domingo, 5 de março de 2017

Trump pede ao Congresso que investigue supostas escutas em seus telefones


O presidente Donald Trump pediu ao Congresso que investigue as escutas "com potencial motivação política" de seus telefones durante a campanha eleitoral de 2016, informou a Casa Branca neste domingo.


O anúncio acontece um dia depois que Trump usou o Twitter para acusar seu antecessor Barack Obama de grampear seus telefones antes das eleições de novembro, sem, no entanto, fornecer qualquer tipo de prova dessa acusação, negada por um porta-voz do ex-presidente.

"Eu apostaria que um bom advogado poderia levar adiante um caso pelo fato de que o Presidente Obama grampeou meus telefones em outubro, antes da eleição!", escreveu Trump no Twitter

"Como o Presidente Obama caiu tão baixo a grampear meus telefones durante o sagrado processo eleioral. Isso é Nixon/Watergate. Cara ruim (ou doente)!", assinala em outro tuíte.

Em resposta à acusação, um porta-voz do ex-presidente Barack Obama afirmou que o ex-presidente jamais ordenou que cidadãos americanos fossem alvo de espionagem. A declaração classificou de "simplesmente falsa" a acusação feita pelo atual ocupante da Casa Branca, Donald Trump.

*G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário