quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Governança Inovadora é destaque na América Latina

Projeto foi destaque em conferência na Colômbia entre 10 e 12 de outubro.
Coordenação do projeto é da Secretaria Estadual de Planejamento.


Conferência aconteceu na Colômbia entre 10 e 12 de outubro (Foto: Caio Marini)

A experiência de sucesso do projeto Governança Inovadora no Rio Grande do Norte foi destacada na Conferência anual do Grupo Latinoamericano por la Administración Pública, em Cali, na Colômbia. No evento, realizado entre 10 e 12 de outubro, o professor e diretor do Instituto Publix Caio Marini proferiu palestra sobre os 20 anos de reforma gerencial no Brasil onde destacou as experiências já consolidadas dos estados de Minas Gerais e Pernambuco, além do projeto Governança Inovadora que vem sendo implementado no Rio Grande do Norte.


“O  Governança Inovadora segue um modelo de gestão que é referência em vários países do mundo. Em cada congresso que apresentamos o projeto em curso no Rio Grande do Norte a receptividade é imensa e gratificante”, comentou.

O Grupo Latinoamericano por la Administración Pública é um fórum regional vinculado ao Instituto Internacional de Ciências Administrativas, com sede na Bélgica, que tem por missão fortalecer os vínculos e interagir com especialistas da América Latina e Caribe para promover a excelência na administração pública na região. A Conferência deste ano foi realizada com o apoio da Fundação Getúlio Vargas e da Universidad del Vale da Colômbia.
Chile
Em novembro, o secretário de Estado do Planejamento e das Finanças Gustavo Nogueira vai levar o Governança Inovadora ao Congresso Internacional del Centro Latinoamericano de Administración para el Desarrollo (CLAD), no Chile. O Rio Grande do Norte participa do evento a convite da organização do CLAD e apresenta o projeto dia 11 do próximo mês, em Santiago.
Para o titular da SEPLAN Gustavo Nogueira, a projeção do Governança Inovadora para fora do Brasil é um indicativo da importância do projeto para o Estado. “Estamos falando de um destacado projeto de modernização de gestão pública. Apresentamos o Governança Inovadora em congressos em Brasília, São Paulo, Paraíba, Colômbia e no próximo mês iremos ao Chile. O Estado não está parado se queixando da crise. Estamos nos preparando para o futuro. Quando essa crise passar, o Rio Grande do Norte terá um caminho a seguir definido a partir de um intenso diálogo com vários setores da sociedade”, afirmou.
O projeto Governança Inovadora é coordenado pela secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças e conta com o apoio do Instituto Publix. A iniciativa é custeada com recursos do tesouro estadual por meio de financiamento do Banco Mundial/RN Sustentável.
*G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário