GOVERNO RN

quinta-feira, 10 de maio de 2018

As nuances da pesquisa estilo "tem boi na linha" (parte 2)

Em reforço à postagem anterior (leia AQUI), repassamos a análise da jornalista e blogueira Thaisa Galvão, desta feita sobre a forçação de barra da última pesquisa Certus/Fiern em colocar o nome do ex-Governador e ex- Senador Geraldo Melo (PSDB) na lista de candidatos a Governador na pesquisa estimulada, quando o mesmo já se pronunciou em diversas entrevistas, concedidas à imprensa, como pré-candidato ao Senado.

Ou seja, se fosse na modalidade espontânea, até vá lá, mas pelo que versa a renomada jornalista, a imposição do nome de Geraldo é coisa mesmo de pesquisa encomendada. Confira:

Do Blog da Thaisa Galvão

O prestígio de Geraldo Melo na pesquisa engraçada

Pergunta que ainda se faz sobre a engraçada pesquisa Consult divulgada pela Fiern no final de semana passada:

Por que Geraldo Melo foi avaliado como pré-candidato a senador, mas entrou na lista dos pré-candidatos a governador?

Por que só ele foi avaliado em duas situações, quando:

Os senadores Garibaldi Filho e José Agripino podem ser candidatos a outros cargos – deputado estadual ou deputado federal – já que a chapa, segundo Agripino, não está fechada?

O pré-candidato a governador, deputado Kelps Lima, é na verdade, pré-candidato a reeleição?

Aliás, todos podem ser candidatos a qualquer outro cargo, menos o governador Robinson Faria (PSD), que por estar no cargo e não ter se desincompatibilizado, só pode ser candidato à reeleição.

Mas então…

Por que só Geraldo Melo em duas situações na pesquisa?

Por isso a pesquisa é engraçada, senão divertida.

Como são todas as pesquisas encomendadas por políticos e ou apoiadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário