quarta-feira, 3 de maio de 2017

MPRN debate política pública sobre drogas

Oficina será realizada no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, em Natal (Foto: Divulgação/Ministério Público do RN)

política pública sobre drogas no Rio Grande do Norte será tema de oficina do Ministério Público nos dias 4 e 5 de maio em Natal. O objetivo do MPRN é debater questões referentes à política nacional de enfrentamento às drogas, buscando a construção de parcerias com a Justiça e com o Poder Executivo.



A oficina é destinada a integrantes do MPRN, da Defensoria Pública, do Judiciário e das polícias Civil e Militar, além de representantes dos comitês gestores municipais do projeto institucional 'Transformando Destinos' em Natal, Mossoró, Parnamirim, Macau, Parelhas e do RN, membros dos conselhos estadual e municipais de políticas sobre drogas (Coneds e Comuds) e técnicos ligados às respectivas secretarias.

A oficina acontece no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, localizada na Rua Promotor Manoel Alves Pessoa Neto, nº 97, no bairro Candelária. Confira a programação abaixo:

Programação

Quinta-feira (4)

19h – Mesa de abertura;

Assinatura do Memorando de Entendimento entre o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) e o MPRN;

Apresentação do UNODC (Rafael Franzini – Representante do UNODC no Brasil).

19h30 – Palestra de abertura: Política de Drogas é Política de Segurança (Vitore Maximiniano DPE/SP).

Sexta-feira (5)

8h30 – Mesa redonda "A política de drogas no Brasil: a intersetorialidade na prevenção, no cuidado e na repressão" com a mediação da coordenação do Projeto Transformando Destinos;

Eixo prevenção (Ana Ferraz, coordenadoria geral de Prevenção Senad/MJSP);

Eixo cuidado (Graziella Barbosa, Projeto Redes – Sudeste Fiocruz/Senad);

Eixo repressão (Rafael Franzini – Representante do UNODC no Brasil).

11h – Coffee break

11h30 – Mesa redonda "Os desafios do cuidado integral e intersetorial e a exclusão social no Brasil – o cuidado na política sobre drogas" com a mediação do presidente do Coned/RN, Adriano Araújo;

Pesquisa nacional sobre o uso do crack e outras evidências científicas no campo das políticas de drogas no Brasil (Francisco Neto, Fiocruz/RJ);

Experiência do cuidado em audiências de custódia (Antônio Maria Patino Zorz (TJSP);

O papel da saúde no cuidado (Francisco Cordeiro, UNODC).

14h – Encerramento pela coordenação do 'Transformando Destinos'.

*G1 RN


Nenhum comentário:

Postar um comentário