BANNER 1

]

Os avanços na área da segurança pública foram destacados pelo governador Robinson Faria durante solenidade de comemoração pelos 182 anos da Polícia Militar do Rio Grande do Norte e 130 anos da banda de música da instituição. O evento teve a presença da cúpula da segurança do Rio Grande do Norte e foi realizada na Escola de Governo, no Centro Administrativo nesta segunda-feira (27).
  
O chefe do Executivo Estadual elencou as conquistas da PM em pouco mais de um ano de governo como a promoção de mais de cinco mil e trezentos agentes de segurança, dos quais quatro mil são policiais militares, o que corresponde à metade do efetivo do estado, concessão de direitos represados há décadas, criações das Áreas Integradas de Segurança Pública e do Ronda Cidadã, a polícia de proximidade que tem aprovação de 85% da população.

O governador destacou também os dois concursos públicos para três mil agentes de segurança, um para 2016 e o segundo para o próximo ano, o reajuste salarial de 26% desde janeiro de 2015 até o momento, investimento de R$ 2 milhões em capacitação e treinamento para os policiais, e mais R$ 7 milhões para renovar os contratos de aluguéis de 250 veículos para a PM.


Em 2016, o Governo irá investir mais R$ 15 milhões na renovação e ampliação da frota da Sesed. A frota também foi renovada para patrulhamento, fiscalização e apoio na realização dos serviços policiais com custo de quase R$ 4 milhões, o pagamento contínuo das diárias operacionais.

A Lei de Organização Básica (LOB), um dos pleitos antigos dos PMs, está nos ajustes finais, bem como o Código de Ética e elaboração do Estatuto seguem em elaboração, assim com foi instituída uma Comissão de Reestruturação da Legislação da Polícia Militar que incluí representações de Praças e Oficiais.

Sobre as ações que contemplaram as forças de segurança do estado, o governador foi enfático ao falar para a plateia composta quase que integralmente por policiais.  “Jamais um governo estadual deu tamanho enfoque à valorização dos profissionais da segurança pública. Desde o início do nosso governo não faltou motivação e vontade de atender aos sonhos da corporação. Mas hoje é um dia para renovar publicamente minha confiança no trabalho feito por todos vocês e convocá-los a continuar lutando pela paz que desejamos, um clamor da população”, disse.

O comandante Geral da PM, Dancleiton Pereira Leite, enfatizou as medidas adotadas pelo governo desde os primeiros dias da gestão. “Os ajustes represados que foram concedidos aos nossos policiais eram um sonho antigo, assim como a promoção dos profissionais. Desenvolvemos muitas ações como as Áreas Integradas de Segurança Pública, que vão trazer uma integração maior entre PM e Polícia Civil, e o Ronda Cidadã, que pretendemos expandir para outras cidades”, disse.

O secretário de Segurança do Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Ronaldo Lundgren, declarou que a atuação da Polícia Militar no estado deve ser parte de uma estrutura mais completa que deve contar com o apoio de vários entes.

“Nós podemos vencer o duelo contra o crime, mas isso não depende exclusivamente do Governo. Contamos com ações integradas com os municípios com uma melhor estrutura de segurança, saúde e educação públicas, asfaltamento, iniciativas do Ministério Público, do poder Judiciário, Sistema Penitenciário, Defensoria Pública e outros que podem contribuir decisivamente para que a população sinta segurança”, observou.

O aniversário da Polícia Militar contou com a presença de secretários de Estado, de representantes das Forças Armadas e de demais autoridades. No evento, foram concedidas as comendas “Amigos da PM” e do “Mérito Policial Luiz Gonzaga”, em reconhecimento às personalidades que contribuíram com o crescimento da instituição.

Postar Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem