terça-feira, 11 de abril de 2017

Sandra Rosado defende retomada da Estrada do Cajueiro

  
Vereadora Sandra conversa com presidente Eunício em evento do PMDB no Ceará, sábado


​Na sessão desta terça-feira, vereadora conclamou Câmara a se unir em defesa de obra Foto: Edilberto Barros

A vereadora Sandra Rosado (PSB) defende que a Câmara Municipal de Mossoró lidere mobilização, para ecoar em Brasília (DF), em defesa da Estrada do Cajueiro (BR-437). Em discurso na sessão de hoje (11), a parlamentar convoca Mossoró a assumir protagonismo em favor da obra.

“É uma necessidade antiga. A Estrada do Cajueiro necessita ser asfaltada, está quase intransitável. A obra vai dotar a Região Oeste de um corredor econômico, ligando a Chapada do Apodi ao Vale do Jaguaribe, no Ceará. Precisamos unir forças para realizar esse sonho antigo”, conclama.

Articulação
Nesse sentido, a vereadora relatou a
conversa a respeito, com o presidente do Senado, Eunício Oliveira, em evento do PMDB, sábado (8), em Limoeiro do Norte (CE). “O senador se comprometeu a reforçar nosso pleito no Ministério dos Transportes, como também o senador Garibaldi Filho”, conta.

De Mossoró, participaram do encontro os vereadores Izabel Montenegro (PMDB), presidente da Câmara Municipal, e João Gentil (PV). E de Baraúna, município cortado pela BR-437, o presidente da Câmara Municipal, Marcos Antônio (PMDB), e o ex-prefeito Edson Barbosa (PV).

Desenvolvimento                                                                                                             A reivindicação defende o asfaltamento dos 38 quilômetros da Estrada do Cajueiro em território potiguar, a partir de Jucuri, zona rural de Mossoró. Os demais 42 quilômetros ficam no Ceará. A obra dará impulso ao progresso econômico e social de Mossoró e Oeste Potiguar.

“Facilitará o escoamento de produtos, fortalecerá o intercâmbio comercial, incentivará instalação de empresas, valorizará as existentes, além de abrir nova janela para o turismo e multiplicar negócios. A obra sempre teve nossa atenção, e assim continua na Câmara Municipal”, frisa Sandra.





Nenhum comentário:

Postar um comentário