quarta-feira, 3 de maio de 2017

Aeroclube de Mossoró e Instituto Vale do Jaguaribe fecham parceria para o FAM 2017


O Aeroclube de Mossoró, através de seu presidente José Diomar Freire e do Vice-presidente Jerônimo Sérgio Rosado Maia Filho, receberam na tarde da última quarta-feira, 26/04, em sua sede, localizada no Aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró, representantes da Faculdade do Vale do Jaguaribe – FVJ e do Instituto de Estudos, Pesquisa e Projetos Vale do Jaguaribe.
Aeroclube de Mossoró recebeu representantes da FVJ
O objetivo do encontro foi para consolidar, através de um convênio de cooperação mútua, que foi assinado na oportunidade, para execução do FAM – Festival Aéreo de Mossoró, cuja data de realização está marcada para os dias 16 a 19 de novembro de 2017, no aeroporto de Mossoró.
O FAM, um dos maiores eventos aerodesportivo do país ocorreu pela última vez em Mossoró no ano de 2008. Um ano antes, em 2007, o evento recebia o seu maior público, quando cerca de 50 mil pessoas estiveram no aeroporto para assistir à apresentação da Esquadrilha da Fumaça.  O evento chegou a ser qualificado pela Abul – Associação Brasileira de Ultraleves, como o maior festival do gênero da América do Sul.
A cooperação terá, entre outros objetivos, a articulação, promoção e elaboração de projetos para captação de investimentos para o FAM, a cooperação voluntária de alunos da FVJ no evento, além de ações que envolvem cursos de extensão para formação, capacitação e especificação de pilotos na área da aviação.
Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer as estruturas do aeroporto e do Aeroclube de Mossoró, que é considerado um dos mais antigos do Brasil, fundado na década de 40.
A equipe que veio à Mossoró foi composta por Rosemary Nogueira Ribeiro da Assessoria de Planejamento e Coordenação, José Deroci Aguiar e Silva, Diretor Administrativo-Financeiro, pela FVJ e pelos Arquitetos Luciano Leite Saraiva, da Saraiva Arquitetura e Bruna Barros da Escala Arquitetos, que são parceiros do Faculdade e do Instituto no desenvolvimento do projeto do CTPA – Centro de Tecnologia e Práticas Aeroespaciais, que deve mudar o cenário econômico do vizinho município cearense. Um projeto arrojado que merece um capítulo sobre sua concepção e que mostra a capacidade empreendedora que possui o Ceará.
Presidente e vice assinam convênio.
O CTPA, tem o propósito de projetar o potencial do Município de Aracati – CE para o mundo, abrangendo
conexão imediata com toda a América do Sul , América Central, Sudeste dos Estados Unidos, Sudoeste  da Europa e o Continente Africano, em razão de sua localização geográfica privilegiada, partindo da sinergia entre as importantes infraestruturas já consolidadas: Aeroporto Dragão do Mar, Oficina  de Aviação TAM Executiva, Faculdade do Vale do Jaguaribe (FVJ), Instituto Federal do Ceará (IFCE) e o potencial Turístico da praia de Canoa Quebrada, que está inserida no roteiro turístico Rota das Falésias, da qual também faz parte o município de Mossoró.
Através de etapas, o CTPA pretende implementar cursos de manutenção e pintura de aeronaves através da Faculdade do Vale do Jaguaribe e absorvida pela TAM Executiva, aproximar os cursos teóricos e práticos para Piloto Privado (PP) e Piloto Comercial (PC) e piloto de Helicóptero, notadamente pela proximidade da Faculdade com o aeroporto, culminando com a união da pesquisa, educação e entretenimento com atividades e eventos impulsionado pelos assuntos aeroespaciais.
Como podem ver, mais uma sacada que envolve ações privadas, que conta com apoios governamentais, aflorando o costumeiro viés empreendedor que possui o Ceará. Mossoró que já vem desenvolvendo ações em conjunto, principalmente no campo da atividade do Turismo, cada vez mais se aproxima do cearense, devendo contribuir para criação de uma zona de desenvolvimento, em razão da proximidade geográfica que possui com Estado do CE. Além do convênio de cooperação mútua entre o aeroclube mossoroense e o Instituto de Estudos, Pesquisa e Projetos Vale do Jaguaribe, em uma prova inequívoca da aproximação entre os dois municípios, uma outra parceira poderá vir a ser desenvolvida entre o Instituto, desta feita com o Mossoró Convention & Visitors Bureau, uma vez que a Faculdade do Vale do Jaguaribe, que já possui unidade em Mossoró, absorveu a estrutura do antigo Show Automall e lá, além concentrar toda sua nova estrutura acadêmica pretende transformará parte do área em ambiente para exposições e eventos, indo ao encontro da entidade mossoroense que já havia entrado em entendimentos com o proprietário daquele local, para, em razão de Mossoró não poder mais dispor do Centro de Exposições e Eventos – EXPOCENTER, absorvido pela UFERSA, buscar uma alternativa neste sentido. Em conversa com o Diretor administrativo e financeiro da FVJ, José Deroci Aguiar e Silva, o mesmo acha viável e entende que o espaço poderá ter esta função como um ambiente de exposição cultural e para eventos. A Faculdade ver com bons olhos esta possibilidade e retornará em breve à nossa cidade para aprofundamento do assunto com a diretoria do Convention Bureau de Mossoró. Fica o sentimento que saídas para as crises do nosso cotidiano passam também pela busca em soluções práticas, com criação de áreas regionais que integrem municípios e quebrem barreiras territoriais. É a atividade do turismo que está provocando esse novo cenário e nisso Mossoró tem que apostar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário