quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Servidores da UFERSA aprovam paralisação para o dia 14


Reunidos em assembleia na manhã desta terça-feira (05), servidores técnico-administrativos da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) aprovaram uma paralisação para a próxima quinta-feira, dia 14. A decisão, de forma unânime, deu-se em virtude de uma chamada a nível nacional. A mobilização ainda irá arrecadar alimentos para doar à casa do estudante de Mossoró.


Imagem inline 1Os servidores aproveitaram o momento para fazer uma análise de conjuntura sobre o atual momento em que o país está vivenciando e quais serão os próximos passos. "Se tem paralisação, participe! Se tem greve, participe! Não existe outro instrumento para pressionar o governo", ressalta o Francimar Honorato, técnico em assuntos educacionais.

"Nós estamos vivenciando um momento muito difícil no Brasil. Agora devemos lutar para que não retirem nenhum direito da população, como saúde, educação e segurança mas, sim, buscar manter essas condições básicas para sobrevivência. Além disso, o serviço público no nosso Brasil é sempre o mais afetado pelo governo, como reflexo disso, tivemos a reforma trabalhista aprovada e a reforma da previdência está em trâmite. É por isso que nós, servidores da UFERSA, iremos paralisar nossas atividades nesta quinta-feira, como forma de pressionar os parlamentares do RN a votarem contra qualquer medida que venha prejudicar a população", afirma o coordenador geral do SINTEST/UFERSA, Allyson Bezerra.

O ato político em frente à universidade está marcado para às 07h30min e, logo após, os servidores seguem para o Centro de Convivência da Universidade, onde irão promover algumas falas em defesa do serviço público.


Nenhum comentário:

Postar um comentário