quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Trump chega a Las Vegas para encontrar sobreviventes de massacre


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chegou nesta quarta-feira (4) a Las Vegas para se encontrar com sobreviventes do maior ataque a tiros da história dos Estados Unidos. Um atirador matou 58 pessoas e deixou mais de 500 feridas durante um festival de música country no domingo (2).


"Este é um dia muito triste para mim, pessoalmente", disse hoje Trump em declarações à imprensa quando deixava a Casa Branca, em Washington.

Acompanhado da primeira-dama, Melania, o presidente deve visitar um hospital para conversar com vítimas e médicos que trabalharam no atendimento às vítimas. A agenda prevê ainda um encontro com o que a Casa Branca chama de "heróis civis" e os primeiros a chegar ao local do ataque para ajudar a socorrer as vítimas.

O chefe de Estado americano classificou o massacre como "ato de pura maldade" no primeiro pronunciamento que fez após um atirador atingir a multidão. Nesse primeiro discurso, Trump não fez nenhuma referência a um aumento no controle na venda de armas. Desde a campanha eleitoral de 2016, ele está alinhado com a postura da Associação Nacional de Rifles (NRA).

*G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário