quarta-feira, 3 de maio de 2017

Prefeitura de Mossoró fará projeções para concluir salários de dezembro


A Prefeitura Municipal de Mossoró e o Sindiserpum voltaram a se reunir nesta quarta-feira (03) para discutirem demandas dos servidores. A reunião foi realizada na Secretaria Municipal de Administração e Finanças e contou com participação dos secretários municipais Ronaldo Cruz (Administração e Finanças), Anselmo Carvalho (Consultoria Geral), Karina Ferreira (Procuradoria Geral), Aglair Abreu (Comunicação Social), Fátima Marques (Controladoria Geral), Lorena Ciarlini (Desenvolvimento Social e Juventude), Magali Delfino (Educação, Esporte e Lazer), Eliéser Girão (Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito), presidente e vice-presidente do Sindiserpum, Marleide Cunha e Gilberto Diógenes, respectivamente, além da secretária executiva da Saúde, Joaniza Vale, o Procurador do Município, Edmar Vieira, e dos dirigentes sindicais Celina Gondim, Jerônimo Emiliano e Eliete Vieira.

 A principal pauta de discussão foi o pagamento de pendências do mês de dezembro de 2016, incluindo os salários e o 13° de parte dos servidores e o repasse do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ). Apenas um terço dos servidores não recebeu dezembro.

Ronaldo Cruz informou que o município continua acompanhando as projeções de recursos e que serão feitas simulações para apresentação de proposta para pagamento do restante da folha de dezembro. O secretário lembrou que Mossoró passa por inúmeras dificuldades, com a redução de recursos “também por conta de diversos acordos judiciais”, observou. 

No primeiro quadrimestre deste ano, o município negociou mais de R$ 8 milhões somente com cooperativas médicas e tem mais R$ 5 milhões para negociar ainda nesta semana, destacou Karina Ferreira, afirmando que o esforço para pagar os servidores em dia será contínuo. 

Anselmo Carvalho acrescentou que a prefeita Rosalba Ciarlini determinou que “a prioridade das prioridades” deste ano de 2017 é pagar e manter os salários em dia. “Rosalba não quer que se repita o atraso dos salários”, ressaltou. O secretário disse que ainda não há condição de fazer um cronograma para o pagamento das pendências de dezembro, que depende do fluxo de recursos. “Só vamos assumir qualquer tipo de responsabilidade que possa ser cumprida. Garantimos que a prioridade é o pagamento dos servidores”, reforçou Anselmo Carvalho. 

Ficou definido que a Secretaria Municipal de Administração e Finanças vai continuar acompanhando as projeções de recursos e que uma nova reunião será agendada o mais breve possível para apresentação de proposta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário