quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Antônio Palocci e mais três réus de ação da Lava Jato que envolve Lula devem ser ouvidos por Moro

O ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci é um dos réus neste processo (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters )

juiz Sérgio Moro deve ouvir mais quatro réus em uma ação penal da Lava Jato que envolve a compra de um terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula, em São Paulo, e um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo, nesta quarta-feira (6), em Curitiba. Entre os réus está o ex-ministro Antônio Palocci.



Palocci já foi condenado em outra ação da Lava Jato a 12 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Neste processo, ele responde pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF), na capital paranaense.

As audiências serão realizadas na sede da Justiça Federal do Paraná. O primeiro a ser ouvido, a partir das 9h30, deve ser o dono da empresa DAG Construtora, Demerval de Souza Gusmão Filho.

Depois, às 14h, deve ser interrogado Palocci e o primo do pecuarista José Carlos Bumlai Glaucos da Costamarques. Também estava previsto o interrogatório do advogado Roberto Teixeira.

Entretando, nesta quarta-feira, os advogados do réu informaram à Justiça Federal que o cliente foi internado com insuficiência cardíaca aguda na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

*G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário