sexta-feira, 7 de julho de 2017

Câmara aprova projeto do Executivo que aumenta auxílios moradia e alimentação do Mais Médicos


A Câmara Municipal de Mossoró (CMM) aprovou na manhã desta quinta-feira (6), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei do Executivo N. 1.194, de 05 de junho de 2017, que altera a Lei n. 3.186, de 4 de julho de 2014, que institui o auxílio-alimentação e o auxílio-moradia no âmbito do Município de Mossoró aos médicos participantes do Projeto Mais Médicos para o Brasil. O projeto foi aprovado à unanimidade pelos 11 vereadores presentes.

O projeto tem o objetivo de reajustar o o valor desses auxílios, dentro dos recursos recebidos para esse fim, e de acordo com a margem de valores mínimo e máximo admitidos pela Portaria n° 30, de 12 de fevereiro de 2014, do Secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde.



Com a aprovação, o valor do auxílio-moradia passa para R$ 2.300,00 (reajuste de 130%) e do auxílio alimentação para R$ 700,00 (40% de reajuste). Atualmente, o valor do auxílio-moradia é de R$ 1.000,00 e do auxílio alimentação R$ 500,00.

A prefeita Rosalba Ciarlini destacou que o reajuste atualiza os valores dos auxílios, que eram os mesmos desde 2014, e é uma forma de valorizar os médicos que desenvolvem um importante trabalho em Mossoró. “O Mais Médicos é um programa importante e que tem trazido resultados positivos na saúde básica da população, que, inclusive aprova o serviços prestados pelos médicos participantes. Então, nada mais justa do que valorizar esses profissionais”, acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário