segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Assembleia aprova projeto que reconhece importância econômica do sal no RN



Durante votação realizada esta semana na Assembleia Legislativa, foram aprovados, em plenário, dois projetos de lei da deputada Larissa Rosado (PSB). O primeiro deles reconhece a utilidade social e econômica da extração e do beneficiamento do sal no Rio Grande do Norte. O segundo declara o espetáculo teatral Natalis, encenado em Mossoró, como patrimônio cultural, imaterial e histórico do Estado.


 “A aprovação do projeto referente à extração salineira é um reconhecimento à atividade e ajudará a sensibilizar os governos estadual e federal no sentido de mostrar a importância econômica e social do sal para todo o país”, argumenta Larissa.

O RN é um dos maiores polos da extração de sal marinho do país, tendo a região Oeste como principal centro de produção e beneficiamento do produto no Estado. A atividade salineira envolve uma vasta cadeia de serviços, sobretudo nas cidades do litoral norte potiguar, mais especificamente nos municípios de Mossoró, Macau, Areia Branca, Galinhos, Grossos, Porto do Mangue e Guamaré. Segundo informações do Sindicato das Industrias de Extração do Sal do Estado, são gerados cerca de 15 mil empregos diretos e 70 mil indiretos.

Natalis

O espetáculo Natalis é encenado desde 2015 pelo grupo Diocecena do Colégio Diocesano Santa Luzia, sempre durante a tradicional Festa de Santa Luzia, padroeira de Mossoró. “O enredo que conta a história do nascimento de Jesus Cristo, como uma mensagem de paz, reflete no fortalecimento da fé cristã e reafirma a vocação de Mossoró para os grandes espetáculos como o ‘Chuva de Bala no País de Mossoró’, ‘Auto da Liberdade’ e ‘Oratório de Santa Luzia’, conhecidos nacionalmente”, comemora a parlamentar autora da proposição.


Nenhum comentário:

Postar um comentário