GOVERNO RN

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Apesar das chuvas, situação dos reservatórios do RN continua crítica



esmo após as chuvas registradas por todo o Rio Grande do Norte no último final de semana, as reservas hídricas do estado não tiveram mudança significativa e o quadro permanece crítico, informou na segunda-feira (22) o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn). Os dados estão no relatório da situação volumétrica dos 47 reservatórios com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos monitorados pelo governo.


Maior reservatório do Estado, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves continua em volume morto, com 271,845 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 11,33% do total de água que o manancial pode armazenar.

Já a barragem Santa Cruz do Apodi está com 85,628 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 14,28% do seu volume total, que é de 599,712 milhões de metros cúbicos. Já Umari, em Upanema, está com 39,450 milhões de m³, ou 13,47% da sua capacidade de armazenamento.

Dos 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, 17 estão secos. Outros 17 estão em volume morto. A bacia Apodi/Mossoró está com 11,95% do seu volume total de armazenamento. Já a bacia Piranhas/Assu está com 11,29% do seu volume total.

De acordo com o Igarn, para que os reservatórios de maior porte consigam armazenar água suficiente, o próximo período de chuvas deve ser dentro da normalidade ou superior à média.

“Continuaremos com as nossas ações de controle, fiscalização e monitoramento, pois ainda não foi possível modificar o quadro crítico e precisamos manter o sistema em operação, sempre buscando reter a maior quantidade de reservas hídricas pelo maior tempo permissível”, diz o diretor-presidente do Igarn, Josivan Cardoso.

Ainda de acordo com ele, mesmo com as recentes previsões de boas chuvas para a próxima quadra chuvosa, é importante que a população potiguar faça o consumo sustentável da água, tanto para garantir a continuidade do abastecimento das cidades que ainda não estão em colapso, quanto para ajudar na recarga dos reservatórios com a chegada da próxima quadra chuvosa.

Disponibilidade hídrica

A disponibilidade hídrica total do Rio Grande do Norte é de 4.411.787.259 metros cúbicos. Em 2010 o Estado estava com 73,30% de sua capacidade hídrica e aumentou esse percentual em 2011, devido ao bom período chuvoso o índice chegou a 89,52%. Nos anos seguintes, porém, a estiagem fez esses números caírem drasticamente.

Fonte: G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário