terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Vereadores em pé de guerra








Foto: Walmir Alves
Não tem sido dos mais amenos o clima entre o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Jório Nogueira, e os demais vereadores.

A relação, que já era mais do que estremecida ,chegou ao nível mais elevado com a medida de exoneração de 143 assessores parlamentares; dentre estes, 126 que serviam aos vereadores em seus gabinetes parlamentares.

Boa parte destes ocupou as galerias do plenário na sessão desta sexta-feira, 6, em protesto às suas exonerações.

Testemunharam um verdadeiro tiroteio verbal entre o comandante da casa e os demais membros deste poderem um nível rasteiro de discussão e falta de decoro parlamentar jamais visto nos anais da história do legislativo mossoroense.

Cenas deprimentes, que não condizem com a missão principal de um parlamentar, que é o de discutir os reais problemas enfrentados pela população, tanto que, mesmo depois de quatro horas e meia de um debate inócuo, a sessão foi encerrada sem que fosse cumprida a  ordem do dia.

Lamentável, profundamente lamentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário