sábado, 22 de outubro de 2016

Rosalba retorna de Brasília e demonstra otimismo para nova gestão



A prefeita eleita Rosalba Ciarlini retornou de Brasília onde visitou parlamentares e ministros em busca de parcerias e recursos para a nova administração à frente da Prefeitura de Mossoró. Rosalba avaliou de forma positiva a ida a capital federal em entrevista concedida a radialista Lilian Santana, no programa RPC Debate desta sexta (21).


Com a experiência dada pelos mandatos no Senado e Governo do Estado, Rosalba pôde discutir com parlamentares e representações da administração federal sobre a necessidade de investimentos do orçamento da União no município. “Podemos trazer boas notícias para a população. O deputado Beto Rosado (PP/RN) destinou emenda coletiva para Mossoró com o valor inicial de 40 milhões de reais. Nós direcionamos esses recursos para infraestrutura urbana, que são para obras de saneamento, pavimentação de ruas e melhoria das condições de mobilidade na cidade”, explica e cita também que não se trata de uma emenda impositiva. “Precisamos enviar os projetos e assim buscar a viabilidade desses recursos”.

A prefeita eleita mencionou também problemas de inadimplência enfrentados pela Prefeitura junto ao CAUC, que é a sigla do Cadastro Único de Convênio, que reúne e consolida todas as responsabilidades dos estados e municípios perante o Governo Federal. “Para firmar convênios e assegurar recursos, precisamos buscar a adimplência e dar credibilidade a Mossoró”, destaca.

Durante a entrevista, a progressista citou ainda a emenda individual do deputado Beto Rosado destinada a saúde. “Do valor, a maior parte será direcionada a saúde básica que inclui recuperação de unidades e manutenção. Há valores também destinados para a saúde especializada”, complementa.  Em Brasília, Rosalba participou também de audiência com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, e citou a importância de investimentos federais nesse setor. 

Rosalba Ciarlini explicou sobre a necessidade de conclusão das obras da BR 304 em visita à sede do DNIT e disse que há recursos assegurados para a construção de passarelas e iluminação na área do Complexo Viário do Abolição.

Ao final da entrevista, a prefeita que assume em janeiro de 2017, citou os trabalhos iniciados com a equipe de transição e diz que pretende antecipar o repasse das informações. “O quanto antes precisamos conhecer as informações detalhadas sobre a situação administrativa e financeira da Prefeitura. É assim que vamos planejar e pensar Mossoró. Estamos todos juntos em busca de retomar o desenvolvimento do nosso município”, finalizou. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário