sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Cúpula do PSDB prefere convenção sem Aécio

Foto; Agência Senado

A decisão do ministro Marco Aurélio Mello de autorizar a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Aécio Neves espalhou constrangimento pelo ninho tucano.



Integrantes da cúpula do PSDB gostariam que o senador fizesse ao partido o favor de não dar as caras na convenção nacional marcada para este sábado.

Até a noite desta quinta-feira, Aécio não se deu por achado. Mas um pedaço expressivo do tucanato torce para que o senador mineiro tenha suficiente presença de espírito para perceber a importância da sua ausência de corpo.

Avalia-se que, faltando-lhe o bom senso, Aécio corre o risco de ser vaiado no encontro que aclamará Geraldo Alckmin como novo presidente do PSDB.




Nenhum comentário:

Postar um comentário