domingo, 20 de agosto de 2017

Oito pessoas são baleadas e dono de bar morre durante atentado em festa em Natal

Atentado aconteceu na noite desta sexta-feira (18) no conjunto Soledade 2. Segundo polícia, homens pararam carro e atiraram contra multidão.

Bar de Francisco das Chagas Ferreira do Nascimento, morto durante atentado em festa de Natal (Foto: Ediana Miralha/ Inter TV Cabugi)

Bar de Francisco das Chagas Ferreira do Nascimento, morto durante atentado em festa de Natal (Foto: Ediana Miralha/ Inter TV Cabugi)

Oito pessoas ficaram feridas e um homem morreu durante um atentado ocorrido no meio de uma festa no bairro Potengi, Zona Norte de Natal. O caso aconteceu por volta das 22h30 desta sexta-feira (18). Os suspeitos são cinco homens que pararam um carro no local e dispararam contra a multidão. Eles gritaram o nome de uma facção criminosa antes de abrir fogo.


O caso aconteceu na rua Serra do Araguaia, conjunto Soledade 2. As informações foram confirmadas pela assessoria da Polícia Militar e pelo delegado Marcos Vinícius, da Delegacia de Homícidios e Proteção à Pessoa (DHPP), que esteve no local.

As vítimas participavam de uma festa instalada em local aberto, em frente a um bar que funciona na rua. Segundo a polícia apurou com testemunhas, o evento acontece anualmente no bairro.

Por volta das 22h30, um carro parou no local e cinco homens desceram com pistolas de vários calibres em punho, disparando contra a multidão. Houve correria. "Não temos informações de que alguém tenha revidado. Simplesmente eles atiraram contra a aglomeração de pessoas", afirmou ao G1.

Oito pessoas foram baleadas e socorridas a hospitais e unidades de pronto-atendimento da região pela própria população. O dono do bar, que tinha ido ao local da festa servir bebidas, ficou na linha de tiros. Francisco das Chagas Ferreira do Nascimento, de 53 anos, morreu antes de receber socorro.

Alguns feridos já foram liberados para casa. Outros seguem internados.

O caso será investigado pela DHPP. Segundo o delegado, já há uma linha de investigação, mas ela não será divulgada para não atrapalhar a apuração do caso. "Conseguimos muitas informações e logo teremos uma resolução do caro", concluiu o delegado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário