terça-feira, 11 de julho de 2017

Operação do MP e PM prende chefe de facção fugitivo de Alcaçuz

Iranilson dos Santos Silva, o Cicinho, foi preso nesta terça (11) na Zona Sul de Natal. Ela havia fugido no dia 14 de janeiro, em meio à matança de 26 detentos.

Um homem apontado como um dos chefes de uma facção criminosa que atua no Rio Grande do Norte foi preso na manhã desta terça-feira (11), em Natal, durante uma ação conjunta realizada pelo Ministério Público Estadual e Polícia Militar. Segundo o MP, Iranilson dos Santos Silva, o Cicinho, foi preso por volta das 9h30 no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul da cidade.

Ainda de acordo com o MP, Cicinho fugiu do Presídio Estadual Rogério Coutinho Madruga, o Pavilhão 5 de Alcaçuz, no dia 14 de janeiro deste ano, em meio às rebeliões que terminaram com a morte de 26 detentos.

“Ele era um dos criminosos mais procurados pelas forças de segurança pública do Rio Grande do Norte. Iranilson dos Santos Silva é considerado de altíssima periculosidade e já foi condenado a mais de 22 anos de prisão pela prática de vários crimes”, ressaltou o Ministério Público.

No momento da prisão, os policiais do Batalhão de Choque da PM constataram que Iranilson dos Santos Silva portava documento falso. O paradeiro dele chegou ao conhecimento do Gaeco por meio de denúncia anônima, repassada imediatamente aos policias do Batalhão de Choque, que efetuaram a prisão.

Iranilson dos Santos Silva será apresentado novamente ao sistema penitenciário, onde deve continuar o cumprimento da pena.

O Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) disponibiliza o telefone (84) 3606-8082 para que a população colabore com informações que possam levar criminosos à prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário