segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Pais e alunos da comunidade rural do Lajedo participam de debate do projeto pedagógico da Escola Verde

Estudantes, pais e professores da Escola Verde se reuniram com a secretária municipal de educação, Magali Delfino, sua equipe técnica, diretor Luciano Ricardo e professoras da UERN, Maria Auxiliadora e Conceição Andrade, para começar a elaboração do projeto pedagógico a ser implementado na Escola Municipal Genildo Miranda (Escola Verde), cujas obras de construção foram reiniciadas pela prefeita Rosalba Ciarlini.


O professor Francisco Carlos é autor do Projeto de Lei que cria a primeira Escola Verde do município. O projeto inovador promove as questões ambientais e será desenvolvido na zona rural da cidade, na comunidade do Lajedo, onde os estudantes e a comunidade têm contato direto com a natureza. Escola possui uma equipe docente capacitada e comprometida e já desenvolve vários projetos na área ambiental. Além disso, essa proposta estava sendo pensada desde a concepção da ideia de reconstrução da escola. 

O foco é promover a educação ambiental, formando alunos conscientes de suas responsabilidades com o meio ambiente e as futuras gerações.  As questões ambientais serão incorporadas ao projeto pedagógico da Escola Verde. De início a escola atenderá aos alunos da região, mas, posteriormente, deverá se estender a todos os estudantes de Mossoró, para promoção da educação ambiental. Além da realização de palestras e visitas na comunidade para conscientizar a nova geração e a sociedade sobre a preservação do meio ambiente. 

“Trata-se de uma proposta inovadora, adequada às preocupações do mundo contemporâneo. Realizamos uma visita no prédio e as obras estão muito avançadas. A partir do próximo ano, a escola estará funcionando com esse projeto pedagógico novo”, avaliou Francisco Carlos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário