segunda-feira, 31 de julho de 2017

Desaparecido há três dias, taxista de Mossoró é encontrado morto

Everaldo Batista Zuza, de 41 anos, estava desaparecido desde a última quinta-feira (27). Três suspeitos foram ouvidos pela polícia; um deles confessou o crime e ficou preso.

Everaldo Batista Zuza tinha 41 anos (Foto: Arquivo da Família)

Everaldo Batista Zuza tinha 41 anos (Foto: Arquivo da Família)

Um taxista de 41 anos, que estava desaparecido desde a última quinta-feira (27) em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar, foi encontrado morto na manhã deste domingo (30). Everaldo Batista Zuza fazia a linha Mossoró–Natal quando foi visto pela última vez. Três suspeitos foram ouvidos pela polícia. Um deles confessou o crime e ficou preso.


Ao perceber o sumiço de Everaldo, os familiares se mobilizaram e iniciaram a procura através das redes sociais. O taxista teria voltado da capital com uma encomenda e com dois passageiros. Imagens do circuito interno de uma empresa mostram o taxista recebendo a encomenda com a ajuda de uma pessoa.

Devido a mobilização nas redes sociais, populares reconheceram o táxi de Everaldo estacionado em frente a uma residência na Av. Alberto Maranhão, no bairro Barrocas, em Mossoró, e chamaram a polícia. Ao chegarem ao local, os policiais encontraram três pessoas. Um deles confessou o crime e indicou onde estava o corpo do taxista.

O corpo estava em uma das marginais da BR-405, na região do Jucuri. Everaldo estava sem algumas peças de roupas e com marcas de facadas. A faca foi encontrada dentro do táxi.

Delegado plantonista, Evandro Santos disse que o caso será repassado para a Delegacia Especializada de Furtos e Roubos (Defur), por se tratar de um latrocínio (roubo seguido de morte). A polícia ainda investiga a participação de outras pessoas no crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário