sábado, 17 de março de 2018

Alunos da Rede Municipal participam de Feira Nacional de Robótica


Dois alunos da Rede Municipal de Ensino estão em Curitiba, no Paraná, participando da etapa nacional da First Lego League (FLL), uma espécie de feira de robótica que reuni os melhores projetos desenvolvidos pelos alunos nas escolas. A FLL começou na sexta-feira, 16, e segue até o domingo, 18. A equipe mossoroense desenvolveu o robô através do projeto Robótica Educacional, da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA).

“O projeto já acontece há alguns anos em parceria com as escolas. Os acadêmicos da universidade são transformados em monitores de robótica e desenvolvem o projeto com os alunos da Rede Municipal. Esse trabalho já rendeu frutos e participamos da etapa estadual da FLL. O trabalho monitorado pelos estudantes da universidade aliado ao esforço dos estudantes das escolas está levando Mossoró para um grande evento de robótica”, explicou Silvio Fernandes, professor de Ciências da Computação.
A equipe que vai representar Mossoró, denominada “Yellow Submarine”, é composta por dois estudantes/monitores da UFERSA, Igo Almeida e Isabelle Oliveira. Das escolas municipais os membros são Gustavo dos Santos, da Escola Municipal Sen. Duarte Filho, e Karoline Victoria, da Escola Municipal Rotary. A equipe Yellow Submarine está entre as 7 escolas públicas do país que conseguiram credenciamento para a feira.

“É a primeira vez que uma equipe de Mossoró participa da etapa nacional da FLL e eu estou muito feliz em poder participar disso. Já estivemos em Natal, mostramos o nosso robô e agora temos a oportunidade de ir para mais longe e apresentar o objetivo da nossa produção da robótica”, disse Gustavo Santos, da Escola Municipal Sem. Duarte Filho.

Os custos da viagem foram viabilizados pelos recursos financeiros da universidade e da Prefeitura de Mossoró. A UFERSA custeou os gastos dos alunos da universidade e o executivo municipal arcou com as despesas da viagem dos dois estudantes das escolas municipais.

“Nós não podemos nem considerar esses custos como gasto, e sim como investimento. São alunos da nossa rede que estão se destacando na robótica e estão recebendo todo o nosso apoio para que possam cada vez mais se desenvolverem através dos méritos da educação. Estamos orgulhosos desses alunos que estão provando que a escola pública municipal oferece serviço de qualidade”, apontou a secretária Municipal de Educação, Esporte e Lazer (SEMEEL).


Nenhum comentário:

Postar um comentário