sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Projeção de queda para PIB de 2016 passa de 3,5% para 3,1%, diz CNI

Da Agência Estado:

Com mais confiança dos empresários e os primeiros sinais de recuperação da economia, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) melhorou a maioria das previsões para a atividade em 2016. Agora, a entidade espera uma retração do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,1%, ante previsão anterior de queda de 3,5%. Os dados constam do Informe Conjuntural divulgado pela confederação trimestralmente. A expectativa é que o PIB industrial encolha 3,7% (era de -5,4% em julho).
Para os investimentos – medidos pela Formação Bruta de Capital Fixo– a projeção é de queda de 11%, ante -13,9% anteriormente. O consumo das famílias também deverá cair menos. A previsão é de queda de 4,6%, ante 4,8% no informe anterior.
A confederação espera uma inflação ligeiramente menor, em 7,1% (era 7,3%), mas a desaceleração nos preços está em ritmo menor do que o esperado pela entidade.
A projeção para a taxa básica de juros no fim de 2016 foi mantida em 13,75% ao ano. A entidade aposta em dois cortes consecutivos de 0,25 p.p. nas próximas duas reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom).

Nenhum comentário:

Postar um comentário