sexta-feira, 20 de abril de 2018

Fábio Dantas, José Vieira, Rafael Motta, Ricardo Motta e Fafá Rosado visitam a maior produtora de melão do mundo


Pré-candidatos ao Governo do Estado e ao Senado Federal pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), respectivamente, o vice-governador Fábio Dantas e o presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Norte (Faern), José Vieira, visitaram, na quinta-feira (19), as instalações da Agrícola Famosa, localizada no município de Mossoró.

A visita também foi acompanhada pelo deputado federal Rafael Motta, o deputado estadual Ricardo Motta e a ex-prefeita de Mossoró Fafá Rosado. Todos do PSB. O grupo foi recebido pelo empresário Luiz Roberto Barcellos, proprietário e gestor da empresa.

Durante a visita, Barcelos contou um pouco da história da Famosa e foi elogiado por empreender no Rio Grande do Norte, em razão da contribuição dada pela empresa para a geração de emprego e renda no Estado.

Fábio Dantas ressaltou que são mais de 4.600 empregos perenes oportunizados pela Famosa, o que faz da empresa a maior empregadora agrícola do Brasil. “O Poder Público precisa estreitar diálogo com a iniciativa privada para proporcionar o fortalecimento de atividades econômicas em favor do desenvolvimento social. Quando as empresas fixadas no Estado crescem, a oferta de empregos sobe na mesma proporção e os ganhos chegam aos serviços públicos, em áreas como a Segurança”, afirmou Fábio Dantas durante a visita.

Presidente estadual do PSB, Rafael Motta destacou o trabalho importante que a Famosa desempenha não só no cenário estadual como também nacionalmente. “Trata-se de uma empresa com importância para a economia de todo o país, sendo referência também pelo bom aproveitamento do semiárido, com a produção de 1 milhão de melões por dia, o que mostra o quanto o nosso sertão pode ser produtivo”, destacou o parlamentar.

Já José Vieira, que é presidente da Faern, comentou que assim como a fruticultura tem condições de se tornar ainda mais forte, outras economias potiguares devem seguir o mesmo caminho. “É comum vermos atividades em outros estados recebendo apoio para ficarem mais competitivas, enquanto que o mesmo não acontece por aqui. Esse é um compromisso que o Poder Público deve assumir e não ficar só no discurso, mas ganhar o campo prático”, disse ele.

Fonte: Política em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário