quinta-feira, 29 de março de 2018

PRF inicia Operação Semana Santa 2018 nesta quinta-feira


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quinta-feira, 29 de março, a Operação Semana Santa com reforço do policiamento em todo o Brasil. As atividades vão até às 23h59 do domingo, 1º de abril. Nesse período, a PRF terá reforço concentrado no policiamento em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.

O final de semana prolongado pelo feriado na sexta-feira, 30, eleva o fluxo de veículos nas rodovias federais, o que implica um aumento no risco de acidentes. Neste período, a PRF também irá diminuir o fluxo dos veículos de carga em horários de maior circulação.

Durante os quatro dias de operação, a PRF contará com atividades para diminuir a incidência de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante, ao uso inadequado do cinto de segurança e às ultrapassagens indevidas. Ações de Educação para o Trânsito também serão implementadas no feriado para conscientização dos motoristas da sua importância para redução de acidentes.

O foco da atividade será nos comportamentos que geram maior risco de acidentes ou que aumentam a gravidade para os envolvidos em caso de sinistro como excesso de velocidade, alcoolemia, ultrapassagens indevidas, falta do uso de cinto de segurança e falta do uso das cadeirinhas para crianças.

Para esta operação, a PRF atuará com todo o seu efetivo, seja na atividade operacional ou administrativa. Serão mobilizados 250 radares, 1.824 etilômetros (bafômetros), 484 motocicletas e 1.398 viaturas em ronda.

Semana Santa 2017

No feriado do ano passado, a PRF registrou 1.091 acidentes, 82 mortos e 1.107 feridos em rodovias federais. A operação também registrou 47,7 mil infrações de trânsito. O órgão contabilizou 60 mil flagrantes de excesso de velocidade e outros 5,8 mil motoristas foram autuados por ultrapassar em locais proibidos. As ações educativas, com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, alcançaram 42,2 mil pessoas.

No RN, a Polícia Rodoviária Federal registrou 16 acidentes, com uma pessoa morta e 23 feridas. O excesso de velocidade foi registrado 1.281 vezes no período, além 39 autuações a motoristas alcoolizados e 264 em ultrapassagens proibidas. A falta do uso de cinto de segurança também foi verificada no ano passado: foram 11 motoristas e 39 passageiros flagrados, sendo que a multa é sempre de responsabilidade do motorista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário