chegou a Tibau acompanhado do empresário Marcelo Alecrim e do ex-secretário de Estado, Wagner Araújo.

Panteão, a 200 m do Planalto, tem água parada com larvas de insetos


Na véspera da “faxina” prometida pela presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto e ministérios, o Panteão da Pátria – museu que homenageia os heróis nacionais – tinha larvas de insetos em áreas com acúmulo de água. O G1 foi nesta quinta-feira (28) até o espaço localizado na Praça dos Três Poderes, a cerca de 200 metros da sede do governo federal, do Supremo Tribunal Federal e do Congresso e encontrou o que pode ser criadouro de mosquitos, como o Aedes aegypti (veja vídeo).

Em entrevista nesta sexta, a presidente comentou o assunto. "Isso não podemos permitir [ao ser questionada sobre água parada no Panteão]. Eu não estou defendendo que acabe com lâminas d'água que enfeitam as cidades, mas estou dizendo que vamos ter de colocar larvicida, jogar para não ter a larva. Tem de fazer no Planalto, no Alvorada, no Panteão. É isso que estamos começando hoje."
Não é a primeira vez que se encontram focos do mosquito na Praça dos Três Poderes. Em 2012, a Vigilância Ambiental comprovou, por meio de exame de laboratório, a presença do Aedes aegypti no fosso do mastro da Bandeira. De acordo com o órgão, as larvas de Aedes aegypt não estavam contaminadas com o vírus causador da doença. Também em 2012, 

Testemunha diz que Odebrecht pagou obra em sítio frequentado por Lula

A ex-dona de um depósito de material de construção no interior de São Paulo disse que a construtora Odebrecht, uma das investigadas na Operação Lava Jato, pagou os itens usados na reforma de um sítio no interior de São Paulo usado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e por parentes dele.

MEGA - SENA - ACUMULOU - RESULTADO / CONFIRA A SUA APOSTA

05 11 27 41 42 54 Mais informações em instantes
RIO — Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 1.785 da Mega-Sena, cujo sorteio aconteceu neste sábado. O prêmio acumulou e no próximo sorteio poderá chegar a R$ 30 milhões.
Os números sorteados foram: 05 - 11 - 27 - 41 - 42 - 54. O sorteio foi realizado em Leopoldina, Minas Gerais.
O próximo sorteio será no dia 2 de fevereiro. A aposta mínima custa R$ 3,50. De acordo com a Caixa, a probabilidade de acerto da aposta simples, de seis números é de uma em 50 milhões. Já no caso da aposta de 10 números, aumenta para uma em 238 mil.


Morre ex-prefeito de Currais Novos Geraldo Gomes

Morreu nas primeiras horas deste domingo (31), o ex-prefeito de Currais Novos, Geraldo Gomes, de 84 anos. Ele estava internado na UTI do Hospital do Coração, em Natal, e seu estado de saúde era considerado delicado em decorrência de problemas respiratórios. A notícia da morte foi confirmada pelo seu filho, o advogado Carlson Gomes. Nascido em 09 de Janeiro de 1932, doutor Geraldo, como também era conhecido, governou Currais Novos por quatro oportunidades, sendo a última de 2009 a 2012.
Às 9h o corpo segue para Currais Novos, onde será celebrada missa às 14h na matriz de Santana. Às 16h ele será transladado de volta para a capital do estado, onde prosseguirá o velório no Centro de Velório São José. Às 8h desta segunda-feira (1º) será celebrada uma segunda missa e, em seguida, o sepultamento no Cemitério Morada da Paz, em Emaús.








Domingo de Potiba

O clássico deste domingo será o de número 103 entre Potiguar e Baraúnas em jogos válidos pelo campeonato estadual. A rivalidade estadual vem desde 1976, quando se enfrentaram pela primeira vez. Dia 27 de junho. Na oportunidade, o Baraúnas venceu de 1 a 0, gol de Zequinha aos 28 minutos do segundo tempo. Arbitragem de Nélson Luzia para 2.126 pagantes no Nogueirão.

Durante esses 40 anos de rivalidade, o Time Macho tem vantagem de 04 vitórias e de 10 gols de saldo. Venceu 36 jogos contra 32 do Leão do Oeste. No geral foram marcados 204 gols. O atacante Cícero Ramalho foi artilheiro nos dois clubes. Ao todo fez 11 gols, tornando-se o maior goleador da história do maior clássico do interior do Rio Grande do Norte. Veja mais:

Resumo histórico pelo Estadual – 1976 a 2015

Total de jogos: 102
Vitórias do Potiguar: 36
Vitórias do Baraúnas: 32
Diferença pro Potiguar: 04
Empates: 34
Total de gols: 204
Gols do Potiguar: 107
Gols do Baraúnas: 97
Saldo pro Potiguar: 10

Os últimos resultados

31 de janeiro de 2010 – Potiguar 1×3 Baraúnas
21 de março de 2010 – Baraúnas 0×3 Potiguar
19 de fevereiro de 2011 – Baraúnas 1×0 Potiguar
17 de abril de 2011 – Potiguar 0×1 Baraúnas
29 de janeiro de 2012 – Potiguar 1×1 Baraúnas
25 de março de 2012 – Baraúnas 0×0 Potiguar
03 de fevereiro de 2013 – Potiguar 2×0 Baraúnas
24 de fevereiro de 2013 – Baraúnas 1×1 Potiguar
17 de março de 2013 – Baraúnas 0×0 Potiguar
21 de abril de 2013 – Potiguar 0×1 Baraúnas
23 de fevereiro de 2014 – Potiguar 0×0 Baraúnas
06 de abril de 2014 – Baraúnas 1×2 Potiguar
01 de março de 2015 – Potiguar 1×2 Baraúnas
18 de abril de 2015 – Baraúnas 2×0 Potiguar

Fonte: Marcos Trindade, pesquisador do futebol potiguar.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Postagem do ator Caio Castro na cachoeira de Portalegre bomba no instagram

Já passava de 144 mil curtidas a foto publicada em seu instagram, do ator Caio Castro na cachoeira da Pinga, no município de Portalegre.
O global foi à região serrana do Estado com o apresentador Léo Souza, para gravações do programa Rota Intertv.
As imagens deverão ser encaminhadas à produção do Vídeo Show.
POR THAISA GALVÃO

É a primeira vez que Lula prestará depoimento como investigado. Ministério Público apura crime de ocultação de patrimônio no caso do tríplex do Guarujá

Lula e sua esposa Marisa trocam alianças, em Brasília
O ex-presidente Lula e sua mulher, Marisa Letícia, terão pouco mais de duas semanas para elaborar uma versão para as várias perguntas que permanecem sem respostas no caso do tríplex do Guarujá, que a OAS construiu e reformou para a família presidencial. Responsável pela investigação, o promotor Cássio Conserino, do Ministério Público de São Paulo, marcou o interrogatório de Lula e dona Marisa para o dia 17 de fevereiro. No mesmo dia, o promotor irá interrogar o empreiteiro Léo Pinheiro, amigo de Lula e ex-presidente da OAS, e o engenheiro Igor Pontes, que fazia o papel de guia de Lula e Marisa durante as visitas do casal ao tríplex.Como VEJA revelou em sua edição mais recente, o Ministério Público paulista investiga o ex-presidente Lula e dona Marisa pelo crime de lavagem de dinheiro decorrente da ocultação da propriedade do apartamento.

Ladrões fazem reféns durante tentativa de assalto a livraria em Natal

Criminosos trancaram clientes e funcionários em loja na Av. Rio Branco.

Após receberem coletes à prova de balas, assaltantes se renderam.

Depois que se renderam, criminosos foram levados para a delegacia  (Foto: 190RN)Depois que se renderam, criminosos foram levados para a delegacia (Foto: 190RN)
Uma tentativa de assalto com reféns mobilizou a Polícia Militar no início da tarde desta sexta-feira (29) no bairro de Cidade Alta, na Zona Leste de Natal.
Dois criminosos trancaram clientes e funcionários dentro da livraria Arco-Íris, que fica na Av. Rio Branco, uma das mais movimentadas da região.
A PM cercou a loja e houve negociação. Após receberem coletes à prova de balas, os dois assaltantes se entregaram. Não houve feridos.


Impeachment perdeu força', diz Temer durante visita em João Pessoa

Michel Temer falou sobre impeachment durante visita em João Pessoa (Foto: Reprodução/ TV Cabo Branco)Michel Temer falou sobre impeachment durante visita em João Pessoa (Foto: Reprodução/ TV Cabo Branco)
“O impeachment perdeu força”, disse o vice-presidente Michel Temer (PMDB) na manhã desta sexta-feira (29), em referência ao processo que corre no Congresso contra a presidente Dilma Rousseff (PT). Segundo Temer, “há algum tempo atrás o tema tinha mais consistência, mas perdeu”.

Temer diferenciou “o valor do país, o valor do governo e o valor do partido”. “O que está em pauta é o país, não é mais o partido ou o governo”. Segundo ele, o novo ano legislativo deve recuperar o “natural otimismo do brasileiro”. “Precisamos unidos tirar o país da crise”, avalia.
A declaração foi dada em entrevista à rádio CBN durante a visita do vice-presidente a João Pessoa, onde Temer participa de um evento do PMDB para apoiar a candidatura do deputado federal Manoel Júnior à prefeitura da capital.
Apesar disso, o vice-presidente reiterou a intenção do PMDB de ter candidato próprio na campanha presidencial de 2018. “Estamos passando por 2016 pelas eleições municipais e vamos chegar a com candidatura própria nas eleições para presidente”, garantiu.