quinta-feira, 13 de julho de 2017

Mossoró Convention empossa Conselho de Administração

Será empossada hoje às 18 horas no auditório da ACIM – Associação Comercial e Industrial de Mossoró, a nova diretoria do Mossoró Convention & Visitors Bureau para o biênio 2017/2019.


Criada em 2003 por um grupo de abnegados empresários Mossoroenses, como João Batista Cascudo Rodrigues (in memorian), Rutilo Coelho, João Sabino de Moura, Nilson Brasil e José Rodrigues da Costa (in memorian), entre outros, para se tornar entidade representativa do trade turístico de Mossoró e Região, espelhada em outra congênere nordestina, o Convention Bureau de Campina Grande, o MC&VB acabou atuando por pouco tempo, paralisando suas atividades dois anos depois, em 2005.


8 anos depois em 2013, a entidade foi novamente reativada constituída por uma junta diretiva, tendo novamente à frente o empresário hoteleiro João Sabino de Moura.

A reativação deu-se na oportunidade, em razão das escolhas de Natal e Fortaleza/CE para sedes da Copa do Mundo de Futebol. Por Mossoró estar localizada entre as duas capitais nordestinas, o Convention tentou mobilizar o trade turístico, as entidades representativas, a prefeitura municipal e o Governo Estadual diante da grande oportunidade que se avizinhava. Porém, apesar de todos os esforços, a ausência de um histórico empresarial da entidade, aliada às poucas ações governamentais e privadas, Mossoró sequer foi qualificada pela Secretaria Estadual de Turismo como cidade integrada à copa, mesmo ocorrendo no período do evento esportivo os festejos juninos, que poderia se tornar um grande atrativo cultural para turistas nacionais e estrangeiros.

Diferente disso, os turistas que aportavam em Natal, se estendiam à cidade paraibana de Campina Grande, que ao contrário de Mossoró foi reconhecida pelo Ministério do Turismo como cidade integrada a copa com a temática cultural, notadamente pela sua conhecida festa junina, recebendo um volume muito grande de turistas.

Após a realização da copa, a entidade continuou diferentemente da época que foi criada, com suas atividades, constituindo, através de um processo eleitoral, uma nova diretoria, tendo o empresário hoteleiro, Diego Coelho assumido a presidência do Mossoró Convention & Visitors Bureau.

A partir de então o MC&VB passou a dar início a uma série de ações, começando com a mobilização que culminou com a criação da pasta municipal de turismo, pela primeira vez com status de secretaria, o que não durou muito, tendo a Prefeitura de Mossoró, no ano seguinte, tornando-a, através de uma reforma administrativa, uma pasta vinculada à secretaria do Desenvolvimento Econômico, sem estrutura física adequada e sem dotação orçamentária própria, mantendo-se assim até os dias atuais.

Sem desanimar, o MC&VB assumiu definitivamente o papel de organizar o setor turístico e liderar as principais ações de desenvolvimento da atividade realizando inúmeros famtours, fampress, famtrips, divulgando os atrativos turísticos de Mossoró e Região da Costa Branca, participando em eventos e feiras de turismo regionais e nacionais, promovendo o calendário de eventos de Mossoró, principalmente a sua grande festa junina.

A entidade começou a desenvolver ações institucionais em parceria com a ACIM, o Sindivarejo, a CDL e o Sinduscon, como a luta pela reativação do aeroporto, conquistando assento no Polo de Desenvolvimento do Turismo Costa Branca, colaborando para tornar o Conselho mais efetivo com mais resultados práticos, cobrando incessantemente o processo de interiorização junto a Secretaria de Estado do Turismo, atualmente com resultados satisfatórios.

Porém, com a desmobilização do setor petrolífero, duas ações recentes definem bem a importância do Convention Bureau para o crescimento econômico de Mossoró: 1) o papel de liderar e reunir entidades de classes de Mossoró em torno da integração da cidade à Rota das Falésias, roteiro turístico cearense, culminando com a união do CE e o RN, quebrando as barreiras territoriais e geográficas entre os dois Estados, cujos primeiros frutos já começaram a ser colhidos; e 2) igualmente atuar como líder reunindo e mobilizando sete entidades representativas da cidade para sugerir e se colocar à disposição da  Prefeitura de Mossoró para que uma nova forma de gestar o maior evento popular do Rio Grande do Norte,  o Mossoró Cidade Junina, seja implantada já à partir do final da edição deste ano.

Agora, sob a presidência do empresário Rutilo Coelho, eleito por unanimidade e através de uma chapa de consenso, composta por empresários cujas respectivas empresas estão imbuídos em dar um novo impulso à entidade, reafirmando o seu papel de criar fluxo para cidade, promovendo novos famtours, participando de feiras, e continuar lutando pela reativação do aeroporto, além de promover o São João mais cultural do Brasil, fortalecendo ainda mais a Rota das Falésias e o Polo de Turismo Costa Branca, contudo, será a construção do Centro de Convenções e Eventos, a principal bandeira a ser levantada pela entidade. Mossoró, apesar de possuir posição geográfica privilegiada e dispor do mais diversificado e movimentado calendário de eventos da Região Nordeste, em razão de não possuir um ambiente adequado para atrair congressos, mostras, seminários e outros eventos que aportam em Natal e Fortaleza/CE, acabam perdendo um grande e precioso fluxo turístico para a cidade. Parabéns a todos que comporão a nova diretoria da entidade, especialmente ao presidente eleito Rutilo Coelho. Vida longa ao Mossoró Convention.

DIRETORIA CONVENTION 2017/2019

 
CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
 
Presidente: Francisco Rutilo Coelho Figueiredo (Hotel VillaOeste)
Vice-presidente: Gabriel Barcellos Chaves (Hotel Thermas)
Diretor Administrativo: Carlos Gregório Carvalho (Agencia CG Turismo)
1º Tesoureiro: Ângela Maria (Âncora Viagens e Turismo)
2º Tesoureiro: Thiego Henrique Casado (Castelo Casado Iluminações)
 
CONSELHO FISCAL
 
Presidente: João Sabino de Moura (Hotel Sabino Palace)
Titular: Genildo Epifânio de Oliveira Junior (Glamour Eventos)
Titular: Francisco Jales Junior (Prommove Eventos)
Suplente: Antonimar Cordeiro (Rádio Taxi Mossoró)
Suplente: Antônio Armstrong Paiva Pinto (Hotel Imperial)
 
SECRETARIA EXECUTIVA
 
Secretário Executivo: Oberi Virginio Penha

Nenhum comentário:

Postar um comentário