sábado, 28 de outubro de 2017

Fla peca nas finalizações, Vasco para na trave, e clássico termina sem gols no Maracanã

  • Uma chance clara de Paquetá no primeiro tempo, e outra mais cristalina ainda de Vizeu no segundo. O Flamengo criou mais, mas não conseguiu o gol no clássico deste sábado no Maracanã. O Vasco, que teve 10% de torcedores no estádio e um jogador a menos nos últimos 10 minutos após a saída de Ramon por lesão, parou na trave com Nenê. Com o resultado, o Flamengo mantém o sétimo lugar, agora com 47 pontos. O Vasco fica em oitavo com 44, mas pode perder posições. (Confira a classificação)


  • O próximo compromisso do Flamengo é diante do Grêmio, no outro domingo, em Porto Alegre. Já o Vasco tem pela frente o Vitória, na mesma data, no Maracanã. 

  • FESTIVAL DE PASSES ERRADOS NO PRIMEIRO TEMPO
    Uma primeira etapa com muitos erros de passe (35 no total), carrinhos e pouca criatividade. O Flamengo foi melhor nos primeiros 45 minutos, criou um pouco mais, mas Paquetá e Everton Ribeiro, dentro da área, não capricharam o suficiente nas finalizações. Pelo lado rubro-negro, destaque para a zaga formada por Juan e Rhodolfo.

    O Vasco teve dificuldades de entrar na defesa, e foi Rhodolfo quem evitou uma chance clara criada por Madson, a melhor oportunidade do cruz-maltino até então. Nenê tentou levar o time para frente, mas sempre quando pegava na bola encontrava companheiros muito atrás.  
  •  A estratégia do Vasco em procurar mais os contra-ataques não surtia efeito porque o time continuava a demorar muito a sair da defesa. O Flamengo, que chegava bem até a intermediária, sofria com as atuações apagadas de Diego e Éverton Ribeiro. E o time cruz-maltino só não abriu o placar com Nenê porque o chute torto - que desviou no peito de Juan - parou na trave.

    Vinicius Junior e Vizeu no Fla, e Gilberto e Caio Monteiro no Vasco, foram as alternativas dos treinadores em busca da vitória. O Fla melhorou de imediato, e só não marcou porque Vizeu perdeu chance claríssima em cabeçada, sozinho, na frente de Martín Silva. O Vasco sofreu até o fim, principalmente após a lesão de Ramon, que deixou o campo machucado após as três substituições realizadas. O time segurou 10 minutos com um jogador a menos.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário