quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Câmara Municipal voltará aos trabalhos de plenário no dia 28


A Câmara Municipal de Mossoró fará abertura do ano legislativo 2018, próximo dia 28, às 16h, com a leitura da mensagem anual da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). A data foi decidida para permitir a leitura pela titular do Executivo, que retornará de férias dia 27.

O anúncio foi feito na manhã de quarta-feira (7), no Palácio da Resistência, na transmissão do cargo à vice-prefeita Nayara Gadelha (PP), a qual exercerá a função interinamente, pela quinta vez, até a volta de Rosalba Ciarlini a Mossoró.
A presidente da Câmara, Izabel Montenegro (MDB), informou que o líder da bancada da situação, vereador Alex Moacir (MDB), solicitou, em ofício, o adiamento do início do ano legislativo, do dia 20 para o dia 28, o que foi deferido pela Presidência.

“Não que a prefeita em exercício Nayara não teria condição de fazer a leitura –, o que com certeza o faria muito bem. Mas a prefeita Rosalba, como titular do cargo e à frente do Governo, merece fazer a prestação de contas e apesentar metas para 2018”, justifica.

Em atividade

Pelo Regimento Interno da Câmara Municipal de Mossoró, a primeira sessão do ano deve ocorrer na primeira terça-feira após o dia 15 de fevereiro, que este ano será dia 20. O adiamento decidido hoje, portanto, será de apenas uma semana.

“Vale salientar que a Câmara não está sem atividades. Os vereadores continuam atuando nos seus mandatos, os gabinetes abertos, a estrutura da Casa em pleno funcionamento, acessível à população. O recesso se resume ao plenário”, explica Izabel.

Parceria institucional

A presidente assegurou apoio do Legislativo à prefeita em exercício. “A Câmara dará suporte a Nayara Gadelha no que for necessário, nesses vinte dias de gestão interina. Ela certamente dará conta mais uma vez e tem o apoio da Casa”, assinalou.

Rosalba Ciarlini agradeceu a compreensão da Câmara.  “O Legislativo tem sido parceiro”, frisou. Além de Izabel, prestigiaram a transmissão do cargo os vereadores Alex Moacir, Emílio Ferreira (PSD), Manoel Bezerra (PRTB), Tony Cabelos (PSD) e Sandra Rosado (PSB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário