segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Real Madrid vence o Kashima por 4 a 2 e é campeão do Mundial de Clubes


O Real Madrid passou sufoco, mas venceu o Kashima Antlers por 4 a 2 e conquistou o título do Mundial de Clubes pela quinta vez. Cristiano Ronaldo foi o grande nome do jogo, com três gols. Ele terminou o Mundial como artilheiro do torneio e foi escolhido o melhor jogador da competição disputada no Japão. O resultado foi importante também para o Real manter a incrível invencibilidade de 37 partidas. O time de Zidane não perde desde 6 de abril, quando foi derrotado pelo Wolfsburg por 2 a 0 nas quartas de final da Champions League, na temporada passada.


Apesar da superioridade do time espanhol, a final do Mundial foi complicadíssima o Real. Benzema, aos oito minutos do primeiro tempo, colocou o time na frente do placar. A sequência do jogo, porém, mostrou que o Kashima poderia sim ter levado a melhor na final. Shibasaki empatou aos 44 minutos da primeira etapa e virou aos 7 minutos do segundo tempo. O Real começou a ficar nervoso. Sergio Ramos, o capitão, só não foi expulso porque o árbitro claramente não quis deixar a equipe espanhola com um jogador a menos. Cristiano, de pênalti, empatou aos 14 minutos, mas o Kashima teve boas chances para marcar o terceiro. Não deu, e veio a prorrogação.

Aí brilhou a estrela de Cristiano Ronaldo. Ele aproveitou bobeada da zaga e virou o jogo aos 8 minutos. Aos 13, ele, de novo, deu números finais à decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário