segunda-feira, 24 de abril de 2017

Câmara Municipal retoma projeto da Câmara Mirim


Alunos de trezes escolas do município, da rede pública municipal e estadual e da rede privada, terão a oportunidade de atuar como vereadores, formando a Câmara Mirim, composta por 21 parlamentares.

Os estudantes do 6º ao 9º ano estão aptos a participar da disputa eleitoral, já para os eleitores a abrangência é maior, podendo votar alunos do Ensino Fundamental I e Fundamental II. Cada escola estabeleceu condições próprias para a realização das campanhas e da votação, incluindo regras adicionais, de acordo com o projeto pedagógico da instituição de ensino. A votação deve ocorrer até a sexta-feira, dia 28 de abril. Cada escola de ensino público elegerá dois vereadores mirins e dois suplentes e cada escola particular, um vereador e um suplente


Os vereadores mirins tomarão posse no dia 5 de maio, às 9h, no plenário da Câmara Municipal e, a partir daí, desempenharão um papel similar ao dos vereadores do município, respeitando, inclusive, todos os processos e trâmites do Poder Legislativo local. As escolas deverão auxiliar seus vereadores, apresentando temas relevantes para que possam ser discutidos em plenário, durante as sessões.




O vereador Petras Vinícius (DEM), responsável pelo projeto, destaca a importância da participação dos jovens na política, para melhor entender o funcionamento do Poder Legislativo, incluindo o trabalho do vereador, e também para conhecer os direitos e deveres do cidadão. “Com esse projeto, os alunos terão a oportunidade de vivenciar e compreender a importância da política não para o interesse próprio, mas para a coletividade, com a participação de toda a comunidade escolar. E ainda terão o suporte de assessoria da própria Câmara e das faculdades de Direito, da Universidade Potiguar (UnP), e de Comunicação, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)”, destacou.

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro (PMDB), reforça a importância do projeto para aproximar a população da Casa Legislativa, envolvendo os alunos e também pais e professores nas discussões pertinentes ao município. A vereadora também destacou a importância da presença de vereadoras, aumentando a representatividade da mulher. “Esses jovens representam nosso futuro e é a partir deles que poderemos pensar em uma sociedade melhor, com mais cidadania. É importante que as meninas também participem desse processo, sejam candidatas e possam representar o público feminino também como vereadoras mirins”, afirmou.

 A legislatura 2017 da Câmara Mirim encerra no dia 24 de novembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário