domingo, 8 de outubro de 2017

Ação do Governo, Transporte Cidadão atenderá 10 mil pessoas na Grande Natal

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, céu e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, céu e atividades ao ar livre
O programa Transporte Cidadão vai beneficiar 10 mil pessoas em 13 municípios da região metropolitana de Natal, a partir desta segunda-feira, dia 09, com transporte gratuito para locais de prestação de serviços públicos essenciais na capital. A ação é do Governo do RN por meio da secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) e do Departamento de Estradas de Rodagens (DER).


Nesta sexta-feira (06), o governador Robinson Faria deu início oficialmente ao programa, em um evento no estacionamento na Arena das Dunas. “Estamos dando ainda mais atenção à população carente. O Transporte Cidadão vai proporcioná-las o acesso, sem custo, a hospitais, unidades de saúde, centrais do cidadão e outros órgãos”, afirmou chefe do Executivo estadual, na ocasião.
Robinson Faria registrou que o momento de crise econômica e política pelo qual passa o país e o Rio Grande do Norte, que já está no sétimo ano de seca, é enfrentado com ousadia e criatividade pela administração estadual. “Não nos detemos diante das dificuldades. Trabalhamos com intensidade e determinação para atender as pessoas anônimas e mais necessitadas, oferecendo condições para que elas possam superar as dificuldades, melhorar de vida e cuidar das suas famílias”, reforçou o Governador lembrando as várias ações da administração como os programas Microcrédito do Empreendedor, Vila Cidadã, abastecimento de água, incentivos e organização da produção agrícola e pecuária familiar, as melhorias na rede de saúde, o funcionamento das escolas técnicas, agilização na liberação de milhares de licenças ambientais para instalação de pequenos e grandes empreendimentos.
O Transporte Cidadão inicia com dez linhas, todas com saída às 5h e retorno às 17h, partindo dos municípios de Maxaranguape, Extremoz, Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante, Ielmo Marinho, Macaíba, Vera Cruz, Parnamirim, Monte Alegre, Nísia Floresta, São José de Mipibu, Arês, Goianinha. Os itinerários são planejados para levar a população para Centrais do Cidadão, Hospital Walfredo Gurgel, Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer, Hospital Giselda Trigueiro, Maternidade Escola Januário Cicco e Hospital Universitário Onofre Lopes.
“O custo do programa nesta fase inicial é de R$ 191 mil por mês, com recursos oriundos da arrecadação do R$ 1 nos Restaurantes Populares e R$ 0,50 nos Cafés Cidadão. É um programa que já está pago e é autossustentável por meio desses recursos e integra as ações que asseguram a cidadania. Pesquisas indicam que 20% da população não tem condições de custear o seu transporte”, explicou a secretária de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), Julianne Faria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário