GOVERNO RN

terça-feira, 15 de maio de 2018

Em sessão desta terça-feira vereadores exigiram mais segurança em Mossoró

Um dos temas mais discutidos na sessão desta terça-feira (15) na Câmara Municipal de Mossoró, foi foi a insegurança no município.

Consternados com a morte do jovem Everton Pinto Tomaz, morto na noite de segunda-feira, 14 de maio de 2018, em uma tentativa de assalto, os vereadores usaram a tribuna para cobrar providências das autoridades no combate à violência.

A vereadora Sandra Rosado (PSDB) se solidarizou pela morte do jovem, que foi a 100ª vítima de homicídio em Mossoró neste ano, "Sei a dor de perder um filho aos 28 anos," lamentou. A parlamentar frisou que a Mossoró não aguenta mais tanta violência e defendeu que a Câmara Municipal de Mossoró envie uma solicitação formal ao Governo do Estado, exigindo mais proteção ao povo mossoroense.

O vereador Rondinelli Carlos (PMN) lembrou que a segurança é atribuição do governo estadual, mas é preciso que tdos se empenhem no combate à violência. Rondinelli propôs uma reunião, na semana que vem, com a prefeita Rosalba Ciarlini e a comissão de segurança da câmara, para ir ao encontro do governador Robinson Faria discutir a segurança pública, "Uma reunião não para falar em política partidária, mas sobre assuntos administrativos do município, principalmente no tocante à segurança pública," sueriu.

O vereador Petras Vinícius (DEM) disse à nossa reportagem que, apesar de ser atribuição do Governo do Estado, a violência não se combate somente com ações ostensivas e que o município pode ajudar através de ações sociais.

Ouça as declarações que o vereador Petras deu à nossa reportagem:




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário