segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Motim das Mulheres é o primeiro espetáculo do Auto da Liberdade



Lideradas por Ana Floriano, 300 mulheres de Mossoró, no ano de 1875, impediram que seus filhos e maridos participassem da Guerra do Paraguai, através de protestos pelas ruas da cidade. A história do Motim das Mulheres está sendo contada nesta segunda-feira, 25, no Circo Grock, no primeiro ato do Auto da Liberdade, dentro da programação do Mossoró Terra da Liberdade 2017.

Durante toda esta semana os quatro atos do Auto da Liberdade estarão sendo encenados às 8h, 15h e 19h, no Circo Groc, com entrada gratuita. Pela manha e tarde alguns lugares estão reservados para alunos das escolas públicas municipais e à noite ao público em geral.

Na manhã desta segunda-feira, alunos das escolas municipais José Gonçalves e Jerônimo Rosado prestigiaram o espetáculo. “Nunca tinha visto um espetáculo de teatro no circo, gostei muito”, disse Távila Wiliane, de 9 anos. “Gostei da cantora que estava antes de começar o teatro, e achei a peça muito linda”, disse Luan Gustavo, de 7 anos.

A prefeita Rosalba Ciarlini acompanhou a primeira apresentação com as crianças e antes que a peça começasse ela contou um pouco da história do Motim para as crianças. “A história que passou há muitos anos, de mulheres fizeram um motim pra não deixar que seus filhos e maridos fossem para a guerra. Aqui são artistas de Mossoró encenando para vocês este espetáculo”, disse.

Na terça-feira, 26, será encenado o espetáculo “Resistência ao bando de Lampião”, na quarta-feira, 27, “Abolição da Escravatura”, na quinta-feira, 28, “Primeiro voto feminino”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário