segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Em tarde de despedida de Felipe Massa, Rosberg chega e 2º e vence mundial de F1 2016

Nico Rosberg celebra título no pódio do GP de Abu Dhabi (Foto: Getty Images)


Depois de bater na trave nos últimos dois anos, Nico Rosberg chegou a seu primeiro título mundial de Fórmula 1 na tarde deste domingo. O piloto alemão da Mercedes sustentou a sua posição de largada (segundo), e, mesmo chegando atrás do inglês Lewis Hamilton no GP de Abu Dhabi, terminou a temporada na frente, com 385 pontos, cinco a mais que o campeão das últimas duas temporadas. Sebastian Vettel, da Ferrari, completou o pódio nos Emirados Árabes Unidos.

Rosberg, de 31 anos, repetiu o feito de seu pai, o finlandês Keke Rosberg, campeão em 1982 – antes, apenas Graham Hill e Damon Hill haviam conseguido os títulos em família. Aliviado depois de sustentar a pressão de Vettel e do holandês Max Verstappen, Rosberg se emocionou ao ouvir o hino alemão no pódio e foi bastante cumprimentado pelo chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone.
Com uma boa vantagem (só precisava chegar em terceiro para garantir o título sem depender de Hamilton), o piloto alemão adotou cautela desde a largada no circuito de Yas Marina. Hamilton, por sua vez, usou uma estratégia inteligente, de segurar o ritmo da ponta para que os adversários chegassem mais próximos de Rosberg. Mas o alemão manteve a concentração e sustentou a posição que lhe servia.
Nico Rosberg se tornou o quarto alemão a se sagrar campeão da Fórmula 1. O país possui no total 13 títulos na categoria, sete de Michael Schumacher, quatro de Sebastian Vettel e mais um de Jochen Rindt.



Nenhum comentário:

Postar um comentário