quinta-feira, 10 de maio de 2018

As nuances da pesquisa estilo "tem boi na linha"


O Blog do PC, em respeito aos seus leitores, e por que não dizer aos eleitores do RN, não embarcou na onda de divulgar peça de propaganda eleitoral antecipada travestida de pesquisa de intenções de voto amplamente repassada por outros meios, no último final de semana (domingo, dia 06).

Em verdade, será esta a postura do Blog, como forma de contribuir para o equilíbrio da disputa que se avizinha, deixando para publicar algum tipo de pesquisa eleitoral após a realização das convenções partidárias e respectivas homologações das candidaturas, claro, com o devido registro na justiça eleitoral.
Motivos não nos faltam para assim agirmos, por entendermos que um recurso importante como a pesquisa, seja ela mercadológica ou eleitoral, deve ter respaldo científico acima de tudo e cumprir o objetivo norteador da elaboração de projetos voltados para satisfazer e suprir os anseios da população como um todo.

Neste aspecto recorremos a colega Thaisa Galvão, blogueira mais do que antenada e muito próxima aos bastidores da política estadual, para mostrar com que desconfiança devemos fazer a leitura destas famigeradas pesquisas que se apresentam, aos mais atentos, tudo menos a verdade do que possa estar nas urnas em outubro próximo.

Portanto, prudente a leitura da análise abaixo que só reforça o sentimento do quanto a pesquisa Certus/Fiern nos chega bem ao estilo tem "Boi na Linha."

Do Blog da Thaisa Galvão:

As intenções da pesquisa divulgada no final de semana

Há 11 anos o Blog bate na mesma tecla: as pesquisas eleitorais sempre tem um interesse maior do que mostrar a realidade de um cenário político.

E essa da Fiern encomendada ao instituto Certus, não foi diferente.

Qual a intenção da pesquisa que começou por ignorar o nome do governador Robinson Faria…que pode estar com o pior desempenho…mas é o governador? Teria que ter sido citado nem que para apontar como…o pior.

Intenção 1 – Assustar PSDB, PR e PP para um possível e provável apoio ao projeto de reeleição de Robinson.

Intenção 2 – Forçar os partidos a se integrarem ao projeto do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), mostrando que se não for Carlos Eduardo será Fátima Bezerra, será o PT.

Intenção 3 – Forçar, principalmente, o PSDB, quando dá relevo ao nome do pré-candidato a senador Geraldo Melo, inclusive com boa aceitação para o Governo do Estado.

Tipo assim: Geraldo está bem na foto e pode ser o segundo senador de Carlos Eduardo, já que o senador José Agripino declarou que a chapa não está fechada e que ou ele ou o senador Garibaldi Filho pode desistir.

Intenção 4 – Assustar, principalmente o PSDB, quanto à eleição do PT.

Intenção 5 – Acelerar o grupo da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, do PP, a indicar um vice para Carlos Eduardo.

Intenção 6 – Tirar definitivamente do cenário o governador Robinson Faria para que os partidos que começam a se integrar ao projeto de reeleição, fujam do projeto do governador.

Nham, viu gente?

Não dá mesmo pra engolir pesquisa como coisa séria. Nem aqui nem lá no Ibope.

Todas tem um interesse de alguém por trás, por mais que o instituto seja considerado sério.

A pesquisa foi registrada no TRE e contratada pela Federação das Indústrias ao instituto Certus, que sempre trabalha para para o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário