segunda-feira, 22 de maio de 2017

Comissão rejeita mudança na Tribuna Popular

           Reunião da Comissão de Constituição e Justiça, nesta segunda-feira (22)

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Mossoró rejeitou, na manhã desta segunda-feira, o projeto de autoria da Mesa Diretora que modifica a Tribuna Popular, a qual dá espaço para representantes da sociedade nas sessões da Câmara.


A proposta reduz o tempo de discurso de dez para cinco minutos e restringe intervenções dos vereadores (apartes) sobre o tema tratado. A proposição foi rejeitada pelos três membros da CCJR presentes à reunião: vereadora Sandra Rosado (presidente), vereador Genilson Alves e vereadora Isolda Dantas.


Como a decisão da Comissão de Constituição, Justiça e Redação não é terminativa, a palavra final sobre possíveis mudanças na Tribuna Popular será dada pelo plenário. “Será uma oportunidade para o assunto ser debatido de forma mais plural e profunda, agora com a decisão da CCJR”, avalia Sandra Rosado.
Produtividade
Nesta segunda-feira, a CCJR votou outras 14 matérias, relatadas pelos vereadores participantes da reunião. As propostas versam sobre meio ambiente, saúde, direitos da mulher, entre outros, e terão seguimento nas demais comissões ou no plenário da Casa.
Além disso, o colegiado designou relatores de outros 15 projetos, divididos para Sandra Rosado, Genilson Alves e Isolda Dantas. As proposições serão votadas na próxima reunião da CCJR, segunda-feira, 29. Sandra Rosado avalia de forma positiva o trabalho da comissão.
“Estamos conseguindo estabelecer um bom ritmo de trabalho, com reuniões semanais, para avaliar os projetos. Precisamos dar sequência, pois cerca de 100 projetos já deram entrada na Comissão só este ano, o que demonstra a produtividade na atual legislatura”, comenta a presidente Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário