domingo, 4 de junho de 2017

PRESIDENTE DA CÂMARA, IZABEL MONTENEGRO É VITIMA DE ARRASTÃO EM SUA RESIDENCIA



A presidente da Câmara de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro (PMDB) foi vitima de arrastão praticado por bandidos em sua residencia localizada no bairro Doze Anos na ultima sexa feira, 02.

Em relato feito pela própria Izabel nas redes sociais, fica patente a tamanha ousadia dos meliantes na ação, tanto quanto a aflição vivida por ela juntamente com sua família naquele momento de panico e pavor.

Apesar do equilíbrio com o qual a presidente da  Câmara demostrou ter enfrentado o infeliz diopsídio, ter sido fundamental para um desfecho não tão trágico.

Acompanhe o relato:

Ontem por volta de 5:30hs, madrugada, eu estava aguardando o carro para me dirigir a Natal, tinha compromissos no TCE e na Assembléia Legislativa, ia acompanhada do Vereador Professor Fco Carlos.

Ao ouvir a campainha tocar me encaminhei ao portão com a bolsa na mão para seguir viagem, ao abrir o portão me surpreendi com 4 ou 5 elementos armados, já com o motorista rendido, anunciaram um assalto.

Eram novos, nervosos, uns mascarados e outros de boné, me tomaram a bolsa, a aliança, e começaram a dizer que queriam ouro, televisões, celulares, dinheiro, "queremos tudo"! Pedi calma, disse que eles podiam levar o que quisessem.


Adentramos na casa, nesse momento, com o barulho, o meu marido acordou e apareceu no alto da escada, nossa casa é de primeiro andar, perguntando o que era aquilo, eu gritei: É um assalto, tenha calma que vai dar tudo certo!


Eles foram até um quarto em que estava uma pessoa que mora conosco, tomaram o celular dela, a renderam e colocaram debruço, na sala, ela, meu marido e Gilson o motorista.


Um dos assaltantes, com a arma na minha cabeça, foi até o meu quarto e perguntou pelas jóias, eu mostrei uma caixa e disse que ali tinha poucas jóias a maioria era bijuterias, eles pegaram, tiraram a televisão da sala e colocaram no carro da minha filha, pegaram o salário mínimo da nossa auxiliar, estava em uma gaveta e um resto de talão de cheques que tinha na minha bolsa.


Pegaram o carro da minha filha, colocaram uma TV grande no banco de trás, e pediram o controle do portão para sair, eles não sabiam nem ligar o carro, é ligado em um botão.


Eu falei para eles: levem essa camionete vocês não vão saber dirigir esse carro! Eles concordaram, tirei o carro da minha filha do meio, e eles se dirigiram para o carro que sugeri, abri o portão da garagem, só que eles não sabiam dirigir carro automático e começaram a bater, nas paredes, no portão e em um poste que tinha na calçada, saída da garagem.


Eles ficaram tão nervosos que o carro que tava dando cobertura ficou atrás da camionete e eles bateram nele também. Vendo que não conseguiam levar o nosso carro, saíram pelas janelas, nem as portas conseguiram abrir, e fugiram no carro que vieram.


Graças a Deus ninguém saiu machucado fisicamente, já agradecemos muito a Nosso Senhor e a Nossa Senhora.


O que mais me magoou nesse episódio foi ver comentários de postagem sobre o ocorrido de pessoas dizendo: "eu acho é pouco", "agora pode ser que os politicos façam alguma coisa" "os politicos não estão nem ai, vão botar mais segurança e blindar os carros".


Essas pessoas são piores que os assaltantes, pois estudaram, alguns em capitais onde o ensino é top; diante de comentários desse tipo não posso classifica-los de seres humanos sadios. Quem se regozija com a desgraça alheia é um ser normal?

Nota do blog:

Nossa solidariedade a Izabel Montenegro e seu esposo Nico e demais vitimas neste momento impactante e que Deus poça continuar a iluminar seus caminhos e que a nossa cidade possa encontrar soluções que venham a minimizar estes índices de violências, aos quais estamos submetidos todos nós indistintamente.  




Nenhum comentário:

Postar um comentário