segunda-feira, 26 de junho de 2017

Natal, Rodolfo Fernandes e Gov. Dix-sept Rosado vencem concurso de quadrilha


Após a fase eliminatória do Concurso Estadual de Quadrilha Tradicional, na Arena Deodete Dias, do Mossoró Cidade Junina 2017, seis quadrilhas conseguiram classificação para disputarem a final do concurso que aconteceu na noite deste domingo, 25.


As finalistas foram:
*Matuteiros do Sertão, de Mossoró
*Bacanas da Amauri, de Baraúna
*Sonho Matuto, de Areia Branca
*Explosão Junina, de Gov. Dix-sept Rosado
*Padre Pina, de Natal
*Explosão Matuta, de Rodolfo Fernandes

As arquibancadas da Arena Deodete Dias estavam com sua lotação máxima e havia espectadores acompanhando as apresentações do lado de fora. “Para uma quadrilha se apresentar com a arena completamente lotada faz toda diferença. A gente consegue sentir o calor e a emoção do público e em troca passamos toda a verdade do nosso trabalho”, afirmou Elien Rêgo, quadrilheira junina da Bacanas da Amauri, que encerrou a noite de apresentações.

Acompanhando a apresentação da quadrilha da sua cidade, o prefeito de Gov. Dix-sept Rosado, Antonio Freire, parabenizou a organização do concurso. “Os organizadores deste concurso em Mossoró merece todo o reconhecimento. Montar uma arena deste porte significa valorizar a cultura junina”, comentou o prefeito.

A prefeita Rosalba Ciarlini também foi prestigiar a final do concurso e destacou a credibilidade e lisura do certame. “Os concursos estadual e interestadual só comprovam que essas outras cidades acreditam na seriedade do nosso projeto, em troca a nossa obrigação é promover um concurso justo que no final sejam vitoriosos os grupos que realmente fizerem um bom trabalho na arena”, apontou a prefeita.

No final da noite a quadrilha Padre Piná, de Natal, se consagrou com a grande campeã do Concurso Estadual de Quadrilha Tradicional. Até então o posto de melhor quadrilha tradicional do RN era da Explosão Junina, de Gov. Dix-sept Rosado, vencedora em 2016.

O resultado final ficou da seguinte forma:
1º Lugar: Padre Piná, de Natal
2º Lugar: Explosão Matuta, de Rodolfo Fernandes
3º Lugar: Explosão Junina, de Gov. Dix-sept Rosado


Nenhum comentário:

Postar um comentário