segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Brics vão reforçar papel do novo banco de desenvolvimento

O ministro das Relações Exteriores, José Serra, afirmou que foi “bastante positivo” o resultado da VIII Cúpula dos países membros dos Brics. “Vamos reforçar o desenvolvimento do banco dos Brics, com uma agência na África do Sul que está voltada para o financiamento de atividades de energia limpa”, citou. “Foi também firmado um acordo de cooperação e pesquisa de agricultura e agropecuária com bastante profundidade para os próximos anos.”
De acordo com Serra, foi firmado memorando de entendimento de ações conjuntas na área de saúde. “A Índia trouxe a ideia de práticas tradicionais de medicina e nos (coube) a parte de medicamentos. A ideia é poder desenvolver mais a produção de medicamentos de alto custo que são essenciais”, disse.

O ministro destacou que a Índia é o principal parceiro do Brasil dentro dos Brics em relação ao setor de medicamentos. Ele apontou que o país produz cerca de 70% das matérias primas farmacêuticas mundiais. Segundo ele, a intenção é avaliar produtos patenteados, que têm um preço muito alto, e poder produzi-los a preços mais baixos.
Serra afirmou que a Anvisa está assinando com a instituição homologa da Índia um acordo de integração que poderá permitir no futuro realizar testes conjuntos, dado que são caros.
*Agência do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário