GOVERNO RN

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Mossoró tem final de semana violento


Mossoró a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, localizada na região oeste do estado, viveu mais um fim de semana violento com registros de quatro homicídios a bala.

Os crimes tiveram início na sexta feira (20), pela manhã, no Conjunto Jardim das Palmeiras, região das Malvinas, onde a pessoa de  Maurício Mendes Caetano, "Birico" , 27 anos foi morto com um tiro na cabeça.


Birico não morava no bairro onde foi morto e teria ido ao Jardim das Palmeiras, fazer compras em uma mercearia e quando saía do comércio foi surpreendido pelo atirador que efetuou um único disparo matando o mesmo na hora. A motivação do crime ainda é desconhecida da Polícia, bem como a identidade do atirador. Birico puxou 13 anos de cadeia acusado de um crime de estupro, há mais de 29 anos.

Ainda na sexta feira (20), a cidade registrou mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo, desta vez na Bairro Boa Vista. Justo Dantas Neto de 22 anos, foi morto com cerca de cinco tiros, quando carregava um veículo com cadeiras para fazer uma entrega.

O caso aconteceu na calçada de Marrom Lanches na Manoel João no início da noite. Dois homens em uma moto foram vistos saindo do local após os disparos. A Polícia não sabe ainda a motivação do crime. A vítima não tinha antecedentes criminais.

Na noite de sábado (21), por volta das 20h30min, a Polícia Militar registrou um duplo homicídio no Bairro Costa e Silva. O caso aconteceu em um espetinho localizado as margens da BR 110 ao lado do Restaurante Tenda.

As vítimas foram identificadas como, Tiago de Lima Rodrigues, "Tiaguinho, 25 anos morador do Pirrichil e Marcos Leonardo Freire de Freitas, "Marquinhos", 27 anos, morador do Bairro Belo Horizonte.

Segundo a polícia, Marquinhos, teria executado Tiago que estava na mesa com a esposa, com cerca de 8 tiros de pistola e quando fugia, foi morto por um popular que estava armado no local e reagiu trocando tiros com Tiago e um amigo dele, não identificado que possivelmente saiu baleado. Pelo menos 25 capsulas de pistolas 380 e ponto 40 foram recolhidas pela perícia no local.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) começa nesta segunda feira (23) as investigações dos quatro homicídios. Até o momento nenhum suspeito dos crimes foi preso. Mossoró chega nesta segunda feira 23 de abril aos 87 homicídios no ano.

Fonte: Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário