quinta-feira, 4 de maio de 2017

Desenvolvimento Social lança campanha 18 de Maio



A Campanha 18 de Maio foi lançada nesta manhã no Auditório da Estação das Artes Eliseu Ventania. A programação será realizada no decorrer do mês de maio, com seminários em torno do tema, na Estação das Artes e no Teatro Dix-Huit Rosado.

O auge da campanha é o 18 de maio “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, em alusão a morte da criança Araceli Santos, vítima de sequestro, estupro e assassinato em 1973, em Vitória, Espírito Santo.


As ações serão realizadas através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS/PSE), em parcerias com outros órgãos que compõem a rede de atendimento à criança e adolescente. “Nossas ações são voltadas ao entendimento do direito à proteção sexual. Esse momento foi pensado para que todos da Assistência Social sejam multiplicadores junto à sociedade”, disse Marcela Vieira, coordenadora do CREAS.

De acordo com Marcela Vieira, a articulação é importante para preparar as equipes para as ações em torno da campanha. “O mês de maio é um momento de chamar a atenção, apenas um alerta para que as ações em torno do combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes sejam realizadas durante o ano inteiro”, continuou.

A secretária do Desenvolvimento Social e Juventude, Lorena Ciarlini chamou atenção para que todos estivessem unidos pela causa. “De longe ninguém imagina a problemática do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes. Nós da Assistência Social somos como guardiões dessas crianças e temos que articular toda a cidade, toda a sociedade”, destacou.

A programação estará reforçando a implantação e implementação do Plano Municipal de Enfrentamento à Violência contra Criança e Adolescente, no sentido de unir forças e distribuir responsabilidades para com a defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário